Campeonato Brasileiro de Futebol de 2003 - Série A

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Campeonato Brasileiro de 2003 - Série A
Brasileirão Série A 2003
Dados
Participantes 24
Organização CBF
Local de disputa  Brasil
Período 29 de março14 de dezembro
Gol(o)s 1593
Jogos 552
Média 2,89 gol(o)s por partida
Campeão Minas Gerais Cruzeiro (2º título)
Vice-campeão São Paulo Santos
Rebaixado(s)
Melhor marcador Dimba (Goiás) – 31 gols
Melhor ataque (fase inicial) Cruzeiro – 102 gols
Melhor defesa (fase inicial) São Caetano – 37 gols
Maiores goleadas
(diferença)
Goiás Goiás 7 – 0 Rio Grande do Sul Juventude
Estádio Serra DouradaGoiânia
27 de abril, 6ª rodada
 
Bahia Bahia 0 – 7 Minas Gerais Cruzeiro
Estádio Fonte NovaSalvador
14 de dezembro, 46ª rodada
Público 5 778 336
Média 10 468 pessoas por partida
Premiações
Melhor jogador
Alex (Cruzeiro)
Melhor treinador Vanderlei Luxemburgo (Cruzeiro)
◄◄ Brasil Brasileirão 2002 Soccerball.svg Brasileirão 2004 Brasil ►►

O Campeonato Brasileiro da Série A de 2003 foi a 47ª edição do principal torneio de futebol brasileiro. Iniciou-se dia 29 de março de 2003 e teve sua última rodada realizada em 14 de dezembro de 2003.

Com uma excelente campanha, o Cruzeiro foi notavelmente superior às demais equipes participantes do torneio, sagrando-se pela segunda vez campeão do torneio, e sendo a primeira equipe a conquistar o título na fórmula dos pontos corridos. A equipe mineira treinada por Vanderlei Luxemburgo e comandada em campo por Alex terminou a competição com 100 pontos (13 a mais que o segundo colocado) e marcando 102 gols. Em aproveitamento, é a melhor campanha de um clube desde a mudança do formato de disputa para o modelo de pontos corridos (o Cruzeiro obteve 72,5% de aproveitamento). Também foi a única vez que um clube conquistou a chamada "Tríplice Coroa", isto é, venceu, no mesmo ano, o Campeonato Brasileiro, o campeonato estadual (no caso, o Campeonato Mineiro) e a Copa do Brasil.

Equipes participantes[editar | editar código-fonte]

Equipe Cidade Estado Em 2002 Estádio Títulos
Atlético Mineiro Belo Horizonte Minas Gerais MG Mineirão 1971
Atlético Paranaense Curitiba Paraná PR 14º Arena da Baixada 2001
Bahia Salvador Bahia BA 19º Fonte Nova 1959, 1988
Corinthians São Paulo São Paulo SP Pacaembu 1990, 1998, 1999
Coritiba Curitiba Paraná PR 11º Couto Pereira 1985
Criciúma Criciúma Santa Catarina SC 1º (Série B) Heriberto Hülse não possui
Cruzeiro Belo Horizonte Minas Gerais MG Mineirão 1966
Figueirense Florianópolis Santa Catarina SC 17º Orlando Scarpelli não possui
Flamengo Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ 18º Maracanã 1980, 1982, 1983, 1992
Fluminense Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ Maracanã 1970, 1984
Fortaleza Fortaleza CearáCE 2º (Série B) Castelão não possui
Goiás Goiânia GoiásGO 12º Serra Dourada não possui
Grêmio Porto Alegre Rio Grande do Sul RS Olímpico 1981, 1996
Guarani Campinas São Paulo SP 16º Brinco de Ouro 1978
Internacional Porto Alegre Rio Grande do Sul RS 21º Beira-Rio 1975, 1976, 1979
Juventude Caxias do Sul Rio Grande do Sul RS Alfredo Jaconi não possui
Paraná Curitiba Paraná PR 22º Durival Britto não possui
Paysandu Belém Pará PA 20º Mangueirão não possui
Ponte Preta Campinas São Paulo SP 13º Moisés Lucarelli não possui
Santos Santos São Paulo SP Campeão Vila Belmiro 1961, 1962, 1963, 1964, 1965, 1968, 2002
São Caetano São Caetano do Sul São Paulo SP Anacleto Campanella não possui
São Paulo São Paulo São Paulo SP Morumbi 1977, 1986, 1991
Vasco da Gama Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ 15º São Januário 1974, 1989, 1997, 2000
Vitória Salvador Bahia BA 10º Barradão não possui

Fórmula de disputa[editar | editar código-fonte]

Os 24 participantes jogaram em grupo único, todos contra todos, em turno e returno. A equipe que marcou mais pontos ao final das 46 rodadas foi declarado o Campeão Brasileiro de 2003. Se uma ou mais equipes terminassem com o mesmo número de pontos, os critérios de desempate definiriam as posições. O campeão, o vice, o terceiro e o quarto colocados estarão classificados para a disputa da Taça Libertadores de 2004. Caso o Cruzeiro, já classificado para o torneio via Copa do Brasil fique entre esses quatro, o quinto colocado também irá para a Libertadores. Os oito melhores colocados, além de Cruzeiro, São Paulo, Flamengo e Grêmio, estarão classificados para a disputa da Copa Sul-Americana de 2004. Os dois últimos times (os que tiverem conseguido menos pontos) foram rebaixados para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série B em 2004. O Campeão Brasileiro da Série B e o vice estão automaticamente promovidos para a disputa da Série A em 2004.

Critérios de Desempate[editar | editar código-fonte]

Para o desempate entre duas ou mais equipes seguirá a ordem definida abaixo:

  • 1º - Número de vitórias
  • 2º - Saldo de gols
  • 3º - Gols feitos
  • 4º - Confronto direto (apenas entre duas equipes)
  • 5º - Sorteio

Classificação[editar | editar código-fonte]

Pos Times Pts J V E D GP GC SG % Classificação ou rebaixamento
1 Minas Gerais Cruzeiro 100 46 31 7 8 102 47 +55 72 Fase de grupos da Copa Libertadores de 2004
2 São Paulo Santos 87 46 25 12 9 93 60 +33 63
3 São Paulo São Paulo 78 46 22 12 12 81 67 +14 56
4 São Paulo São Caetano 2 74 46 19 14 13 53 37 +16 53
5 Paraná Coritiba 73 46 21 10 15 67 58 +9 52
6 Rio Grande do Sul Internacional 1 72 46 20 10 16 59 57 +2 52 Copa Sul-Americana de 20043
7 Minas Gerais Atlético Mineiro 72 46 19 15 12 76 62 +14 52
8 Rio de Janeiro Flamengo 66 46 18 12 16 66 73 –7 47
9 Goiás Goiás 65 46 18 11 17 78 63 +15 47
10 Paraná Paraná 65 46 18 11 17 85 75 +10 47
11 Santa Catarina Figueirense 65 46 17 14 15 62 54 +8 47
12 Paraná Atlético Paranaense 61 46 17 10 19 67 72 –5 44
13 São Paulo Guarani 61 46 17 10 19 64 72 –8 44
14 Santa Catarina Criciúma 60 46 17 9 20 57 69 –12 43
15 São Paulo Corinthians 2 59 46 15 12 19 61 63 –2 42
16 Bahia Vitória 56 46 15 11 20 50 64 –14 40
17 Rio de Janeiro Vasco da Gama 54 46 13 15 18 57 69 –12 39
18 Rio Grande do Sul Juventude 1 53 46 12 14 20 55 70 –15 38
19 Rio de Janeiro Fluminense 2 52 46 13 11 22 52 77 –25 37
20 Rio Grande do Sul Grêmio 50 46 13 11 22 54 68 –12 36 Copa Sul-Americana de 20043
21 São Paulo Ponte Preta 1 2 50 46 11 18 17 63 73 –10 36
22 Pará Paysandu 2 49 46 15 12 19 74 77 –3 35
23 Ceará Fortaleza 49 46 12 13 21 58 74 –16 35 Rebaixados à Série B de 2004
24 Bahia Bahia 46 46 12 10 24 59 92 –33 33

1:A Ponte Preta escalou irregularmente o jogador Roberto nas partidas contra Internacional e Juventude, pelas rodadas 1 e 2 respectivamente, e perdeu os pontos conquistados nessas partidas. Inter e Juventude ganharam 3 pontos cada.

2:O Paysandu escalou irregularmente os jogadores Júnior Amorim e Aldrovani e por esse motivo perdeu oito pontos. Desses pontos, três foram para a Ponte Preta,três para o São Caetano, dois para o Corinthians e mais dois para o Fluminense.

3:Cruzeiro, São Paulo, Flamengo e Grêmio classificaram-se automaticamente para a Copa Sul-Americana pelo ranking da Conmebol.

O jogo do título[editar | editar código-fonte]

Válido pela 44ª rodada

30 de novembro de 2003 Cruzeiro Minas Gerais 2 – 1 Pará Paysandu Mineirão, Belo Horizonte - MG
16:00
Zinho Gol marcado aos 6 minutos de jogo 6'
Mota Gol marcado aos 73 minutos de jogo 73'
Gol marcado aos 90 minutos de jogo 90' Aldrovani Público: 73.141
Árbitro: ParanáPR Heber Roberto Lopes

Desempenho por rodada[editar | editar código-fonte]

Clubes que lideraram ao final de cada rodada:[1]

Rodadas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46
JUV SCA INT CRU INT CRU SAN CRU SAN CRU

Clubes que ficaram na última posição do campeonato ao final de cada rodada:

Rodadas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46
PAY GOI PAY GOI GRE BAH PON BAH

Premiação[editar | editar código-fonte]

Campeonato Brasileiro de Futebol de 2003
Minas Gerais
Cruzeiro Esporte Clube
Campeão
(2° título)


Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Série A 2002
abril-dezembro
Série A 2003
maio - dezembro
Sucedido por
Série A 2004
maio - dezembro