Caraúbas (Paraíba)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Caraúbas
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 5 de maio
Fundação 1994
Gentílico caraubense
Prefeito(a) Pedro Correia(Assumiu depois da morte do então prefeito Severino Virgínio Da Silva) (PSC)
(2013–2016)
Localização
Localização de Caraúbas
Localização de Caraúbas na Paraíba
Caraúbas está localizado em: Brasil
Caraúbas
Localização de Caraúbas no Brasil
07° 43' 37" S 36° 29' 31" O07° 43' 37" S 36° 29' 31" O
Unidade federativa  Paraíba
Mesorregião Borborema IBGE/2008 [1]
Microrregião Cariri Oriental IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Coxixola, São João do Cariri (norte); Barra de São Miguel (Paraíba) (leste); estado de Pernambuco (sul); Congo (Paraíba)[2]
Distância até a capital 258 1 km
Características geográficas
Área 445,575 km² [3]
População 3 899 hab. IBGE/2010[4]
Densidade 8,75 hab./km²
Altitude 451 m
Clima semiárido]][5]
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,623 médio PNUD/2000 [6]
PIB R$ 16 901,098 mil IBGE/2008[7]
PIB per capita R$ 4 301,63 IBGE/2008[7]
Página oficial

Caraúbas, município no estado da Paraíba (Brasil), localizado na microrregião do Cariri Oriental. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no ano de 2010 sua população era estimada em 3899 habitantes. Área territorial de 446 km².

História[editar | editar código-fonte]

Até meados do século XVII o município era ocupado pelos índios cariris[8] . O município surgiu de uma fazenda de colonos portugueses do século XVIII, às margens do rio Paraíba do Norte. Graças às condições favoráveis, a região inseriu-se no ciclo do açúcar, apresentando características de vila já em 1780[9] . Ainda no mesmo século, o alferes Custódio Alves Martins, morador da Capitania de Pernambuco, instalou-se na cabeceira do Rio Paraíba, e ali fundou um sítio a que deu o nome de Caraúbas. Os mais velhos dizem que Caraúbas foi fundada pelo Capitão-Mor José da Costa Romeu, e recebeu o nome de Caraibeiras, depois de Carnaúba e finalmente Caraúbas, nome que possui até hoje. O Capitão-Mor construiu sua casa que também era a primeira casa de Caraúbas, ficava a beira do Rio Paraíba e era feita de pedras, ao mesmo tempo fez fez a capela de Nossa Senhora do Rosário. Quando Caraúbas passou a Distrito de São João do Cariri em 1891, havia apenas 58 pessoas, destacando-se as famílias do Major Higino, Major Eduardo Ferreira, Manoel Germano, Venâncio Quirino entre outros. Um dos mais ilustres moradores da Caraúbas foi o tenente Coronel Severiano de Farias Castro. Caraúbas evoluiu aos poucos. Por volta de 1816 foi construída uma igreja que tem como padroeiro a imagem de São Pedro, que veio de Roma desde por Capitão-Mor. A partir do século XX, além da pecuária, o beneficiamento do algodão e posteriormente do caroá trouxeram novos recursos à vila[9] . O Coronel Serveliano de Farias Castro trouxe para Caraúbas o primeiro maquinário, era uma máquina de descaroçamento de algodão. O algodão de Caraúbas já chegou a ser exportado para a Itália e Inglaterra. A Paróquia de Caraúbas foi criada em 4 de outubro de 1923, o primeiro registro de batizado feito na Paróquia foi de Pedro Jordão Sobrinho. E o primeiro Crisma foi feito na ano de 1924, pelo Arcebispo da Paraíba Adauto Aurélio Henrique. A primeira Professora de Caraúbas foi Dona Henriqueta da Costa Danda Aragão que ensinava na casa que hoje pertence João Zezinho.

A partir de 1940, investimentos urbanos trouxeram à cidade o primeiro grupo escolar (1953), a iluminação pública a diesel (1953) e o açude Campos, construído pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas.

Caraúbas teve seu nome alterado para Carabeiras pelo decreto-lei estadual nº 520, de 31-12-1943. O nome retornou a Caraúbas pelo pela lei estadual nº 318, de 07-01-1949.

Sua emancipação proporcionou-se no dia 29 de abril de 1994, sendo sua instalação no dia 1 de janeiro de 1997.

Geografia[editar | editar código-fonte]

A maior parte da área de Caraúbas está inserida na unidade geoambiental da Depressão Sertaneja. Ao norte, há uma região inserida no Planalto da Borborema[5] .

O município está incluído na área geográfica de abrangência do semiárido brasileiro, definida pelo Ministério da Integração Nacional em 2005[10] . Esta delimitação tem como critérios o índice pluviométrico, o índice de aridez e o risco de seca. O clima é, portanto, tropical semiárido, com chuvas de verão, que ocorrem de novembro a abril. A pluviosidade média anual é de 432 mm[5] .

A vegetação predominante é a caatinga hiperxerófila, com trechos de floresta caducifólia[5] .

O município está inserido na bacia hidrográfica do rio Paraíba, no Alto Paraíba. Os recursos hídricos da região são o rio Paraíba e o rio Sucuru, e os riachos do Boi, Vaca Morta, do Jaques, da Salina, das Cobras, da Onça, da Cachoeira, Luis Gomes, Cascudo, do Macaco, da Curimatã, do Monte Alegre e da Barriguda, a maior parte de regime temporário. Conta também com os açudes dos Campos e da Tapera e a Lagoa do Pau Ferro[5] .

Significado do Nome da cidade[editar | editar código-fonte]

As margens do Rio Paraíba, existem várias arvores conhecidas como Caraibeiras palavra da qual originou o nome da cidade de Caraúbas. Antes de Caraúbas ser fundada, ela era uma vila indígena e seus primeiros habitantes eram os índios cariris.

Limites[editar | editar código-fonte]

Pernambuco e os municípios de Congo (12 km), Coxixola (24 km), São João do Cariri (33 km) e Barra de São Miguel (20 km), São Domingos do Cariri (16 km).

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. Mapa da Confederação Nacional de Municípios
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  4. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  5. a b c d e Diagnóstico do município de Caraúbas Projetos Águas Subterrâneas Ministério das Minas e Energia) (2005). Visitado em 17 de dezembrooutubro de 2011.
  6. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  7. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
  8. Título não preenchido, favor adicionar Instituto Brasileiro de Geografia e EstatísticaConfederação Nacional de Municípios. Visitado em 17 outubro de 2011.
  9. a b cidades@ Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 17 outubro de 2011.
  10. Ministério da Integração Nacional, 2005. Nova delimitação do semiárido brasileiro.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios da Paraíba é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.