Cancro do útero

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cancro do útero
Câncer de endométrio
Classificação e recursos externos
CID-10 C53 C54 C55
CID-9 182.0
OMIM 608089
DiseasesDB 4252
MedlinePlus 000910
eMedicine med/674
Star of life caution.svg Aviso médico

Câncer do útero ou Cancro uterino é um tumor maligno dos tecidos do útero. O cancro do útero afecta principalmente dois locais - o colo do útero(cérvix uterino) e o endométrio (revestimento do útero).

Tipos[editar | editar código-fonte]

Causas[editar | editar código-fonte]

Geralmente ocorrem em mulheres que tiveram excesso de estrogênio no seu sistema reprodutor, especialmente se o nível de progesterona for mais baixo que o normal. Esse desequilíbrio hormonal favorece o endurecimento do útero e crescimento dos tumores.[2]

Fatores de risco[editar | editar código-fonte]

Os factores que podem elevar o nível de estrogênio incluem[3] :

  • Obesidade e dieta rica em gordura animal (40% dos casos),
  • Idade maior que 50 anos,
  • Não ter filhos,
  • Genética, inclusive de outros cânceres,
  • Brancas tem mais risco que negras,
  • Menarca antes dos 12 anos,
  • Administração prolongada de hormonas estrogênicas, não compensada por administração de progestogênicos,
  • Tamoxifeno, um medicamento para prevenir ou tratar o câncer de mama,
  • Outras doenças como Diabetes, Síndrome de Lynch e hiperplasia do endométrio
  • Radioterapia abdominal ou pélvica

Diferentemente do cancro cervical, que é raro em mulheres que não tenham tido relações sexuais, o cancro do endométrio pode afectar mulheres virgens e é mais comum nas que tenham tido poucos ou nenhum filho. A utilização de contraceptivos orais diminui para metade o risco de cancro do endométrio.

Sintomas e sinais[editar | editar código-fonte]

Os sintomas incluem[3] :

No entanto, várias outras situações podem também ser a causa deste tipo de hemorragias e dores, como endometriose.

Diagnóstico[editar | editar código-fonte]

O diagnóstico tem de ser feito a partir de uma amostra do revestimento uterino obtida por biópsia ou por dilatação e curetagem. O esfregaço cervical (Teste de Papanicolaou) é uma forma de rastreio eficaz do cancro do útero. Também pode ser identificado por ultrassom.[4]

Tratamento[editar | editar código-fonte]

Star of life caution.svg
Advertência: A Wikipédia não é consultório médico nem farmácia.
Se necessita de ajuda, consulte um profissional de saúde.
As informações aqui contidas não têm caráter de aconselhamento.

O cancro do endométrio em fase muito precoce é geralmente tratado através de histerectomia simples com ou sem remoção das trompas de Falópio e dos ovários. Alguns cirurgiões aconselham também a dissecação e [biópsia]] dos gânglios linfáticos da pelve e do abdômen. Dependendo do estágio também pode ser recomendada a radioterapia. Terapia hormonal para aumentar a progesterona e diminuir o estrogênio ajudam a reduzir o crescimento de células tumorais. Pode também ser utilizado tratamento com medicamentos antineoplásticos.[3]

No caso de detecção e tratamento precoces, a taxa de sobrevivência de cinco anos é superior a 80%. Deve-se seguir fazendo acompanhamentos regulares pois possuem chance de recorrência.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]