Camargo (Bolívia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde junho de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Camargo é a capital da primeira seção da província Nor Cinti do Departamento de Chuquisaca, no Estado Prurinacional da Bolivia.

Camargo.

História[editar | editar código-fonte]

Toponimia[editar | editar código-fonte]

Camargo foi conhecida anteriormente com os nomes de Pazpaya e Villa Santiago. O nome de Camargo se deve ao guerrilheiro José Vicente Camargo, que lutou várias batalhas em diferentes lugares da região atual de Cinti, como Tacaquira, Palca Grande, Culpina, Incahuasi e Santa Elena, desde 1814 até 3 de abril de 1816, dia em que foi decapitado e executado, junto com seus guerrilheiros, por Buenaventura Centeno.

Fundada a República da Bolívia, em 1827 foi dado à cidade o nome de Camargo, e sua data cívica se celebra no dia 3 de abril como uma dupla homenagem ao dia da morte e ao nome do patriota José Vicente Camargo. A lei promulgada pelo Marechal Sucre em 3 de janeiro de 1827 estabeleceu:

A cidade de La Paz se denominará La Paz de Ayacucho; a Vila de La Laguna, se chamará cidade de Padilla e o povoado de Cinti, vila de Camargo; se erigem em vilas os povoados de Irupana e Sorata; o primeiro se chamará vila de Lanza e o segundo vila de Ezquivel; o povoado de Chulumani se denominará Cantón de la Libertad e o de Coroico Cantón de Sagarnaga, a Vila de Tarija se erige em cidade.

Atualmente a provincia Nor Cinti, dividida em seções, tem como capital da primera seção a cidade de Camargo.

Costumes[editar | editar código-fonte]

Conhecida como a capital vitivinícola da Bolivia, do sol e do bom vinho, seus costumes e tradições se assemelham às toadas e coplas chapacas, sendo típica de Cinti, e particularmente de Camargo, a toada do Paragüaycitu, o Jailalitu, a Redoblada, o Siway- Sawa, e as cuecas cinteñas.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Bolivia Chuquisaca Nor Cinti.png

Camargo se encontra a uma altitude de 2.406msnm, está na metade da estrada entre Potosí e Tarija, distante 197km da cidade de Potosí e 187km da cidade de Tarija.

A distância de Sucre, a capital do departamento, é de 325km.

Geograficamente está situada na zona dos vales, a sudoeste do departamento de Chuquisaca, entre 19º 40’ e 21º 33' de Latitude Sul e entre 64º e 65º 30’ de Longitude Oeste.

Clima[editar | editar código-fonte]

Por se tratar de un canyon rodeado de serras, conserva um clima temperado e seco. Está banhada pelo rio Chico (a cidade de Camargo está às suas margens, logo o rio atravessará a zona urbana devido ao crescimento de novos loteamentos).

População[editar | editar código-fonte]

Há 86 comunidades e segundo os últimos dados demográficos conta com 15 mil habitantes.

Atividade econômica[editar | editar código-fonte]

No passado, sua atividade mais importante era a fruticultura (diversas variedades de uvas, pêssegos, maçãs, brevas, figos, cerejas, marmelos, pêras, damascos, morangos e toda a gama de hortaliças) e a elaboração de vinhos e singanis. Agora, depois do colapso das empresas mais importantes na elaboração de bebidas, se pretende inovar com a procura de atividades complementares à fruticultura, tais como o turismo, já que a região conta com importantes atrativos paisagísticos, além da existência de vestigios de épocas republicanas, precolombianas, pre-históricas, com abundante presença de fósseis, pegadas e arte rupestre.