Canavial de Paixões

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto.
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Canavial de Paixões
México Cañaveral de pasiones
Logotipo da novela.
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 40 minutos aproximadamente
Criador(es) Caridad Bravo Adams
(obra original)
País de origem  Brasil
Idioma original (em português)
Produção
Produtor(es) Henrique Zambelli
Simoni Boer
Elenco Bianca Castanho
Gustavo Haddad
Thierry Figueira
Helena Fernandes
Jandir Ferrari
Oscar Magrini
Débora Duarte
Ana Cecília Costa
ver mais
Tema de abertura "Incêndio no Canavial", por Moacyr Franco
Exibição
Emissora de
televisão original
Brasil SBT
Transmissão original 13 de outubro de 2003 - 22 de março de 2004
Nº de episódios 116 (original)
105 (1ª reprise)
87 (2ª reprise)
96 (3ª reprise)

Canavial de Paixões foi uma telenovela brasileira produzida e exibida pelo SBT de 13 de outubro de 2003 a 22 de março de 2004,em 116 capítulos, substituindo Jamais Te Esquecerei e sendo substituída pela mexicana A Outra, às 20h30. Baseada no texto original de Caridad Bravo Adams, foi traduzida para o português por Henrique Zambelli e Simoni Boer, com supervisão de texto de Ecila Pedroso e direção geral de teledramaturgia de David Grimberg.

Apresentou Bianca Castanho, Gustavo Haddad, Thierry Figueira, Ana Cecília Costa, Jandir Ferrari, Débora Duarte, Helena Fernandes e Oscar Magrini nos papéis principais da trama.

Foi reapresentada no SBT em três ocasiões: a primeira entre 24 de outubro de 2005 á 17 de março de 2006 em 105 capítulos, substituindo a inédita A Madrasta. A segunda entre 17 de agosto a 26 de novembro de 2010, em 87 capítulos, substituindo a inédita Uma Rosa com Amor. A terceira vez foi entre 20 de agosto de 2012 a 8 de janeiro de 2013 , em 96 capítulos, substituindo Marisol e sendo substituída por Jamais Te Esquecerei.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A trama se passa em São Bento dos Canaviais, um pequeno povoado católico. A economia do lugar é baseada no plantio de cana e na produção de açúcar, em especial da fábrica do Grupo Usineiro Giácomo. São Bento dos Canaviais é uma cidade onde encontros e desencontros, intrigas e amores que ficaram marcados para sempre acontecerão. Clara Feberman é criança alegre, bonita e inteligente, que mora com seus pais o fazendeiro Fausto Santos e sua mãe Débora Feberman, e ainda sua tia a perversa Raquel, uma mulher invejosa que nutre uma paixão pelo cunhado Fausto. Clara mantém uma grande amizade com João de Deus, este é criado pelo padre, com Mirella a neta da curandeira Remédios, e com Paulo Giácomo, filho do poderoso Amador e da vingativa Teresa. Clara e Paulo sempre foram muito amigos e isto é motivo de ciumes a João de Deus, que na verdade é apaixonado pela amiga Clara e nem percebe que Mirella sua outra amiga é apaixonada por ele.

Mas esta grande amizade é ameaçada pela intriga e desconfiança. Teresa sempre acreditou que Débora e seu marido são amantes, só porque no passado Débora e Amador foram namorados, sendo que na verdade a verdadeira amante de Amador é Raquel. Paulo e Clara sofrem com as diferenças até que um dia são separados, Raquel e Amador decidem fugir. Porém sua irmã Débora descobre e na tentativa de impedir a fuga ela morre no acidente com Amador,o que faz todos da cidade inclusive Teresa e Fausto acreditar que os dois realmente eram amantes. Com ódio Teresa manda Paulo para São Paulo,para casa do cunhado Carlos,separando Clara de seu amado.Perversa, Raquel faz Fausto acreditar que Clara é na verdade filha de Amador, que cheio de dúvidas se afasta da filha, que só encontra apoio na fiel empregada doméstica Lurdes.

Raquel engravida de Amador fazendo Fausto acreditar que é seu filho e assim se casando, para tristeza de Clara, que passa a conviver ainda mas com as maldades da tia. Os anos se passam e Paulo decide retornar a sua cidade, ao retornar ele encontra-se com Clara e a chama do amor reacende novamente, mas desta vez há outro problema, Paulo está noivo da prima, a caprichosa Regina Almeida. O casamento de Fausto e Raquel torna-se um fracasso, e ainda Clara tem que suportar a indiferença do pai, que com os anos veio perdendo muito dinheiro estando quase a beira da falência. A volta de Paulo causa um grande tumulto ao pequeno povoado, já que João de Deus vê no amigo (que na verdade é seu irmão) um intruso para seu amor com Clara, o que desperta o ciúme de Mirella, melhor amiga de Clara. Paulo e Clara vão ter que lutar muito para serem felizes, já que Teresa e Regina se unem contra esta união, e para piorar Raquel mata Fausto e torna a vida da sobrinha um verdadeiro inferno.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Bianca Castanho interpretou Clara.
Oscar Magrini interpretou Agenor.
Patrícia Naves interpretou Margareth.
Victor Fasano interpretou Amador Giácomo.
Ator Personagem
Bianca Castanho Clara Feberman Santos Giácomo
Thierry Figueira João de Deus Giácomo
Gustavo Haddad Paulo Giácomo
Ana Cecília Costa Mirela Mello de Giacomo
Jandir Ferrari Fausto Santos
Helena Fernandes Raquel Feberman Santos
Débora Duarte Tereza Giácomo
Oscar Magrini Agenor Mello
Jonas Mello Padre Antônio
Wanda Stefânia Remédios Mello
Victor Fasano Amador Giácomo
Cláudia Ohana Débora Feberman Santos
Patrícia Mayo Amália Castro
Bruna Thedy Regina de Almeida
Sidney Sampaio Guilherme de Almeida
Patrícia Naves "Marga" Margareth
Marcelo Médici Osvaldo Dias
Analu Graci Hilda Belay
Gustavo Wabner Márcio Belay
Hélio Cícero Carlos de Almeida
Walter Cruz (ator) Dr. Alexandre Belay
Rosana Penna Carlota
Déo Garcez Vicente
Débora Gomez Denise Belay
Karina Dohme Clarice
Theresa Athayde Maria
José Steinberg Miguel Castro
Milton Levy Fábio
Paula Cohen Lourdes
Vinícius Vommaro Zé Manuel
Dionísio Corrêa Luis
Wagner Molina Eugênio
Rogério Garcia Abílio
Camilo Namour Luciano
Rayana Vidal Clara Feberman Santos (criança)
Giovanni Delgado Paulo Giácomo (criança)
Giovanni Former João de Deus (criança)
Bruna Guasco Mirela (criança)
Fyama Monteiro Rosinha

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado
2004 Troféu Imprensa Melhor Novela Henrique Zambelli e Simoni Boer Indicado

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Capa: Logotipo da Novela

Canavial de Paixões
Trilha sonora
Lançamento 2003


  1. "Incêndio no Canavial" - Moacyr Franco
  2. "Um Anjo Veio me Falar" - Rouge
  3. "Escolta de Vagalumes" - Sérgio Reis
  4. "Atrás da Porta" - Elis Regina
  5. "Cai a Noite" - Capital Inicial
  6. "João Valentão" - Vega
  7. "Sancristobal" - João Parahyba
  8. "Habanera da Esperança" - Irmãs Galvão
  9. "Morro Velho" - Fagner e Milton Nascimento
  10. "Toada" ("Na Direção do Dia") - Boca Livre
  11. "Pra ser Feliz" - Gustavo Lins
  12. "O cio da Terra" - Pena Branca e Xavantinho

Versões[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações internas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.