Carbono amorfo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Carbono amorfo ou livre, carbono reativo, é um alótropo de carbono que não possui qualquer estrutura cristallina. Comtodos materiais vítreo, alguma ordem de curto alcance pode ser observada.[1] Na literatura em língua inglesa, carbono amorfo é frequentemente abreviado como aC para o carbono amorfo geral (de amorphous carbon), aC:H para carbono amorfo hidrogenado, ou ta-C para for carbono amorfo tetraédrico (também chamado carbono na forma de ou como diamante, pois não se trata da verdadeira estrutura do diamante, homogênea e regular).[2] [3]

Na mineralogia, carbono amorfo é o nome usado para carvão, fuligem e outras formas impuras do elemento, carbono que não é nem grafita nem diamante. Em um sentido cristalográfico, estes materiais não são realmente amorfos, mas são materiais policristalinos ou nanocristalinos de grafita ou diamante em uma matriz de carbono amorfa.

Recentemente, o desenvolvimento de novas formas de preparo do carbono amorfo tem chamado bastante atenção para o estudo desse material. O carbono amorfo é composto por camadas de átomos de carbono hibridizados em sp², contendo uma significante fração de átomos de carbono em sp³. A síntese dessas substâncias envolvendo o controle do tamanho de seus poros tem originado estruturas com importantes características catalíticas e adsorventes que podem ser aplicadas no desenvolvimento de eletrodos e baterias.

Referências

  1. amorphous carbon ; IUPAC Compendium of Chemical Terminology 2nd Edition (1997)
  2. LIFSHITZ, Y., 1999, "Diamond-like Carbon - Present Status". Diamond and Related Materials v. 8, pp. 1659-1676.
  3. GRILL, A., 1999a, "Diamond-like carbon: State of the Art". Diamond and Related Materials v. 8, pp. 428-434.