Capparaceae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaCapparaceae
Capparis spinosa

Capparis spinosa
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Brassicales
Família: Capparaceae
Géneros
Ver texto.
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Capparaceae

Capparaceae (ou Capparidaceae) é uma família botânica da ordem Brassicales. A alcaparra (Capparis sativa) pertence a essa família.

Trata-se de árvores, arbustos, lianas e por vezes plantas herbáceas, muitas vezes adaptadas a zonas áridas, das regiões temperadas a tropicais.

Como actualmente circunscrita, a família contém 33 géneros e cerca de 700 espécies. O género maior é Capparis (cerca de 150 espécies), Maerua (cerca de 100 espécies), Boscia (37 espécies) e Cadaba (30 espécies).

Capparaceae tem sido considerada há longo tempo relacionada com e muitas vezes incluída na família Brassicaceae (APG, 1998), em parte porque ambos os grupos produzem glucosinolatos. Estudos moleculares subsequentes (Hall et al., 2002, 2008) apoiam Capparaceae s.s. como parafilético em relação a Brassicaceae. No entanto, Cleome e outros géneros relacionados estão mais próximos dos membros da família Brassicaceae do que a membros da família Capparaceae. Estes géneros são actualmente colocados na família Brassicaceae (como subfamília Clemoideae) ou segregados em Cleomaceae. Ainda outros géneros da tradicional família Capparaceae estão mais relacionados com outros membros da família Brassicales, e as relações de outros géneros ainda se mantêm como não resolvidos (Hall et al. 2004). Com base em características morfológicas, com suporte em estudos moleculares, as espécies americanas tradicionalmente identificadas como Capparis foram transferidas para nomes genéricos ressurgidos. Alguns novos géneros têm sido recentemente descritos. (Cornejo & Iltis 2006, 2008a-e; Iltis & Cornejo, 2007; Hall, 2008).

O sistema APG II não aceita esta família e incluí os membros na família Brassicaceae.

Depois de estudos moleculares,[1] [2] o Angiosperm Phylogeny Website aceita esta família (assim como a família Cleomaceae) situando-a na ordem Brassicales.

O sistema APG III confirma a escolha em aceitar esta família.

Géneros[editar | editar código-fonte]

Géneros excluídos[editar | editar código-fonte]

Géneros adicionais a serem excluídos de Capparaceae, de acordo com Kers em Kubitzki
1. Géneros que podem ser de Caparales mas que não encaixam em Capparaceae
2. Géneros que são insuficientemente conhecidos mas cujas descições indicam que não podem pertencer a Capparaceae
3. Géneros não tratados em Kubitzki, mas normalmente considerados em Capparaceae

Referências

  1. Hall, J. C., K. J. Sytsma and H. H. Iltis. 2002. Phylogeny of Capparaceae and Brassicaceae based on chloroplast sequence data. American Journal of Botany 89: 1826-1842 (abstract here)
  2. Hall, J. C., H. H. Iltis and K. J. Sytsma. 2004. Molecular phylogenetics of core Brassicales, placement of orphan genera Emblingia, Forchhammeria, Tirania, and character evolution. Systematic Botany 29: 654-669
  3. GRIN Genera of Capparaceae Germplasm Resources Information Network United States Department of Agriculture. Visitado em 2011-01-31.
  4. GRIN genera sometimes placed in Capparaceae Germplasm Resources Information Network United States Department of Agriculture. Visitado em 2011-01-31.
  5. Su, Jun-Xia; Wang, Wei; Zhang, Li-Bing; Chen, Zhi-Duan. (June 2012). "Phylogenetic placement of two enigmatic genera, Borthwickia and Stixis, based on molecular and pollen data, and the description of a new family of Brassicales, Borthwickiaceae". Taxon 61 (3): 601–611.
Ícone de esboço Este artigo sobre rosídeas, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.