Campos do Jordão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Campos do Jordão
"Suíça Brasileira"
Bairro Vila Capivari, centro turístico de Campos do Jordão, visto do Morro do Elefante

Bairro Vila Capivari, centro turístico de Campos do Jordão, visto do Morro do Elefante
Bandeira de Campos do Jordão
Brasão de Campos do Jordão
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 29 de abril de 1874 (140 anos)
Gentílico jordanense
Prefeito(a) Frederico Guidoni (PSDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Campos do Jordão
Localização de Campos do Jordão em São Paulo
Campos do Jordão está localizado em: Brasil
Campos do Jordão
Localização de Campos do Jordão no Brasil
22° 44' 20" S 45° 35' 27" O22° 44' 20" S 45° 35' 27" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Vale do Paraíba Paulista IBGE/2008[1]
Microrregião Campos do Jordão IBGE/2008[1]
Região metropolitana Vale do Paraíba e Litoral Norte
Municípios limítrofes Piranguçu (MG), Wenceslau Braz (MG), Guaratinguetá, Pindamonhangaba, Santo Antônio do Pinhal e São Bento do Sapucaí
Distância até a capital 173 km[2]
Características geográficas
Área 290 055 km² [3]
População 47 824 hab. Censo IBGE/2010[4]
Densidade 60 65 hab,/km² hab./km²
Altitude 1628 m [5]
Clima tropical de altitude Cwb
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,749 alto PNUD/2010 [6]
PIB R$ 491 189,936 mil IBGE/2008[7]
PIB per capita R$ 10 601,53 IBGE/2008[7]
Página oficial

Campos do Jordão é um município brasileiro localizado no interior do estado de São Paulo, mais precisamente na Serra da Mantiqueira; faz parte da recém-criada Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte, sub-região 2 de Taubaté.

A cidade fica à altitude de 1.628 metros, sendo portanto, o mais alto município brasileiro, considerando a altitude da sede. Sua população estimada, em 2004, era de 47.903 habitantes. Dista 173 km da cidade de São Paulo[2] , 350 km do Rio de Janeiro e 500 km de Belo Horizonte. Sua principal via de acesso é a Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro.

Estância climática[editar | editar código-fonte]

Campos do Jordão é um dos quinze municípios paulistas considerados estâncias climáticas pelo estado, por cumprirem os pré-requisitos definidos por lei estadual. Tal nomeação garante a esses municípios uma verba maior por parte do Estado para a promoção do turismo regional. O município também adquire o direito de agregar junto a seu nome o título de estância climática, termo pelo qual passa a ser designado tanto pelo expediente municipal oficial quanto pelas referências estaduais.

Campos do Jordão é chamada de "Suíça Brasileira", como estratégia de marketing, pela sua arquitetura tardia baseada em construções europeias e pelo seu clima mais frio que a média brasileira. Por isso, a cidade recebe maior quantidade de turistas durante a estação do inverno, especialmente no mês de julho.

Fundação[editar | editar código-fonte]

Pórtico da cidade

Os primeiros habitantes conhecidos da região foram índios pertencentes a várias etnias: puris, caetés, guarulhos e cataguás. A partir do século XVI, a região começou a ser percorrida por desbravadores de origem portuguesa, como Martim Corrêa de Sá, Gaspar Vaz da Cunha e Inácio Caetano Vieira de Carvalho. A família deste último vendeu suas terras na região para Manuel Rodrigues do Jordão, cujo sobrenome veio a conferir à região seu nome atual. As terras de Jordão foram loteadas e vendidas na segunda metade do século XIX. Em 29 de abril de 1874, Mateus da Costa Pinto adquiriu alguns lotes à beira do Rio Imbiri. Esta data passou a ser considerada a data oficial de fundação do município[8] .

A partir do final do século XIX, a região adquiriu a fama de ser um local indicado para o tratamento de doenças do pulmão, devido a seu excelente clima. Nas décadas de 1920 e 1930, começaram a ser construídos os primeiros sanatórios, dedicados ao tratamento de doenças pulmonares. Em 1934, Campos do Jordão separou-se de São Bento do Sapucaí para constituir município autônomo. A partir da década de 1950, o avanço da medicina fez com que a tuberculose deixasse de ser uma doença tão perigosa. Com isso, a cidade passou a desenvolver o turismo[9] . Atualmente, é um dos principais destinos de inverno do Brasil.

Geografia[editar | editar código-fonte]

É o município com a sede administrativa mais elevada do país, atingindo 1 628 metros acima do nível do mar, onde está localizada a prefeitura da cidade, e que pode variar para mais de 2 000 metros nos arredores do município. Está localizado no maciço da Serra da Mantiqueira, uma das mais elevadas cadeias de montanhas do Brasil. Possui uma área de 289,5 km². É constantemente visitado por turistas de todo o Brasil e até mesmo do exterior, que vão à localidade para gozar do clima de inverno.

Clima[editar | editar código-fonte]

Maiores acumulados de chuva
registrados em 24 horas em
Campos do Jordão por meses
Mês Acumulado Data
Janeiro 121,1 mm 24/01/1964
Fevereiro 96,3 mm 06/02/1963
Março 146,7 mm 10/03/1965
Abril 90,6 mm 29/04/1965
Maio 108,4 mm 25/05/2005
Junho 71 mm 09/06/1978
Julho 74,4 mm 25/07/2007
Agosto 60,6 mm 20/08/1965
Setembro 75,4 mm 06/09/1983
Outubro 129,5 mm 14/10/1995
Novembro 102,8 mm 20/11/1971
Dezembro 111,4 mm 24/12/1971
Fonte: Rede de dados do INMET.
Período: 1961 a 2013.[10]

O clima de Campos do Jordão é classificado como oceânico ou temperado marítimo (do tipo Cfb/Cwb na classificação climática de Köppen-Geiger), com verões amenos e temperaturas médias inferiores a 22 ºC, mesmo no mês mais quente, e superiores a 10 ºC em pelo menos quatro meses do ano.[11] A precipitação média anual é de aproximadamente 1 850 milímetros anuais, sendo janeiro o mês mais chuvoso (306 mm) e julho o mais seco (42 mm), e ao mesmo tempo o mais frio (9,5 ºC). O mês mais quente do ano é fevereiro, com temperatura média de 17,5 ºC. A temperatura média anual é de 14,3 ºC.[12] [13] A umidade do ar é relativamente alta, com médias entre de 76 % e 88 %.[14] Apesar de situada em altitude elevada, a ocorrência de neve em Campos do Jordão é rara, tendo sido registrada em anos como 1928, 1942, 1947 e 1966.[15]

Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), referentes ao período entre 1961 e 2013, a maior temperatura já registrada em Campos do Jordão foi de 30,5 ºC em 17 de setembro de 1961, e a menor de -7,2 ºC em 6 de junho de 1988, porém há registros anteriores de temperatura ainda menores, como de -7,4 ºC em 26 de junho de 1918, -8 ºC em 25 de julho de 1923[16] e -8,7 ºC em julho de 1926.[17] Os maiores acumulados de chuva registrados em 24 horas foram de 146,7 milímetros em 10 de março de 1965, 129,5 milímetros em 14 de outubro de 1995, 121,1 milímetros em 24 de janeiro de 1964, 118,2 milímetros em 8 de março de 1966, 111,4 milímetros em 24 de dezembro de 1971, 108,4 milímetros em 25 de maio de 2005, 106,4 milímetros em 14 de dezembro de 1971, 104,2 milímetros em 2 de dezembro de 1963, 102,8 milímetros em 20 de novembro de 1971 e 101,2 milímetros em 22 de dezembro de 1966.[10] O maior volume de chuva registrado em um mês foi de 606,6 milímetros em dezembro de 1971.[18]

Nuvola apps kweather.svg Dados climatológicos para Campos do Jordão Weather-rain-thunderstorm.svg
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima registrada (°C) 29 28,6 29 27 24,5 23,4 24,4 28,2 30,5 30 28,6 28,2 30,5
Temperatura máxima média (°C) 22,8 23,1 22,7 21,1 19 18 17,9 19,8 21 21,2 21,7 21,7 20,8
Temperatura média (°C) 17,3 17,5 16,7 14,7 11,9 10,1 9,5 11,3 13,4 14,9 15,9 16,6 14,2
Temperatura mínima média (°C) 12,8 12,9 11,7 9,2 5,6 4 3 4,2 6,9 9,5 10,8 12,3 8,6
Temperatura mínima registrada (°C) 5 4,2 2,6 -2,6 -6,2 -7,2 -6 -5,5 -2,5 0,7 0,3 1,8 -7,2
Chuva (mm) 306,1 265,6 193,5 98,9 79,3 51,4 42,1 58,5 91,6 159,3 205,9 300,1 1 852,5
Dias com chuva 19 17 14 9 7 5 4 4 7 12 14 20 132
Umidade relativa (%) 87 84 83 85 88 84 77 76 76 81 86 87 82,8
Horas de sol 135,3 118,2 150,9 167,2 181,8 176,7 203,7 199,2 160,6 147,3 136,4 117 1 894,3
Fonte: Instituto Nacional de Meteorologia (médias climatológicas de 1961 a 1990;[13] [19] [20] [12] [21] [22] [14] recordes de temperatura de 1961 a 2013).[23] [24]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Bairro Vila Capivari, centro turístico de Campos do Jordão, visto do Morro do Elefante

População total: 44 252

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,820

  • IDH-M Renda: 0,763
  • IDH-M Longevidade: 0,846
  • IDH-M Educação: 0,851

(Fonte: IPEADATA)

Etnias[editar | editar código-fonte]

Cor/Raça Percentagem
Branca 83,9%
Negra 2,3%
Parda 12,2%
Amarela 0,5%

Fonte: Censo 2000

Ensino superior[editar | editar código-fonte]

Cultura[editar | editar código-fonte]

Centro de Capivari.

Campos do Jordão realiza anualmente um importante festival internacional de música erudita. Em setembro, realiza o Festival da Viola. Campos do Jordão abriga o Palácio Boa Vista, detentor de um amplo acervo de arte nacional do período colonial e do modernismo, aberto à visitação pública. Também possui o Museu Casa da Xilogravura - o maior em seu tipo existente no país - e o Museu Felícia Leirner, com esculturas a céu aberto. Junto à fábrica do Chocolate Araucária, pode-se conhecer um pouco do processo de produção do chocolate e visitar o Museu do Chocolate.[25]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. a b Distâncias entre a cidade de São Paulo e todas as cidades do interior paulista. Visitado em 24 de janeiro de 2011.
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  4. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  5. Embrapa. São Paulo. Visitado em 17 de julho de 2011.
  6. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Visitado em 31 de julho de 2013.
  7. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
  8. SVEVO, C. e NEDOPETALSKI, S. O Toriba na cultura de Campos do Jordão. Disponível em http://www.toriba.com.br/imprensa/O_Toriba.pdf. Acesso em 16 de janeiro de 2013.
  9. SVEVO, C. e NEDOPETALSKI, S. O Toriba na cultura de Campos do Jordão. Disponível em http://www.toriba.com.br/imprensa/O_Toriba.pdf. Acesso em 16 de janeiro de 2013.
  10. a b Série Histórica de Dados - Precipitação (mm) - Campos do Jordão Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 1º de maio de 2014.
  11. MIRANDA, Marina J. de. et al.. A CLASSIFICAÇÃO CLIMÁTICA DE KOEPPEN PARA O ESTADO DE SÃO PAULO. Centro de Pesquisas Meteorológicas e Aplicadas à Agricultura (CEPAGRI). Visitado em 27 de abril de 2014. Cópia arquivada em 11 de fevereiro de 2014.
  12. a b Precipitação Acumulada Mensal e Anual (mm) Instituto Nacional de Meteorologia (1961-1990). Visitado em 18 de junho de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  13. a b Temperatura Média Compensada (°C) Instituto Nacional de Meteorologia (1961-1990). Visitado em 18 de junho de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  14. a b Umidade Relativa do Ar Média Compensada (%) Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 18 de junho de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  15. Marcelo Bartolomei (21 de julho de 2000). Meteorologistas divergem sobre possibilidade de neve em Campos do Jordão (em português) Folha Online. Visitado em 31 de Março de 2010.
  16. Edmundo Ferreira da Rocha (29 de junho de 2009). Inverno em Campos do Jordão Campos do Jordão Cultura. Visitado em 15 de dezembro de 2012. Cópia arquivada em 15 de dezembro de 2012.
  17. Meteorologia e Clima (17 de setembro de 2010). Temperatura de 8,7 graus abaixo de zero em Campos do Jordão no ano de 1926. Visitado em 15 de dezembro de 2012.
  18. Série Histórica - Dados Mensais - Precipitação Total (mm) - Campos do Jordão Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 1º de maio de 2014.
  19. Temperatura Máxima (°C) Instituto Nacional de Meteorologia (1961-1990). Visitado em 18 de junho de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  20. Temperatura Mínima (°C) Instituto Nacional de Meteorologia (1961-1990). Visitado em 18 de junho de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  21. Número de Dias com Precipitação Maior ou Igual a 1 mm (dias) Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 18 de junho de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  22. Insolação Total (horas) Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 18 de junho de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  23. Série Histórica - Dados Diários - Temperatura Mínima (ºC) - Campos do Jordão Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 1º de maio de 2014.
  24. Série Histórica - Dados Diários - Temperatura Máxima (ºC) - Campos do Jordão Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 1º de maio de 2014.
  25. Campos do Jordão, Roteiro de Passeios, Hotéis, Restaurantes, Passeios, Notícias www.camposdojordao.com.br. Visitado em 2010-03-19.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Wikivoyage Guia turístico no Wikivoyage