Campeonato Brasileiro de Futebol de 1986 - Série B

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Série B de 1986
Times 36
Campeões Pernambuco Central
Santa Catarina Criciúma
São Paulo Inter de Limeira
Paraíba Treze
Segundo colocados nos Grupos Rio de Janeiro Americano
São Paulo Juventus
Maranhão Maranhão
Santa Catarina Marcílio Dias
Artilheiro
Gols

Em 1986 foi realizada a sétima edição do Torneio Paralelo, campeonato organizado pela CBF disputado por 36 equipes divididas em 4 grupos. As equipes do Central de Caruaru, Criciúma, Inter de Limeira e Treze de Campina Grande venceram seus grupos e por consequência foram promovidos para a Série A do Campeonato Brasileiro de Futebol de 1986.

Inicialmente, o certame seria disputado por apenas 24 equipes. Brasil de Pelotas, melhor colocado dos grupos C e D ao final do Campeonato Brasileiro de Futebol de 1985 e Goytacaz, vice-campeão do Campeonato Brasileiro de Futebol de 1985 - Série B, conhecido na época como Taça de Prata, estavam garantidos na competição. As outras vinte e duas equipes seriam selecionadas de acordo com seus resultados nos campeonatos estaduais. Posteriormente, devido a problemas políticos na escolha das equipes do Rio de Janeiro, mais 12 times foram admitidos na competição, chegando ao total de 36 times que por fim disputaram o torneio.[1] .

A CBF, apesar de nunca ter reconhecido oficialmente o título dos ganhadores, conferiu aos quatro primeiros colocados o percentual de pontos no seu ranking oficial relativo ao campeão da Série B, fato que faz diversos historiadores[1] reconhecerem o Central de Caruaru, Criciúma, Inter de Limeira e Treze de Campina Grande como campeões da Série B de 1986 . Apesar das controvérsias em relação a este formato do Torneio ser considerado uma competição do tipo Série B, sob a alegação de que no Torneio Paralelo as equipes primeiras colocadas nos grupos disputaram a Série A do mesmo ano, há dois eventos históricos que confirmam a tese desta ser uma verdadeira segunda divisão nacional: a)No Campeonato Brasileiro da Série B em 1983, quatro times (Guarani-SP, Americano-RJ, Botafogo-SP e Uberaba-MG) que disputaram a divisão de acesso em face do seu desempenho esportivo participaram da Série A no mesmo ano, isso não impedindo o reconhecimento do título da Série B ao Campeão. b)O formato voltou a ocorrer no ano de 2000, com a Copa João Havelange, tendo como campeão do módulo amarelo, o Paraná, reconhecido como campeão da Série B naquele ano pela CBF e tendo tido acesso à fase final da mesma forma. Criciúma Esporte Clube teve a melhor pontuação entre os primeiros colocados.


Classificação[editar | editar código-fonte]

Grupo E[editar | editar código-fonte]

Tabela de classificação


Time PG J V E D GP GC SG
1 Paraíba Treze 12 8 5 2 1 8 2 +6
2 Maranhão Maranhão 10 8 4 2 2 10 7 +3
3 Amazonas Rio Negro 10 8 3 4 1 5 2 +3
4 Maranhão Moto Club 9 8 4 1 3 9 10 -1
5 Rio Grande do Norte América 9 8 3 3 2 9 3 +6
6 Ceará Guarany de Sobral 8 8 3 2 3 8 9 -1
7 Ceará Ferroviário 6 8 1 4 3 7 8 -1
8 Pará Sport Belém 4 8 1 2 5 5 11 -6
9 Piauí Flamengo 4 8 0 4 4 6 15 -9
PG – Pontos ganhos; J – Jogos disputados; V - Vitórias; E - Empates; D - Derrotas;
GP – Gols pró; GC – Gols contra; SG – Saldo de gols

Grupo F[editar | editar código-fonte]

Tabela de classificação
Time PG J V E D GP GC SG
1 Pernambuco Central 11 8 5 1 2 11 6 +5
2 Rio de Janeiro Americano 11 8 5 1 2 11 6 +5
3 Rio de Janeiro Goytacaz 9 8 4 1 3 12 11 +1
4 Espírito Santo (estado) Desportiva 8 8 3 2 2 9 7 +2
5 Alagoas CRB 8 8 3 2 3 6 7 -1
6 Bahia Catuense 8 8 2 4 2 9 9 0
7 Distrito Federal (Brasil) Taguatinga 7 8 3 1 4 14 12 +2
8 Bahia Fluminense de Feira 6 8 1 4 3 7 12 -5
9 Sergipe Confiança 4 8 1 2 5 5 14 -9
PG – Pontos ganhos; J – Jogos disputados; V - Vitórias; E - Empates; D - Derrotas;
GP – Gols pró; GC – Gols contra; SG – Saldo de gols
  • No confronto direto, Central 2x0 Americano.

Grupo G[editar | editar código-fonte]

Tabela de classificação
Time PG J V E D GP GC SG
1 São Paulo Inter de Limeira 13 8 6 1 1 16 3 +13
2 São Paulo Juventus 11 8 4 4 0 8 2 +6
3 São Paulo Santo André 9 8 3 3 2 8 8 0
4 Goiás Anápolis 8 8 3 2 3 8 9 -1
5 Goiás Itumbiara 8 8 1 6 1 6 7 -1
6 Minas Gerais América 7 8 2 3 3 10 9 +1
7 Mato Grosso do Sul Ubiratan 6 7 1 4 2 5 6 -1
8 Mato Grosso Mixto 4 8 1 2 5 9 21 -12
9 Minas Gerais Uberlândia 3 7 0 3 4 2 7 -5
PG – Pontos ganhos; J – Jogos disputados; V - Vitórias; E - Empates; D - Derrotas;
GP – Gols pró; GC – Gols contra; SG – Saldo de gols
  • O jogo entre Ubiratan e Uberlândia, marcado para a oitava rodada do grupo G, não foi disputado, por acordo entre os dois clubes e a CBF.

Grupo H[editar | editar código-fonte]

Tabela de classificação
Time PG J V E D GP GC SG
1 Santa Catarina Criciúma 14 8 6 2 0 12 4 +8
2 Santa Catarina Marcílio Dias 10 8 4 2 2 8 6 +2
3 Paraná Pinheiros 9 8 3 3 2 11 9 2
4 Paraná Londrina 9 8 3 3 2 9 8 +1
5 Rio Grande do Sul Juventude 8 8 2 4 2 7 5 +2
6 Santa Catarina Avaí 7 8 3 1 4 5 6 -1
7 Rio Grande do Sul Novo Hamburgo 7 8 3 1 4 8 11 -3
8 Rio Grande do Sul Brasil de Pelotas 4 8 1 2 5 8 13 -5
9 Paraná Cascavel 4 8 0 4 4 6 12 -6
PG – Pontos ganhos; J – Jogos disputados; V - Vitórias; E - Empates; D - Derrotas;
GP – Gols pró; GC – Gols contra; SG – Saldo de gols
Classificação
1º colocado no grupo e promovido a Série A de 1986
2º colocado no grupo
Eliminados

Premiação[editar | editar código-fonte]

Campeonato Brasileiro de 1986 - Série B
Paraíba
Treze
Campeão
(1º título)


Campeonato Brasileiro de 1986 - Série B
Pernambuco
Central
Campeão
(1º título)


Campeonato Brasileiro de 1986 - Série B
São Paulo
Inter de Limeira
Campeão
(1º título)


Campeonato Brasileiro de 1986 - Série B
Santa Catarina
Criciúma
Campeão
(1º título)

References[editar | editar código-fonte]

  1. Brazil 1986 Championship - Copa Brasil (em portuguese). RSSSF Brasil (February 4, 2008). Arquivado do original em January 6, 2010. Página visitada em January 13, 2010.

[2] [3]

Ver também[editar | editar código-fonte]