Canal medular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Canal medular.

O canal medular (também conhecido como canal vertebral, canal espinhal ou cavidade medular). Se localiza nos ossos na parte da Diáfase e é onde se encontra a medula óssea (popularmente conhecida como Tutano). Dentro das vértebras é onde passa a medula espinhal. Ele é um prolongamento da cavidade corporal humana dorsal e está encerrado dentro do forame intervertebral. Nos espaços intervertebrais, o canal é protegido posteriormente pelo ligamento amarelo e frontalmente pelo ligamento longitudinal posterior.

A camada mais externa das meninges, a dura-máter, divide o canal medular nas regiões epidural e subdural. O espaço subdural é preenchido com fluido cerebroespinal e contém as estruturas da medula espinhal envoltas por várias membranas adicionais. O espaço epidural contém tecido conjuntivo adiposo e frouxo e uma rede de grandes vasos sanguíneos de paredes finas, denominada plexo venoso epidural.

O canal medular foi descrito pela primeira vez por Jean Fernel.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Anatomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.