Campeonato Brasileiro de Futebol de 1962

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
IV Campeonato Brasileiro de Futebol
Taça Brasil de 1962
Dados
Participantes 18
Organização CBD
Local de disputa  Brasil
Período 5 de setembro2 de abril de 1963
Gol(o)s 122
Jogos 39
Média 3,13 gol(o)s por partida
Campeão São Paulo Santos (2º título)
Vice-campeão Guanabara Botafogo
Melhor marcador Coutinho (Santos) – 7 gols
Maior goleada
(diferença)
Campinense Paraíba 6 – 0 Alagoas CRB
◄◄ Brasil Brasileirão 1961 Soccerball.svg Brasileirão 1963 Brasil ►►

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 1962 foi a quarta edição da Taça Brasil de Futebol, organizada pela CBD, a fim de indicar o campeão brasileiro de futebol de 1962, equipe esta que seria o representante brasileiro na Taça Libertadores da América de 1963. Reuniu 18 campeões estaduais, sendo que os campeões dos estados de São Paulo e da Guanabara já entravam nas semi-finais.

O Santos sagrou-se campeão, após vencer o terceiro jogo da final contra o Botafogo. Como a equipe paulista era o atual campeão continental, o alvinegro carioca foi o outro representante brasileiro na Libertadores.

Participantes[editar | editar código-fonte]

Rio Grande do Norte ABC Futebol Clube (Natal-RN)
Bahia Esporte Clube Bahia (Salvador-BA)
Guanabara Botafogo de Futebol e Regatas (Rio de Janeiro-GB)
Paraíba Campinense Clube (Campina Grande-PB)
Ceará Ceará Sporting Club (Fortaleza-CE)
Paraná Esporte Clube Comercial (Cornélio Procópio-PR)
Alagoas Clube de Regatas Brasil (Maceió-AL)
Minas Gerais Cruzeiro Esporte Clube (Belo Horizonte-MG)
Rio Grande do Sul Sport Club Internacional (Porto Alegre-RS)
Santa Catarina Esporte Clube Metropol (Criciúma-SC)
Pará Paysandu Sport Club (Belém-PA)
Rio de Janeiro Clube Esportivo Rio Branco (Campos-RJ)
Piauí River Atlético Clube (Teresina-PI)
Maranhão Sampaio Corrêa Futebol Clube (São Luís-MA)
Espírito Santo (estado) Santo Antônio Futebol Clube (Vitória-ES)
São Paulo Santos Futebol Clube (Santos-SP)
Sergipe Club Sportivo Sergipe (Aracaju-SE)
Pernambuco Sport Club do Recife (Recife-PE)

Regulamento[editar | editar código-fonte]

A Taça Brasil de 1962 foi dividida em quatro duas fases. Na primeira os clubes foram divididos nos seguintes grupos: Grupo Norte, Grupo Nordeste (que se enfrentam para decidir a vaga destinada ao Grupo Norte), Grupo Leste e Grupo Sul (que se enfrentam para decidir a vaga destinada ao Grupo Sul). Na segunda e decisiva fase, os vencedores da primeira fase enfrentam Botafogo e Santos, pré-classificados na semifinal, e os vencedores decidem o título do campeonato.

Critérios de Desempate[editar | editar código-fonte]

Todos os jogos da Taça Brasil de 1962 foram disputados em modo eliminatório (mata-mata) em dois jogos de ida e volta. A equipe que somar mais pontos passava para a fase seguinte. Caso nos dois jogos as equipes tivessem o mesmo número de pontos (dois empates ou uma vitória para cada lado independente do número de gols entre os jogos) era disputado um jogo extra. Nesta partida, caso persistisse o empate, o time que tivesse o maior "goal-average" (média dos gols marcados dividido pelos gols sofridos) nas três partidas da fase era o vencedor. Se mesmo assim o empate persistisse, a vaga seria decidida no cara ou coroa.

Fase Preliminar[editar | editar código-fonte]

Grupo Norte[editar | editar código-fonte]

Oitavas de final Quartas de final Semifinais Final
 Preliminar Norte\Nordeste  Norte\Nordeste  Norte\Nordeste  Grupo Norte
                                                 
 Paraíba Campinense 4 3    
 Rio Grande do Norte ABC 3 1    
   Paraíba Campinense 2 6    
   Alagoas CRB 1 0    
 Alagoas CRB 2 1 2
 Sergipe Sergipe 1 2 1  
   Paraíba Campinense 0 2 1  
   Bahia Bahia 1 0 1  
          
          
          
            
        
          
   Paraíba Campinense 0 0  
   Pernambuco Sport 0 2  
 Ceará Ceará 0 7    
 Piauí River 0 5    
   Ceará Ceará 0 1  
   Pernambuco Sport 2 1    
        
          
   Pernambuco Sport 0 1 3
   Pará Paysandu 0 1 1  
          
          
   Pará Paysandu 3 2  
   Maranhão Sampaio Corrêa 2 2    
        
          

Grupo Sul[editar | editar código-fonte]

  Quartas de final Semifinais Final
                             
1         
8         
   Minas Gerais Cruzeiro 1 1  
   Rio de Janeiro Rio Branco-RJ 1 0  
4  Rio de Janeiro Rio Branco-RJ 1 2
5  Espírito Santo (estado) Santo Antônio 1 1  
   Minas Gerais Cruzeiro 1 1  
   Rio Grande do Sul Internacional 1 2  
3         
6         
   Rio Grande do Sul Internacional 3 3
   Santa Catarina Metropol 2 2  
2  Santa Catarina Metropol 1 2
7  Paraná Esporte Clube Comercial 1 1  

Fase Final[editar | editar código-fonte]

  Quartas de final Semifinais Final
                                   
1  Rio Grande do Sul Internacional 1 2 -  
8  Minas Gerais Cruzeiro 1 1 -  
   Rio Grande do Sul Internacional 2 2 0  
   Guanabara Botafogo 2 2 2  
4         
5           
   Guanabara Botafogo 3 3 0  
   São Paulo Santos 4 1 5  
3           
6           
   São Paulo Santos 1 4 -
   Pernambuco Sport 1 0 -  
2  Pernambuco Sport 0 2 -
7  Paraíba Campinense 0 0 -  

O segundo jogo entre Cruzeiro e Internacional teve o placar de 2 a 1 para o clube gaúcho.
Os jogos das quartas de final representadas acima são referentes as decisões dos grupos Sul e Norte.

Quartas de final[editar | editar código-fonte]

10 de Outubro De 1963
Internacional Rio Grande do Sul 1 – 1 Minas Gerais Cruzeiro

A Decisão[editar | editar código-fonte]

19 de Março de 1963
Santos São Paulo 4 – 3 Guanabara Botafogo Estádio do Pacaembu, São Paulo

Pepe Gol marcado aos 33 minutos de jogo 33', Gol marcado aos 73 minutos de jogo 73'
Coutinho Gol marcado aos 47 minutos de jogo 47'
Dorval Gol marcado aos 56 minutos de jogo 56'
Gol marcado aos 13 minutos de jogo 13' Quarentinha
Gol marcado aos 66 minutos de jogo 66' Amoroso
Gol marcado aos 89 minutos de jogo 89' Amarildo
Árbitro: Armando Marques
  • Santos: Gilmar, Lima, Mauro (João Carlos), Calvet e Dalmo; Zito (Tite) e Mengálvio; Dorval, Coutinho (Toninho), Pelé e Pepe. Técnico: Lula.
  • Botafogo: Manga, Rildo, Zé Maria (Paulistinha), Nílton Santos e Ivan; Ayrton e Élton (Édison); Amoroso, Quarentinha (Romeu), Amarildo e Zagallo. Técnico: Marinho Rodrigues.

31 de Março de 1963
Botafogo Guanabara 3 – 1 São Paulo Santos Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro

Édison Gol marcado aos 31 minutos de jogo 31'
Quarentinha Gol marcado aos 58 minutos de jogo 58'
Amarildo Gol marcado aos 70 minutos de jogo 70'
Gol marcado aos 87 minutos de jogo 87' (g.c.) Rildo Público: 102.260
Árbitro: Catão Montez Júnior
  • Botafogo: Manga, Rildo, Zé Maria, Nilton Santos e Ivan; Ayrton e Édison; Garrincha, Quarentinha, Amarildo e Zagallo. Técnico: Marinho Rodrigues.
  • Santos: Gilmar, Lima, Mauro, Calvert e Dalmo; Zito (Tite) e Mengálvio; Dorval, Coutinho, Pelé e Pepe. Técnico: Lula.

2 de Abril de 1963
Botafogo Guanabara 0 – 5 São Paulo Santos Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro

Gol marcado aos 24 minutos de jogo 24' Dorval
Gol marcado aos 39 minutos de jogo 39' Pepe
Gol marcado aos 54 minutos de jogo 54' Coutinho
Gol marcado aos 75 minutos de jogo 75', Gol marcado aos 80 minutos de jogo 80' Pelé
Público: 70.324
Árbitro: Eunápio de Queiroz
  • Botafogo: Manga, Rildo (Joel), Zé Maria, Nilton Santos (Jadir) e Ivan; Ayrton e Édison; Garrincha, Quarentinha, Amarildo e Zagallo. Técnico: Marinho Rodrigues.
  • Santos: Gilmar, Lima, Mauro, Calvert e Dalmo; Zito e Mengálvio; Dorval, Coutinho (Tite), Pelé e Pepe. Técnico: Lula.

Campeão[editar | editar código-fonte]

Campeonato Brasileiro de 19652
Bandeira do estado de São Paulo.svg
Santos Futebol Clube
(2º título)

Classificação final[editar | editar código-fonte]

Classificação
Time Pts J V E D GP GC
1 São Paulo Santos 7 5 3 1 1 15 7
2 Guanabara Botafogo 6 6 2 2 2 12 14
3 Rio Grande do Sul Internacional 9 7 3 3 1 13 12
4 Pernambuco Sport 7 6 2 3 1 6 6
5 Paraíba Campinense 12 9 5 2 2 18 9
6 Minas Gerais Cruzeiro 4 4 1 2 1 4 4
7 Ceará Ceará 8 7 2 4 1 12 10
8 Rio de Janeiro Rio Branco 4 4 1 2 1 4 4
9 Santa Catarina Metropol 3 4 1 1 2 7 8
10 Bahia Bahia 3 3 1 1 1 2 3
11 Pará Paysandu 5 5 1 3 1 7 8
12 Alagoas CRB 4 5 1 2 2 6 12
13 Espírito Santo (estado) Santo Antônio 1 2 0 1 1 2 3
14 Paraná Comercial 1 2 0 1 1 2 3
15 Sergipe Sergipe 2 3 0 2 1 4 5
16 Maranhão Sampaio Corrêa 1 2 0 1 1 4 5
17 Piauí Ríver 1 2 0 1 1 5 7
18 Rio Grande do Norte ABC 0 2 0 0 2 4 7
Pts – pontos; J – jogos disputados; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP – gols pró; GC – gols contra
Finalistas
Semifinalistas
Finalistas de zona
Finalistas de grupo
Semifinalistas de grupo