Canopo (Egito)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Peg-uat — Canopo
(Şân-Stele)
em hieroglifos é
Q3
W11
Aa18 U33 X1
O49

Canopo ou Canopus (língua grega antiga Κάνωβος do Antigo Egípcio Kah Nub, "chão d'ouro") é uma cidade portuária do Antigo Egipto situada na região oeste do Delta do Nilo[1] e ligada às cidades vizinhas como Heracleion, o porto aduaneiro, e provavelmente à Alexandria por canais. O nome "Kahnub" foi um apelido da cidade por sua abundância, originalmente chamada "peguat" (em hieróglifos):

Era situada em cercanias do porto moderno do Alexandria, 25 quilômetros do centro de aquela cidade e dois ou três quilômetros de Abukir. A cidade antiga cumpriu a função do porto principal egípcio até a fundação de Alexandria em século IV a.C. Suas ruínas estão localizadas em ilha sedimentar ocidental do delta, em desembocadura do braço localizado no extremo Oeste da formação fluvial, também chamado braço Canópico, Canóbico ou Hereaclótico, um dos sete braços antigos do Nilo (o Canópico, o Bolbitínico, o Sebenítico, o Bucólico ou o Fátnico, o Mendésico, o Tanítico (seco no século IX a.C.) e o Pelúsico (coberto com areia no século XII a.C.)).

Referências

  1. Encyclopædia Britannica: Canopus acessado em 7 de Julho de 2010


Ícone de esboço Este artigo sobre Egiptologia é um esboço relacionado ao Antigo Egito. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.