Capitães de Abril

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.


Capitães de Abril
 Portugal  França
 Espanha  Itália

2000 • cor • 123 min 
Realização Maria de Medeiros
Argumento Maria de Medeiros
Ève Deboise
Elenco Stefano Accorsi
Maria de Medeiros
Joaquim de Almeida
Frédéric Pierrot
Género drama / histórico
Idioma português
Lançamento 21 de Abril de 2000
Página no IMDb (em inglês)

Capitães de Abril é um filme realizado por Maria de Medeiros, em 2000. A sua estreia teve bastante sucesso e recebeu vários prémios nacionais e internacionais. A história é baseada no golpe de estado militar, que ocorreu em Portugal, a 25 de Abril de 1974.

Capitães de Abril é a primeira longa-metragem de Maria de Medeiros como realizadora. Ela presta deste modo homenagem a esses jovens soldados que resgataram a sua pátria desse tempo obscuro, destacando-se Salgueiro Maia.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Na noite do 24 para o 25 de Abril de 1974, a rádio emite uma canção proibida: "Grândola, Vila Morena". Poderia apenas ter sido a insubmissão de um jornalista rebelde mas, na realidade, é um dos sinais programados do golpe de estado militar que vai transformar completamente o país, sujeito à ditadura do Estado Novo durante várias décadas, e o destino das colónias portuguesas em África e em Timor Leste.

Ao som da voz do poeta e cantor José Afonso, as tropas insurgidas tomam os quartéis. Cerca das três horas da madrugada, marcham para Lisboa. Pouco depois do triste acontecimento militar no Chile, a Revolução dos Cravos distingue-se pelo carácter aventureiro, mas também pacífico e lírico do seu decorrer.

Estas 24 horas de revolução são vividas por três personagens principais: dois capitães e uma mulher que é professora de literatura e jornalista.

Prémios[editar | editar código-fonte]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • Maria de Medeiros tinha apenas 9 anos quando decorreu a Revolução dos Cravos, a 25 de Abril de 1974.(Maria de Medeiros nasceu dia 9 de Agosto de 1965 em Lisboa)
  • Maria de Medeiros disse: Sempre imaginei a Revolução Portuguesa como um filme de aventuras. Consultando longamente os verdadeiros protagonistas, sei que eles viram-se, nesse dia, ligeiramente como heróis de Hollywood. O cinema inspirou-se muito dos feitos históricos. Os Capitães de Abril assim marcados fortemente pela guerra, pareceu-me que era o "filme de guerra" como género que devia explorar, numa perspectiva necessariamente diferente, neste caso feminino.
  • O filme conta com a participação de cinco actores estrangeiros (de França, Espanha e Itália) que disseram as suas falas nas suas línguas originais. Embora aparentemente confuso, este trabalho deveu-se à excelente realização do filme. Para uniformização, as mesmas falas foram dobradas por actores portugueses.
  • O filme encontra-se também totalmente dobrado em espanhol, francês, italiano e inglês.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Capitães de Abril

Ligações externas[editar | editar código-fonte]