Campeonato Carioca de Futebol de 2014

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Campeonato Carioca de Futebol de 2014
Carioca 2014
Cariocão Garaviton 2014 logo.JPG
Logotipo oficial da competição.
Dados
Participantes 16
Organização FERJ
Período 18 de janeiro13 de abril
Gol(o)s 340
Jogos 126
Média 2,7 gol(o)s por partida
Campeão Flamengo (33º título)
Vice-campeão Vasco da Gama
Rebaixado(s) Audax Rio
Duque de Caxias
Melhor marcador Edmilson (Vasco da Gama) – 11 gols
Melhor ataque (fase inicial) Flamengo – 36 gols
Melhor defesa (fase inicial) Vasco da Gama – 11 gols
Maior goleada
(diferença)
Vasco da Gama 6–0 Friburguense
Estádio São JanuárioRio de Janeiro
26 de janeiro
Público 396 351[i]
Média 3 170,8 pessoas por partida
◄◄ Rio de Janeiro Carioca 2013 Soccerball.svg Carioca 2015 Rio de Janeiro ►►

O Campeonato Guaraviton Carioca de Futebol de 2014 (também conhecido como Cariocão Guaraviton 2014 por questões de patrocínio)[1] foi a 113ª edição da principal divisão do futebol no Rio de Janeiro. A disputa foi organizada pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ). Os quatro primeiros colocados disputarão a Copa do Brasil de 2015.

A particularidade desta edição foi a disputa de turno único. Foram três fases: fase classificatória (Taça Guanabara), semifinal e final. As equipes fizeram parte de um grupo único, jogando no sistema de todos contra todos em 15 rodadas, classificando-se para as semifinais as quatro primeiras colocadas.[2]

Somente na última rodada de classificação, os clubes rebaixados foram conhecidos: o Audax Rio ao ser derrotado por 1–0 pelo Macaé em Moça Bonita e o Duque de Caxias, goleado por 4–0 pelo Vasco da Gama em São Januário.[3]

O Flamengo conquistou o 33º título de sua história, após dois empates por 1–1, nas finais contra o rival Vasco da Gama. Pela melhor campanha na Taça Guanabara, a equipe possuía essa vantagem.[4] [5]

Critérios de desempate[editar | editar código-fonte]

Para o desempate entre duas ou mais equipes segue-se a ordem definida abaixo:[2]

  1. Número de vitórias
  2. Saldo de gols
  3. Gols marcados
  4. Número de cartões amarelos e vermelhos
  5. Sorteio

Participantes[editar | editar código-fonte]

Equipe Cidade Em 2013 Estádio Capacidade[6] Títulos
Audax Rio Bandeira-saojoaodemeriti.JPG São João de Meriti Moça Bonita[c] 9 024 0 (não possui)
Bangu Rio de Janeiro Rio de Janeiro 11º Moça Bonita 9 024 2 (último em 1966)
Boavista Saquarema Saquarema Eucy Resende[b] 3 339 0 (não possui)
Bonsucesso Bandeira do Município do Rio de Janeiro.png Rio de Janeiro 2º (Série B) Leônidas da Silva 13 000 0 (não possui)
Botafogo Rio de Janeiro Rio de Janeiro Maracanã[a] 78 838 20 (último em 2013)
Cabofriense Cabo Frio Cabo Frio 1º (Série B) Correão 4 200 0 (não possui)
Duque de Caxias Duque de Caxias Duque de Caxias 13º Marrentão 4 000 0 (não possui)
Flamengo Rio de Janeiro Rio de Janeiro Maracanã 78 838 32 (último em 2011)
Fluminense Rio de Janeiro Rio de Janeiro Maracanã 78 838 31 (último em 2012)
Friburguense Nova Friburgo Nova Friburgo Eduardo Guinle 6 550 0 (não possui)
Macaé Macaé Macaé 12º Moacyrzão 15 000 0 (não possui)
Madureira Rio de Janeiro Rio de Janeiro Conselheiro Galvão 5 062 0 (não possui)
Nova Iguaçu Nova Iguaçu Nova Iguaçu 14º Laranjão 3 500 0 (não possui)
Resende Resende Resende Trabalhador[b] 4 600 0 (não possui)
Vasco da Gama Rio de Janeiro Rio de Janeiro São Januário 24 585 22 (último em 2003)
Volta Redonda Volta Redonda Volta Redonda 10º Raulino de Oliveira 20 255 0 (não possui)
  • a. ^ Como o Engenhão está interditado para obra, o Botafogo mandará seus jogos no Maracanã
  • b. ^ Não estão aptos a receber partidas envolvendo Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco da Gama
  • c. ^ O Audax Rio manda seus jogos em Moça Bonita, pois o seu estádio, Arthur Sendas, encontra-se inapto a receber as partidas

Sorteio[editar | editar código-fonte]

O sorteio da tabela do Campeonato foi realizado em 12 de novembro de 2013 na sede da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ).[7]

Fase de grupos (Taça Guanabara)[editar | editar código-fonte]

Confrontos[editar | editar código-fonte]

Para ler a tabela, a linha horizontal representa os jogos da equipe como mandante. A coluna vertical indica os jogos da equipe como visitante.

  AUD BAN BVT BON BOT CAB DCA FLA FLU FRI MAC MAD NIG RES VAS VRE
Audax Rio 2–1 3–5 2–2 2–0 0–1 0–0 0–4 0–0
Bangu 0–0 2–1 0–1 0–2 1–1 1–2 0–2
Boavista 1–0 2–1 1–0 4–1 2–5 2–1 1–0 1–0
Bonsucesso 0–1 0–0 0–2 3–0 0–2 1–1 0–0
Botafogo 0–0 2–0 0–2 0–1 0–2 2–1 1–1 1–1
Cabofriense 3–2 1–0 2–1 2–1 1–1 3–2 1–0
Duque de Caxias 1–0 1–1 1–2 2–2 0–1 0–3 0–2
Flamengo 1–0 2–2 5–3 2–2 0–3 5–2 2–0 2–1
Fluminense 3–1 4–1 1–1 0–3 5–1 1–0 1–1 3–1
Friburguense 3–0 1–2 2–1 1–1 0–2 1–0 1–0
Macaé 0–0 4–1 0–1 2–2 0–0 1–1 0–1
Madureira 3–0 1–2 2–1 3–2 2–2 0–4 0–1 1–3
Nova Iguaçu 3–3 3–0 2–0 0–0 1–0 1–3 2–2 1–1
Resende 2–2 3–3 1–1 1–3 0–3 3–2 2–2 6–2
Vasco da Gama 1–1 1–1 1–0 1–2 4–0 1–2 6–0 2–0
Volta Redonda 1–2 1–1 0–1 1–1 1–0 3–1 1–2
     Vitória do mandante
     Vitória do visitante
     Empate
Em negrito, os jogos "clássicos" (entre os quatro "grandes" clubes, conforme o regulamento - art. 8º § 3º)

Classificação[editar | editar código-fonte]

Zona de classificação para a fase final
Zona de desclassificação
Classificação
Pos Equipe PG J V E D GP GS SG
1 Flamengo 38 15 12 2 1 36 16 +20
2 Fluminense 31 15 9 4 2 31 16 +15
3 Vasco da Gama 29 15 8 5 2 31 11 +20
4 Cabofriense 25 15 7 4 4 21 20 +1
5 Boavista 25 15 7 4 4 20 21 -1
6 Friburguense 22 15 6 4 5 18 24 -6
7 Macaé 19 15 5 4 6 22 20 +2
8 Nova Iguaçu 19 15 4 7 4 20 19 +1
9 Botafogo 17 15 4 5 6 16 17 -1
10 Bangu 17 15 4 5 6 15 19 -4
11 Volta Redonda 17 15 4 5 6 15 19 -4
12 Madureira 15 15 4 3 8 19 24 -5
13 Bonsucesso 15 15 3 6 6 15 18 -3
14 Resende 15 15 3 6 6 20 24 -4
15 Audax Rio 11 15 2 5 8 13 27 -14
16 Duque de Caxias 9 15 2 3 10 14 31 -17

Desempenho por rodada[editar | editar código-fonte]

Clubes que lideraram o campeonato ao final de cada rodada:

Rodadas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15
CAB FLA CAB FLA FLU FLA

Clubes que ficaram na última posição do campeonato ao final de cada rodada:

Rodadas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15
DCA VOL AUD DCA BON AUD DCA

Premiação[editar | editar código-fonte]

Taça Guanabara de 2014
Município do Rio de Janeiro
FLAMENGO
Campeão
(20º título)

Torneio Super Clássicos[editar | editar código-fonte]

O Torneio Super Clássicos foi disputado entre os quatro grandes clubes do Campeonato e contabilizadas apenas as partidas entre eles durante a Taça Guanabara e excluindo-se, caso ocorram, as partidas semifinais e finais.[2]

Classificação
Pos Time PG J V E D GP GS SG
1 Flamengo 6 3 2 0 1 4 4 0
2 Fluminense 4 3 1 1 1 4 4 0
3 Vasco da Gama 4 3 1 1 1 3 3 0
4 Botafogo 3 3 1 0 2 3 3 0

Premiação[editar | editar código-fonte]

Torneio Super Clássicos
Município do Rio de Janeiro
FLAMENGO
Bicampeão
(2º título)

Taça Rio[editar | editar código-fonte]

A Taça Rio foi disputada entre as demais equipes e contabilizadas as partidas que não envolvam a participação dos quatro grandes clubes do Campeonato durante o turno único e excluindo-se, caso ocorressem, as partidas semifinais e finais do turno.[2] A classificação final:[8]

Classificação
Pos Time PG J V E D GP GS SG
1 Boavista 21 11 6 3 2 14 10 +4
2 Friburguense 19 11 5 4 2 16 11 +5
3 Cabofriense 18 11 5 3 3 13 12 +1
4 Nova Iguaçu 17 11 4 5 2 16 12 +4
5 Volta Redonda 16 11 4 4 3 12 12 0
6 Macaé 15 11 4 3 4 15 13 +2
7 Bangu 15 11 4 3 4 13 13 0
8 Resende 14 11 3 5 3 19 17 +2
9 Bonsucesso 13 11 3 4 4 13 12 +1
10 Madureira 12 11 3 3 5 14 15 -1
11 Audax Rio 10 11 2 4 5 10 17 -7
12 Duque de Caxias 7 11 2 1 8 9 21 -12

Premiação[editar | editar código-fonte]

Taça Rio
Saquarema.
BOAVISTA
Campeão
(1º título)

Fase final[editar | editar código-fonte]

Em itálico, as equipes que jogarão pelo empate, por ter melhor campanha na fase de grupos (1º e 2º colocados).[2]

  Semifinais Final
                     
 Flamengo 3 3 6  
 Cabofriense 0 1 1  
   Flamengo 1 1 2
   Vasco da Gama 1 1 2
 Fluminense 1 0 1
 Vasco da Gama 1 1 2

Semifinal[editar | editar código-fonte]

Final[editar | editar código-fonte]

Partida de ida
6 de abril Vasco da Gama 1 – 1 Flamengo Maracanã, Rio de Janeiro
16:00
Rodrigo Gol marcado aos 11 minutos de jogo 11' Súmula Paulinho Gol marcado aos 60 minutos de jogo 60' Público: 26 242
Árbitro: Rio de JaneiroRJ Rodrigo Nunes de Sá
Partida de volta
13 de abril Flamengo 1 – 1 Vasco da Gama Maracanã, Rio de Janeiro
16:00
Nixon[NO] Gol marcado aos 90+1 minutos de jogo 90+1' Súmula Douglas Gol marcado aos 75 minutos de jogo 75' (pen) Público: 49 139
Árbitro: Rio de JaneiroRJ Marcelo de Lima Henrique
NO. ^ Após a partida, a Comissão de Arbitragem (COAF) informou, em nota oficial, que o gol foi marcado por Márcio Araújo em posição de impedimento, porém, na súmula, o gol foi atribuído ao jogador Nixon.[9]

Premiação[editar | editar código-fonte]

Campeonato Carioca de Futebol de 2014
Município do Rio de Janeiro
FLAMENGO
Campeão
(33º título)

Artilharia[editar | editar código-fonte]

Gols Jogador Time
11 Brasil Edmilson Vasco da Gama
10 Brasil Alecsandro Flamengo
8 Brasil Carlinhos Madureira
6 Brasil João Carlos Madureira
Brasil Walter Fluminense
5 Brasil Erick Foca Nova Iguaçu
Brasil Fabrício Carvalho Cabofriense
Brasil Fred Fluminense
Brasil Hernane Flamengo
Brasil Wagner Fluminense
Brasil Waldir Macaé
Gols Jogador Time
4 Brasil André Luís Boavista
Brasil Clebson Monga Resende
Argentina Conca Fluminense
Brasil Dieguinho Nova Iguaçu
Brasil Éberson Cabofriense
Brasil Gabriel Flamengo
Brasil Henrique Botafogo
Brasil Marcel Resende
Brasil Thalles Vasco da Gama
Brasil Rodrigues Duque de Caxias
Brasil Zambi Nova Iguaçu
Brasil Ziquinha Friburguense

Fonte: [10]

Maiores públicos[editar | editar código-fonte]

Esses são os maiores públicos do Campeonato:[11]

Público[i] Mandante Placar Visitante Estádio Data Etapa Rodada
1 42 697 Flamengo 1–1 Vasco da Gama Maracanã 13 de abril Final Volta
2 20 844 Vasco da Gama 1–1 Flamengo Maracanã 6 de abril Final Ida
3 15 925 Fluminense 0–1 Vasco da Gama Maracanã 30 de março Semifinal Volta
4 15 357 Fluminense 1–1 Bonsucesso Maracanã 23 de janeiro Taça Guanabara
5 13 686 Fluminense 1–1 Vasco da Gama Maracanã 16 de março Taça Guanabara 14ª
6 13 596 Flamengo 0–3 Fluminense Maracanã 8 de fevereiro Taça Guanabara
7 13 582 Fluminense 4–1 Boavista Maracanã 15 de fevereiro Taça Guanabara
8 13 298 Fluminense 0–3 Botafogo Maracanã 23 de fevereiro Taça Guanabara 10ª
9 13 245 Vasco da Gama 1–2 Flamengo Maracanã 16 de fevereiro Taça Guanabara
10 10 780 Flamengo 2–1 Nova Iguaçu Maracanã 1 de março Taça Guanabara 11ª
  • i. ^ Considera-se apenas o público pagante

Menores públicos[editar | editar código-fonte]

Esses são os menores públicos do Campeonato:[11]

Público[i] Mandante Placar Visitante Estádio Data Etapa Rodada
1 150 Boavista 1–0 Madureira Eucy Resende 21 de janeiro Taça Guanabara
Boavista 1–0 Cabofriense Eucy Resende 30 de janeiro Taça Guanabara
3 239 Audax Rio 2–1 Boavista Moça Bonita 20 de fevereiro Taça Guanabara
Volta Redonda 1–1 Cabofriense Raulino de Oliveira 6 de março Taça Guanabara 12ª
5 240 Audax Rio 0–0 Volta Redonda Los Larios 9 de fevereiro Taça Guanabara
6 249 Resende 1–3 Duque de Caxias Trabalhador 19 de fevereiro Taça Guanabara
7 252 Audax Rio 3–5 Bonsucesso Moça Bonita 26 de fevereiro Taça Guanabara 11ª
Resende 3–2 Macaé Trabalhador 8 de março Taça Guanabara 13ª
9 253 Bonsucesso 1–1 Resende Teixeira de Castro 9 de fevereiro Taça Guanabara
10 254 Audax Rio 0–1 Macaé Moça Bonita 23 de março Taça Guanabara 15ª
  • i. ^ Considera-se apenas o público pagante

Mudança de técnicos[editar | editar código-fonte]

Clube Antecessor Motivo Data Última partida Rod. Pos. Sucessor Ref.
Duque de Caxias Brasil César Diniz Demitido 24 de janeiro Duque de Caxias 0–1 Friburguense 16° Brasil Sérgio Farias [12] [13]
Volta Redonda Brasil Tarcísio Pugliese Contratado pelo Icasa 26 de janeiro Resende 6–2 Volta Redonda 15° Brasil Toninho Andrade [14] [15]
Macaé Brasil Paulo Henrique Filho Demitido 6 de fevereiro Macaé 2–2 Friburguense Brasil Josué Teixeira [16] [17]
Bangu Brasil Mazolinha Demitido 10 de fevereiro Bangu 0–2 Macaé 13° Brasil Mário Marques [18] [19]
Audax Rio Brasil Válber Demitido 11 de fevereiro Audax Rio 0–0 Volta Redonda 15° Brasil Lopes Júnior [20]
Bonsucesso Brasil Ricardo Barreto Resignado 16 de fevereiro Bonsucesso 0–1 Bangu 14° Brasil Alfredo Sampaio [21]
Resende Brasil Paulo Campos Demitido 20 de fevereiro Resende 1–3 Duque de Caxias 13° Brasil Ailton Ferraz [22]
Nova Iguaçu Brasil Edson Souza Demitido 17 de março Volta Redonda 3–1 Nova Iguaçu 14ª Brasil Carlos Vitor (interino) [23]
Duque de Caxias Brasil Sérgio Farias Resignado 18 de março Macaé 4–1 Duque de Caxias 14ª 16° Brasil Mário Junior (interino) [24]

Médias de público[editar | editar código-fonte]

Estas são as médias de público dos clubes no Campeonato. Considera-se apenas os jogos da equipe como mandante e o público pagante:[25]

  1. Flamengo – 10 375
  2. Fluminense – 9 654
  3. Vasco da Gama – 8 007
  4. Botafogo – 2 306
  1. Macaé – 1 353
  2. Cabofriense – 1 082
  3. Friburguense – 974
  4. Nova Iguaçu – 870
  1. Volta Redonda – 823
  2. Bangu – 683
  3. Madureira – 652
  4. Resende – 632
  1. Duque de Caxias – 576
  2. Audax Rio – 546
  3. Bonsucesso – 473
  4. Boavista – 451

Classificação geral[editar | editar código-fonte]

Para a definição da classificação geral, excluem-se os pontos obtidos nas fases semifinal e final do turno único. Ao final do campeonato, o campeão e o vice-campeão ocuparão a primeira e segunda colocações independente do número de pontos. O 3º e 4º serão os outros dois semifinalistas, sendo a posição entre eles definidas pela classificação na fase de grupos. Caso duas ou mais equipes empatem nas posições finais em número de pontos, serão disputadas partidas extras, em campo neutro, de ida e volta, para definição dos rebaixados.[2]

Classificados para a Copa do Brasil 2015
Classificado para a Copa do Brasil 2015 e para o Brasileirão 2014 - Série D
Rebaixados para a Segunda Divisão de 2015
Classificação
Pos Times Pts J V E D GP GC SG
1 Flamengo[B.A][FI] 38 15 12 2 1 36 16 +20
2 Vasco da Gama[B.B][FI] 29 15 8 5 2 31 11 +20
3 Fluminense[B.A] 31 15 9 4 2 31 16 +15
4 Cabofriense 25 15 7 4 4 21 20 +1
5 Boavista[B.D] 25 15 7 4 4 20 21 -1
6 Friburguense 22 15 6 4 5 18 24 -6
7 Macaé[B.C] 19 15 5 4 6 22 20 +2
8 Nova Iguaçu 19 15 4 7 4 20 19 +1
9 Botafogo[B.A] 17 15 4 5 6 16 17 -1
10 Bangu 17 15 4 5 6 15 19 -4
11 Volta Redonda 17 15 4 5 6 15 19 -4
12 Madureira[B.C] 15 15 4 3 8 19 24 -5
13 Bonsucesso 15 15 3 6 6 15 18 -3
14 Resende 15 15 3 6 6 20 24 -4
15 Audax Rio 11 15 2 5 8 13 27 -14
16 Duque de Caxias[B.C] 9 15 2 3 10 14 31 -17

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Empresa de bebidas compra naming rights do Campeonato Carioca-2014 Lancenet.
  2. a b c d e f g Regulamento do Campeonato Estadual da Série A de Profissionais do Rio de Janeiro para 2014 e 2015 (em português) FERJ (7 de outubro de 2013). Página visitada em 15 de novembro de 2013.
  3. Duque de Caxias e Audax Rio são rebaixados para a Série B do Carioca (em português) GloboEsporte.com (23 de março de 2014). Página visitada em 25 de março de 2014.
  4. Um tempo do Vasco, outro do Fla: Primeiro ato da final fica no 1 a 1 (em português) GloboEsporte.com (6 de abril de 2014). Página visitada em 13 de abril de 2014.
  5. Flamengo faz gol irregular no fim, empata com o Vasco e é campeão (em português) GloboEsporte.com (13 de abril de 2014). Página visitada em 13 de abril de 2014.
  6. Cadastro Nacional de Estádios de Futebol (CNEF) (em português) Confederação Brasileira de Futebol (CBF) (15 de setembro de 2009). Página visitada em 14 de dezembro de 2011.
  7. Sorteada a tabela do Campeonato Carioca 2014 (em português) FERJ (12 de novembro de 2013). Página visitada em 15 de novembro de 2013.
  8. Taça Rio 2014 (em português) FERJ. Página visitada em 25 de março de 2014.
  9. Nota Oficial (em português) FERJ (14 de abril de 2014). Página visitada em 18 de abril de 2014.
  10. Artilharia (em português) FERJ (7 de abril de 2014). Página visitada em 9 de abril de 2014.
  11. a b Médias de público atualizadas a cada rodada (em português) GloboEsporte.com. Página visitada em 5 de março de 2014.
  12. Carioca: Sem pontuar, Duque de Caxias demite César Diniz FutebolInterior.com.br (24 de janeiro de 2014). Página visitada em 14 de março de 2014.
  13. DUQUE DE CAXIAS CONTRATA O TÉCNICO SÉRGIO FARIAS Site Oficial do Duque de Caxias (12 de fevereiro de 2014). Página visitada em 14 de março de 2014.
  14. Carioca: Tarcísio Pugliese deixa o Volta Redonda e acerta com Icasa FutebolInterior.com.br (26 de janeiro de 2014). Página visitada em 14 de março de 2014.
  15. Toninho Andrade vibra com vitória em pouco tempo no comando do Voltaço GloboEsporte.com (30 de janeiro de 2014). Página visitada em 14 de março de 2014.
  16. Diretoria do Macaé demite o técnico Paulo Henrique Filho Lancenet.com.br (6 de fevereiro de 2014). Página visitada em 14 de março de 2014.
  17. Josué Teixeira é o novo treinador do Macaé O Globo (7 de fevereiro de 2014). Página visitada em 14 de março de 2014.
  18. Mazolinha não é mais técnico do Bangu Terra Esportes (10 de fevereiro de 2014). Página visitada em 14 de março de 2014.
  19. Mário Marques é o novo técnico do Bangu O Dia (11 de fevereiro de 2014). Página visitada em 14 de março de 2014.
  20. Audax-RJ demite Válber e já anuncia novo técnico: Lopes Júnior Terra Esportes (12 de fevereiro de 2014). Página visitada em 14 de março de 2014.
  21. Ricardo Barreto pede demissão do Bonsucesso; Alfredo Sampaio assume GloboEsporte.com (17 de fevereiro de 2014). Página visitada em 14 de março de 2014.
  22. Paulo Campos é demitido e Resende já anuncia novo comandante GloboEsporte.com (20 de fevereiro de 2014). Página visitada em 14 de março de 2014.
  23. Após derrota para o Voltaço, Edson Souza é demitido pelo Nova Iguaçu Terra Esportes (17 de março de 2014). Página visitada em 21 de março de 2014.
  24. Sergio Farias joga a toalha e pede demissão do Duque de Caxias GloboEsporte.com (19 de março de 2014). Página visitada em 21 de março de 2014.
  25. Médias de público atualizadas a cada rodada (em português) GloboEsporte.com. Página visitada em 13 de abril de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]