Campeonato Brasileiro de Futebol de 2006

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
L Campeonato Brasileiro de Futebol
Brasileirão 2006
Dados
Participantes 104
Organização CBF
Local de disputa  Brasil
Período 15 de abril3 de dezembro
Gol(o)s 3179
Jogos 1146
Média 2,77 gol(o)s por partida
Campeão São Paulo (4º título)
Vice-campeão Internacional
Melhor marcador Vanderlei (Gama) – 21 gols
Outras divisões
Série B Atlético Mineiro
Série C Criciúma
◄◄ Brasil Brasileirão 2005 Soccerball.svg Brasileirão 2007 Brasil ►►

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 2006 repetiu a fórmula de disputa dos últimos anos, com todos os times se enfrentando em turno e returno. Seguindo planejamento iniciado no ano de 2003, o número de clubes nas Séries A e B foi reduzido para 20 em cada. Com duas rodadas de antecedência, o São Paulo sagrou-se campeão, conquistando o seu quarto título nacional. O clube comemorou o título no dia 19 de novembro no estádio do Morumbi, em jogo contra o Atlético Paranaense que terminou empatado em 1 a 1.

O campeonato marcou o surgimento de novos técnicos, como Caio Jr. pelo Paraná Clube e Renato Gaúcho pelo Vasco, ambos ex-jogadores.

Série A[editar | editar código-fonte]

O Campeonato Brasileiro de 2006 teve como campeão o São Paulo, que não conquistava o título desde 1991. A equipe são-paulina venceu 22 jogos e perdeu apenas 4, com um aproveitamento de 68,4%. O vice-campeão foi o Internacional, que venceu a Libertadores 2006 que então deu a vaga ao 5º colocado. Outro time do Rio Grande do Sul acabou indo bem no campeonato, foi o Grêmio que veio direto da Série B e conseguiu ficar em 3º lugar, alcançando uma vaga na Libertadores 2007. Pela primeira vez na história, a dupla Grenal esteve junta na Libertadores. Outro destaque foi o Santos que havia sido campeão dois anos antes e conseguiu ficar com uma vaga na Libertadores. A surpreendente campanha do Paraná fez o clube se classificar para sua primeira Libertadores. Alguns pontos negativos foram a ausência do Atlético Mineiro, campeão da primeira edição do torneio, em 1971; e do Coritiba, campeão brasileiro de 1985, que haviam sido rebaixados para a Série B em 2005.

Classificação final[editar | editar código-fonte]

Tabela de classificação
Time Pts J V E D GP GC SG AP
1 São Paulo São Paulo 78 38 22 12 4 66 32 34 68,4%
2 Rio Grande do Sul Internacional 69 38 20 9 9 52 36 16 60,5%
3 Rio Grande do Sul Grêmio 67 38 20 7 11 64 45 19 58,7%
4 São Paulo Santos 64 38 18 10 10 58 36 22 56,1%
5 Paraná Paraná 60 38 18 6 14 56 49 7 52,6%
6 Rio de Janeiro Vasco da Gama 59 38 15 14 9 57 50 7 51,7%
7 Santa Catarina Figueirense 57 38 15 12 11 52 44 8 50,0%
8 Goiás Goiás 55 38 15 10 13 63 49 14 48,2%
9 São Paulo Corinthians 53 38 15 8 15 41 46 -5 46,4%
10 Minas Gerais Cruzeiro 53 38 14 11 13 52 45 7 46,4%
11 Rio de Janeiro Flamengo 52 38 15 7 16 44 48 -4 45,6%
12 Rio de Janeiro Botafogo 51 38 13 12 13 52 50 2 44,7%
13 Paraná Atlético Paranaense 48 38 13 9 16 61 62 -1 42,1%
14 Rio Grande do Sul Juventude 47 38 13 8 17 44 54 -10 41,2%
15 Rio de Janeiro Fluminense 45 38 11 12 15 48 58 -10 39,4%
16 São Paulo Palmeiras 44 38 12 8 18 58 70 -12 38,5%
17 São Paulo Ponte Preta 39 38 10 9 19 45 65 -20 34,2%
18 Ceará Fortaleza 38 38 8 14 16 39 62 -23 33,3%
19 São Paulo São Caetano 36 38 9 9 20 37 53 -16 31,5%
20 Pernambuco Santa Cruz 28 38 7 7 24 41 76 -35 24,5%
Pts – pontos; J – jogos disputados; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP – gols pró; GC – gols contra; SG – saldo de gols; AP - Aproveitamento
Classificação
Classificado à segunda fase da Libertadores 2007
Classificado à primeira fase da Libertadores 2007
Classificado à Sul-Americana 2007
Rebaixamento à Série B 2007

Nota: O Internacional teve vaga assegurada na Libertadores 2007 por ser o atual campeão do torneio e o Flamengo por ser campeão da Copa do Brasil de 2006

Série B[editar | editar código-fonte]

Estados brasileiros divididos por participantes na segunda divisão

O Série B de 2006 teve como campeão o Atlético Mineiro, que venceu 20 partidas e perdeu apenas 7. O clube mineiro nunca havia disputado um título da Série B. Outro destaque foram a dupla de Pernambucanos, Sport e Náutico, que subiram junto para a Série A após um grande tempo de espera. O América de Natal também conseguiu a vaga na Série A, isso porque venceu mais que o Paulista que tinha a mesma pontuação. A grande decepção ficou com o Guarani (que até já foi campeão brasileiro) e o Paysandu (que já participou da Libertadores 2003) que acabaram caindo para a terceira divisão do futebol brasileiro.

Tabela de classificação
Time Pts J V E D GP GC SG AP
1 Minas Gerais Atlético Mineiro 71 38 20 11 7 70 39 31 62,2%
2 Pernambuco Sport 64 38 18 10 10 57 36 21 56,1%
3 Pernambuco Náutico 64 38 18 10 10 64 48 16 56,1%
4 Rio Grande do Norte América de Natal 61 38 19 4 15 59 51 8 53,5%
5 São Paulo Paulista 61 38 17 10 11 72 51 21 53,5%
6 Paraná Coritiba 59 38 16 11 11 64 51 13 51,7%
7 São Paulo Santo André 56 38 14 14 10 47 45 2 49,1%
8 Distrito Federal (Brasil) Brasiliense 52 38 15 7 16 65 51 14 45,6%
9 São Paulo Marília 52 38 14 10 14 58 56 2 45,6%
10 São Paulo Ituano 50 38 12 14 12 49 48 1 43,8%
11 Distrito Federal (Brasil) Gama 48 38 14 6 18 51 62 -11 42,1%
12 Pará Remo 46 38 13 7 18 50 60 -10 40,3%
13 Santa Catarina Avaí 46 38 12 10 16 36 51 -15 40,3%
14 São Paulo Portuguesa 45 38 11 12 15 47 58 -11 39,4%
15 Ceará Ceará 45 38 10 15 13 47 56 -9 39,4%
16 Alagoas CRB 44 38 12 8 18 61 67 -6 38,5%
17 Pará Paysandu 44 38 12 8 18 51 70 -19 38,5%
18 São Paulo Guarani *44 38 11 14 13 53 61 -8 38,5%
19 Amazonas São Raimundo-AM 43 38 11 10 17 42 59 -17 37,7%
20 Goiás Vila Nova 42 38 11 9 18 45 68 -23 36,8%
Pts – pontos; J – jogos disputados; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP – gols pró; GC – gols contra; SG – saldo de gols; AP - Aproveitamento
Promoção à Série A em 2007
Rebaixamento à Série C em 2007

Negrito: Campeão Brasileiro da Série B 2006

Nota: O Guarani foi punido pela FIFA com a perda de 3 pontos por negociação irregular de jogador em 2004.

Série C[editar | editar código-fonte]

A edição 2006 marcou a volta de um grande clube de Santa Catarina, O campeão foi o Criciúma, com uma campanha no Octogonal Final de 31 pontos; 9 vitórias, 4 empates e apenas 1 derrota. O Vitória da Bahia também subiu para a Série B ficando com o vice-campeonato. Outros dois clubes que subiram foram o Grêmio Barueri de São Paulo e o Ipatinga de Minas Gerais.

Tabela de classificação
Time Pts J V E D GP GC SG AP
1 Santa Catarina Criciúma 31 14 9 4 1 27 11 16 73,8%
2 Bahia Vitória 25 14 8 1 5 23 18 5 59,5%
3 Minas Gerais Ipatinga 24 14 7 3 4 21 15 6 57,1%
4 São Paulo Grêmio Barueri 23 14 7 2 5 27 22 5 54,7%
5 Ceará Ferroviário 19 14 6 1 7 21 26 -5 45,2%
6 Bahia Bahia 14 14 4 2 8 21 30 -9 33,3%
7 Rio Grande do Sul Brasil de Pelotas 13 14 4 1 9 16 25 -9 30,9%
8 Paraíba Treze 11 14 3 2 9 17 26 -9 26,1%
Pts – pontos; J – jogos disputados; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP – gols pró; GC – gols contra; SG – saldo de gols; AP - Aproveitamento
Promoção à Série B em 2007

Negrito: Campeão Brasileiro da Série C 2006

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

Soccerball.svg Bola de Prata da Revista Placar de 2006 Soccerball.svg

Seleção Rogério Ceni (SPO)Ilsinho (SPO)Fabão (SPO)Índio (INT)Kléber (SAN)Lucas (GRE)Mineiro (SPO)Wagner (CRU)Zé Roberto (BOT)Fernandão (INT)Aloísio (SPO)


Melhor Jogador Lucas (GRE)Artilheiro Souza (GOI)

Ver também[editar | editar código-fonte]