Capital circulante

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Capital Circulante)
Ir para: navegação, pesquisa

Capital circulante é a parte do capital destinada a despesas operacionais, incluindo matérias-primas, salários, materiais auxiliares, combustíveis, energia, estoques e dinheiro disponível imediatamente e a curto prazo (em caixa e bancos). Nesse sentido, corresponde ao capital de giro e sua magnitude é um indicador do grau de liquidez de uma empresa.[1] [2]

Em contabilidade, o capital circulante de uma empresa é definido como a diferença entre o ativo circulante e o passivo circulante desta empresa. É tudo que a empresa tem disponível em dinheiro e em estoques, menos todas as suas obrigações, inclusive salários, no período de um ano.

Segundo a teoria marxista, o capital circulante refere-se a todos os itens utilizados na produção, tal como as matérias-primas e materiais auxiliares, e que se esgotam no processo de produção de outros bens ou serviços. Distingue-se, portanto, do capital fixo, ou seja, da parte do capital empregada em máquinas, equipamentos, instalações etc.[1] e que participa várias vezes do processo de produção.

Referências

  1. a b SANDRONI, Paulo (org.). Novíssimo Dicionário de Economia. Best Seller, 1999.
  2. FULGÊNCIO, Paulo Cesar. Glossario - Vade Mecum. Rio de Janeiro: Mauad, 2007.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.