Capital de crescimento

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde julho de 2012).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde julho de 2012)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

Capital de crescimento (também chamado de capital de expansão ou capital próprio de equidade) é um tipo de investimento private equity. Na maioria das vezes, um investimento minoritário em empresas relativamente maduras que estão em busca de capital para ampliar ou reestruturar operações, entrar em novos mercados ou financiar uma aquisição significativa sem uma mudança de controle no negócio.[1]

As empresas que buscam capital de crescimento, muitas vezes fazem isso a fim de financiar um evento de transformação em seu ciclo de vida. Essas empresas tendem a ser mais maduras do que as empresas financiadas pelo capital de risco, capazes de gerar receitas e lucros operacionais, mas incapazes de gerar caixa suficiente para grandes expansões, aquisições ou outros investimentos. Devido a falta de escala a essas empresas, geralmente, elas podem encontrar algumas condutas alternativas para garantir capital para o crescimento. Por isso, o acesso ao capital para o crescimento do patrimônio pode ser crucial para prosseguir na expansão das instalações necessárias, vendas e iniciativas de marketing, aquisição de equipamentos e desenvolvimento de novos produtos. [2] O capital de crescimento também pode ser utilizado para efetuar uma reestruturação de equilíbrio da folha de uma empesa, especialmente para diminuir a quantidade de alavancagem (dívida) que uma empresa tem em sua balanço patrimonial.

O capital de crescimento é muitas vezes estruturado como o capital próprio comum ou ações preferenciais, embora alguns investidores vão usar vários títulos híbridos que incluem um retorno contratual (ou seja, pagamento de juros), além de uma participação acionária na empresa. Muitas vezes, as empresas que buscam investimentos de capital de crescimento não são bons candidatos para contrair dívidas adicionais, seja por causa da estabilidade dos lucros da empresa ou por causa de seu nível de endividamento existente.

Provedores[editar | editar código-fonte]

O capital de crescimento reside na intersecção do capital privado, capital de ventura e capital de crescimento, tais como é fornecido por uma variedade de fontes. Embora exista um número de empresas dedicadas ao capital de crescimento. Os investimentos de capital de crescimento são feitos em último estágio por investidores de capital de risco, bem como empresas de aquisições tradicionais. Particularmente em mercados onde a dívida é o menos disponível para financiar aquisições alavancadas ou onde a competição é intensa para financiar empresas startups, o capital de crescimento torna-se uma alternativa atraente.[3]

Referências

  1. PRIVATE EQUITY & VENTURE CAPITAL: A GUIDE FOR INSTITUTIONAL INVESTORS
  2. GROWTH CAPITAL MANAGEMENT
  3. STERLING

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre negócios, indústria, ou organização é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.