Campeonato Carioca de Futebol de 2009

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Campeonato Carioca de Futebol de 2009
Carioca 2009
Rio de Janeiro
Dados
Participantes 16
Organização FFERJ
Período 24 de janeiro3 de maio
Gol(o)s 409
Jogos 134
Média 3,05 gol(o)s por partida
Campeão Flamengo
Vice-campeão Botafogo
Rebaixado(s) Cabofriense
Mesquita
Melhor marcador Maicosuel (Botafogo) - 12 gols
Maior goleada
(diferença)
Tigres do Brasil 5–0 Boavista
Estádio Los LariosDuque de Caxias
21 de março
Público 1 027 150[i]
Média 7 962,4 pessoas por partida
Premiações
Melhor jogador
(FFERJ)
Maicosuel (Botafogo)
Melhor treinador
(FFERJ)
Cuca (Flamengo)
Melhor árbitro
(FFERJ)
Péricles Bassols
◄◄ Rio de Janeiro Carioca 2008 Soccerball.svg Carioca 2010 Rio de Janeiro ►►
Estádio do Maracanã durante a final da Taça Guanabara entre Botafogo e Resende, vencida pelos botafoguenses por 3 a 0.

O Campeonato Carioca de Futebol de 2009 foi a 104ª edição do torneio. Diferentemente da edição de 2008, os grandes times da cidade do Rio de Janeiro não tiveram o direito de jogar todas as partidas em seus estádios, fator determinante para que o quarteto Flamengo-Fluminense-Botafogo-Vasco da Gama dominasse os dois turnos do Campeonato Carioca de 2008.

O Clube de Regatas do Flamengo conquistou o tricampeonato estadual ao vencer o Botafogo de Futebol e Regatas na disputa por pênaltis por 4 a 2. Em ambas as partidas da final o resultado do confronto se igualou em 2 a 2, até a definição nas cobranças de pênaltis. Com o título o Flamengo tornou-se o clube com o maior número de títulos estaduais no Rio de Janeiro com 31 conquistas, superando o Fluminense[1] .

Como nas duas últimas edições, Botafogo e Flamengo decidiram o título do campeonato. O Botafogo chegou a final ao conquistar o título da Taça Guanabara, primeiro turno da competição, sobre o Resende por 3 a 0[2] . Durante a disputa da Taça Guanabara o Vasco da Gama foi punido com a perda de seis pontos pela escalação irregular do atleta Jéfferson Rodrigues Gonçalves na primeira rodada[3] . O fato foi determinante para a chegada do Resende a final do turno, passando inclusive pelo Flamengo na semifinal por 3 a 1[4] .

No segundo turno, o campeonato foi dominado pelos quatro grandes, que obtiveram classificação para a fase semifinal. O Botafogo alcançou a final com uma goleada sobre o Vasco da Gama (4 a 0)[5] , enquanto que o Flamengo superou o Fluminense para chegar a mesma instância decisiva (1 a 0)[5] . Com isso, o Alvinegro teve a chance de conquistar a Taça Rio, fato que anteciparia o título estadual da equipe sem a necessidade da grande final. Porém perdeu a final para o Flamengo por 1 a 0, fato que possibilitou ao Rubro-Negro disputar a final estadual em duas partidas contra o próprio Botafogo[6] .

Outras duas taças estiveram em disputa, paralelamente com a fase final dos turnos[7] . Introduzidas nesta edição, o Troféu Moisés Mathias de Andrade e o Troféu João Ellis Filho foram disputados entre as equipes que finalizaram em terceiro e quarto lugar nos grupos da Taça Guanabara e Taça Rio, e como preliminar na fase final de ambos os turnos. O Americano conquistou o Troféu Moisés Mathias de Andrade com uma vitória sobre o Mesquita por 1 a 0[8] e o Friburguense obteve o Troféu João Ellis Filho ao superar o Tigres do Brasil na disputa por pênaltis, 8 a 7, após 2 a 2 no tempo regulamentar[9] .

Por ter sido a equipe com o pior desempenho durante o campeonato, o Mesquita foi uma das equipes rebaixadas a Segunda Divisão estadual de 2010[10] . Volta Redonda e Cabofriense terminaram com a mesma campanha no número de pontos, e precisariam disputar um play-off para determinar a segunda equipe rebaixada, como previa o regulamento[11] . Porém após protestos do Volta Redonda, o TJD/RJ deu ganho de causa a equipe, no pedido de mandado de garantia, rebaixando a Cabofriense sem a necessidade das partidas extras[12] .

Equipes participantes[editar | editar código-fonte]

Fórmula de disputa[editar | editar código-fonte]

Assim como nas últimas edições, os participantes foram divididos em dois grupos. Na primeira fase (Taça Guanabara), os times jogaram dentro de seus grupos e o primeiro de um grupo enfrentou o segundo do outro numa semifinal. Os vencedores foram para a final do turno, o vencedor dessa final torna-se o campeão da Taça Guanabara de 2009[11] .

Na segunda fase (Taça Rio), os times jogaram contra os do outro grupo, embora a classificação seja dentro de cada grupo. O primeiro de um grupo enfrentou o segundo do outro numa semifinal. Os vencedores se enfrentaram na final do turno, o vencedor do confronto foi declarado o campeão da Taça Rio de 2009[11] .

Os times vencedores de cada fase disputaram entre si dois jogos finais, que estabelecem o campeão carioca. Caso o mesmo time ganhasse as duas fases, este seria declarado campeão automaticamente[11] .

Critérios de desempate[editar | editar código-fonte]

Para o desempate entre duas ou mais equipes seguiu a ordem definida abaixo[11] :

  1. Número de vitórias
  2. Saldo de gols
  3. Gols marcados
  4. Menor número de cartões amarelos e vermelhos
  5. Sorteio

Televisão[editar | editar código-fonte]

Há alguns anos, a Rede Globo detém os direitos de transmissão para TV aberta e a cabo do Campeonato Carioca. Sendo que a Globo transmite apenas alguns jogos, que envolvem os os quatro grandes times cariocas, para alguns estados do Brasil e pela parabólica.[13]

O SporTV transmite boa parte dos jogos nos dois turnos em pay-per-view pelo canal Sócio PFC, alem de exibir alguns dos jogos em VT durante a programação.[14]

A novidade é que, apesar da garantia de exclusividade, a Rede Globo cedeu os direitos televisivos à Rede Bandeirantes que segue o mesmo acordo do Campeonato Brasileiro, de transmitir os mesmos jogos.[15]

Estádios vetados[editar | editar código-fonte]

Nem todos os estádios utilizados no campeonato foram liberados. Alguns não tiveram condição de sediar jogos com os quatro grandes times.[16]

Estádios sem condição[editar | editar código-fonte]

Estádios sem condição para realização de várias partidas do campeonato:

Madureira, Mesquita e Resende[editar | editar código-fonte]

Estádios que Mesquita, Madureira e Resende usaram para os jogos contra os quatro grandes times:

O Estádio Luso-Brasileiro e o Estádio Giulite Coutinho (Mesquita) puderam ser utilizados pelos três times, em sistema de rodízio.

Macaé e Americano[editar | editar código-fonte]

Macaé e Americano ficaram sem estádio para jogar todas as partidas já que o Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, utilizado pelo Macaé, vive situação única: em reformas, não ficará pronto para o início da competição, mas pode ser utilizado em seu andamento. Até lá, o Alvianil Praiano mandará suas partidas na Arena Guanabara, em Araruama. O Americano obteve liberação para jogar no Estádio Godofredo Cruz.[16] [17]

Primeira fase (Taça Guanabara)[editar | editar código-fonte]

Equipes classificadas para a fase final
Equipes classificadas para o Troféu Moisés Mathias de Andrade
Equipes desclassificadas

Fase de grupos[editar | editar código-fonte]

Troféu Moisés Mathias de Andrade[editar | editar código-fonte]

Simultaneamente às semifinais e final da Taça Guanabara, e preferencialmente na preliminar destes jogos, as associações classificadas em cada grupo, respectivamente, em 3º e 4º lugares, disputaram o troféu Moisés Mathias de Andrade da seguinte forma: 3º do grupo A x 4º do grupo B e 3º do grupo B x 4º do grupo A. Os vencedores jogarão a decisão.

Ao vencedor da partida decisiva foi concedido, além do troféu Moisés Mathias de Andrade, um prêmio no valor de R$ 25.000,00.

  Semifinais Final
             
21 de fevereiro, 13:30 - Maracanã
 Macaé 0 (4)  
 Americano 0 (5)  
 
1 de março - 13:30 - Maracanã
     Americano 1
   Mesquita 0
25 de fevereiro, 19:15 - Maracanã
 Cabofriense 1
 Mesquita 2  
Troféu Moisés Mathias de Andrade
Campos dos Goytacazes
AMERICANO
Campeão
(1º título)

Fase final[editar | editar código-fonte]

  Semifinais Final
             
21 de fevereiro, 16:00 - Maracanã
 Flamengo 1  
 Resende 3  
 
1 de março, 16:00 - Maracanã
     Resende 0
   Botafogo 3
25 de fevereiro, 21:50 - Maracanã
 Fluminense 0
 Botafogo 1  
Taça Guanabara de 2009
Rio de Janeiro
BOTAFOGO
Campeão
(5º título)

Segunda fase (Taça Rio)[editar | editar código-fonte]

Zona de classificação para a fase final
Zona de classificação para o Troféu João Ellis Filho
Zona de desclassificação

Fase de grupos[editar | editar código-fonte]

Troféu João Ellis Filho[editar | editar código-fonte]

Simultaneamente às semifinais e final da Taça Rio, as associações classificadas em cada grupo, respectivamente, em 3º e 4º lugares, disputaram o troféu João Ellis Filho, da seguinte forma: 3º do grupo A x 4º do grupo B e 3º do grupo B x 4º do grupo A. Os vencedores jogaram a decisão.[11]

Ao vencedor da partida decisiva foi concedido, além do troféu João Ellis Filho, um prêmio no valor de R$ 25.000,00.[24]

  Semifinais Final
             
11 de abril, 15:45 - Maracanã
 Tigres do Brasil 2  
 Boavista 1  
 
19 de abril - Maracanã
     Tigres do Brasil 2 (7)
   Friburguense 2 (8)
12 de abril, 13:15 - Maracanã
 Friburguense 2 (5)
 Madureira 2 (4)  
Troféu João Ellis Filho
Nova Friburgo
FRIBURGUENSE
Campeão
(1º título)

Fase final[editar | editar código-fonte]

  Semifinais Final
             
11 de abril, 18:30 - Maracanã
 Vasco da Gama 0  
 Botafogo 4  
 
19 de abril, 16:00 - Maracanã
     Botafogo 0
   Flamengo 1
12 de abril, 16:00 - Maracanã
 Flamengo 1
 Fluminense 0  
Taça Rio de 2009
Rio de Janeiro
FLAMENGO
Campeão
(8º título)

Terceira fase (final)[editar | editar código-fonte]

Primeiro jogo[editar | editar código-fonte]

26 de abril Botafogo 2 – 2 Flamengo Estádio do Maracanã
16:00
Juninho Gol marcado aos 37 minutos de jogo 37'
Reinaldo Gol marcado aos 44 minutos de jogo 44'
Súmula Juan Gol marcado aos 22 minutos de jogo 22' (pen)
Willians Gol marcado aos 84 minutos de jogo 84'
Público: 58.711
Árbitro: Rio de JaneiroRJ Rodrigo Nunes de Sá

Segundo jogo[editar | editar código-fonte]

3 de maio Flamengo 2 – 2 Botafogo Estádio do Maracanã
16:00
Kléberson Gol marcado aos 20 minutos de jogo 20', Gol marcado aos 38 minutos de jogo 38' Súmula Juninho Gol marcado aos 61 minutos de jogo 61'
Túlio Souza Gol marcado aos 64 minutos de jogo 64'
Público: 78.393
Árbitro: Rio de JaneiroRJ Péricles Bassols Pegado Cortez
    Penalidades  
Kléberson Convertido
Juan Convertido
Aírton Convertido
Léo Moura Convertido
4 – 2 Convertido Léo Silva
Erro (defesa) Juninho
Convertido Gabriel
Erro (defesa) Leandro Guerreiro
 


Campeonato Carioca de 2009
Rio de Janeiro
FLAMENGO
Tricampeão
(31º título)

Classificação geral[editar | editar código-fonte]

Para a definição da classificação geral, excluem-se os pontos obtidos nas fases semifinal e final de cada turno. Ao final do campeonato, o campeão e o vice-campeão ocuparam a primeira e segunda colocações independente do número de pontos[11] .

Finalistas e classificados para a Copa do Brasil 2010
Classificados para o Brasileirão 2009 - Série D
Rebaixado para a Segunda divisão estadual de 2010
Classificação
# Time PG J V E D GP GS SG Penalizado com cartão amarelo Expulso
1 Flamengo[iii] 34 15 10 4 1 31 15 +15 36 6
2 Botafogo[iii] 32 15 10 2 3 38 18 +20 41 5
3 Vasco da Gama[i] 32 15 12 2 1 35 9 +26 43 4
4 Fluminense 31 15 9 4 2 29 15 +14 36 2
5 Macaé 20 15 6 2 7 24 20 +4 36 3
6 Bangu 20 15 6 2 7 21 27 -6 39 2
7 Friburguense 20 15 6 2 7 17 27 -10 40 6
8 Boavista 20 15 5 5 5 24 24 0 45 5
9 Resende 17 15 5 2 8 17 28 -11 55 10
10 Americano 17 15 4 5 6 21 22 -1 48 5
11 Tigres do Brasil 16 15 4 4 7 22 29 -7 31 8
12 Madureira[ii] 16 15 4 4 7 16 25 -9 39 6
13 Duque de Caxias 16 15 4 4 7 20 32 -12 38 2
14 Volta Redonda[v] 15 15 4 3 8 21 24 -3 49 6
15 Cabofriense[v] 15 15 4 3 8 19 27 -8 47 8
16 Mesquita[iv] 8 15 2 2 11 17 31 -14 56 7

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. GloboEsporte.com (3 de maio de 2009). Bruno brilha novamente nos pênaltis, e o Flamengo é tricampeão carioca (em português). Página visitada em 4 de maio de 2009.
  2. UOL Esporte (1 de março de 2009). Botafogo embarca na festa do RJ e conquista a Taça Guanabara (em português). Página visitada em 20 de abril de 2009.
  3. a b c GloboEsporte.com; Thiago Lavinas (12 de fevereiro de 2009). Vasco perde seis pontos no TJD por escalar Jéferson de forma irregular (em português). Página visitada em 12 de fevereiro de 2009.
  4. UOL Esporte (21 de fevereiro de 2009). Com três expulsões, Resende bate Fla e vai à final da Taça GB (em português). Página visitada em 20 de abril de 2009.
  5. a b UOL Esporte (11 de abril de 2009). Regido por Maicosuel, Bota goleia Vasco e está na final da Taça Rio (em português). Página visitada em 20 de abril de 2009.
  6. GloboEsporte.com; Thiago Lavinas (19 de abril de 2009). Flamengo conquista o título da Taça Rio graças a gol contra de Emerson (em português). Página visitada em 20 de abril de 2009.
  7. SRZD - FutRio (25 de novembro de 2008). Novidades no Cariocão de 2009 (em português). Página visitada em 20 de abril de 2009.
  8. O Globo (1 de março de 2009). Americano leva o Troféu Moisés Mathias de Andrade (em português). Página visitada em 20 de abril de 2009.
  9. GloboEsporte.com (19 de abril de 2009). Friburguense vence o Tigres nos pênaltis e fica com a Taça João Ellis Filho (em português). Página visitada em 20 de abril de 2009.
  10. Lance!net (31 de março de 2009). Mesquita perde e está rebaixado no Carioca (em português). Página visitada em 20 de abril de 2009.
  11. a b c d e f g Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ) (18 de novembro de 2008). Regulamento do Campeonato estadual da primeira divisão de profissionais do Rio de Janeiro – Campeonato Carioca 2009 (em português). Página visitada em 31 de janeiro de 2009.
  12. a b GloboEsporte.com; Fred Huber (22 de abril de 2009). TJD dá ganho de causa ao Voltaço e rebaixa o Cabofriense no Carioca (em português). Página visitada em 22 de abril de 2009.
  13. Campeonato Carioca continua com a Globo (em português) (12/04/2007). Página visitada em 21 de julho de 2010.
  14. Jogos entre "pequenos" terão transmissão por Pay-Per-View (em português). Página visitada em 21 de julho de 2010.
  15. Campeonato Carioca na Band (em português) Esporte em mídia. Página visitada em 21 de julho de 2010.
  16. a b Ferj anuncia os grupos do Campeonato Carioca 2009 (em português) (18/11/2008). Página visitada em 21 de julho de 2010.
  17. Arbitral define tabela e regulamento do Campeonato Carioca de 2009 (em português) (18/11/2008). Página visitada em 21 de julho de 2010.
  18. a b GloboEsporte.com; João Gabriel Rodrigues (17 de fevereiro de 2009). TJD mantém punição ao Vasco, e assessor jurídico diz que vai recorrer (em português). Página visitada em 18 de fevereiro de 2009.
  19. O Globo (26 de fevereiro de 2009). Vasco desiste de recurso no STJD para recuperar pontos perdidos (em português). Página visitada em 10 de março de 2009.
  20. GloboEsporte.com; Eduardo Peixoto (7 de fevereiro de 2009). Zé Roberto faz no fim, e Fla está classificado para as semifinais (em português). Página visitada em 11 de fevereiro de 2009.
  21. UOL Esporte (11 de fevereiro de 2009). Mesquita supera o Macaé e Bota se classifica à semi da Taça GB (em português). Página visitada em 12 de fevereiro de 2009.
  22. UOL Esporte (28 de março de 2009). De virada, Vasco bate o Volta Redonda e está nas semifinais da Taça Rio (em português). Página visitada em 29 de março de 2009.
  23. GloboEsporte.com (28 de março de 2009). Fluminense vence o Botafogo de virada e garante vaga nas semifinais da Taça Rio (em português). Página visitada em 29 de março de 2009.
  24. Jogos da Taça João Ellis Filho farão as preliminares das semifinais da Taça Rio (em português) (09/04/09). Página visitada em 21 de julho de 2010.
  25. SRZD - FutRio (2 de novembro de 2008). Americano herda vaga do Nova Iguaçu na Copa do Brasil (em português). Página visitada em 7 de março de 2009.
  26. GloboEsporte.com (31 de março de 2009). Mesquita perde para o Duque de Caxias e é o primeiro rebaixado no Carioca 2009 (em português). Página visitada em 1 de abril de 2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]