Cardinot

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Joslei Cardinot Meira
Nascimento 9 de Abril de 1964 (50 anos)
Salvador, BA
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Ocupação Jornalista
Página oficial
http://www.cardinot.com.br/

Joslei Cardinot Meira (Salvador, 9 de abril de 1964) conhecido popularmente como Cardinot é um jornalista policial, apresentador de televisão e radialista.

O baiano Joslei Cardinot Meira, nome de batismo, começou a carreira quando tinha apenas 14 anos, na Rádio Cultural de Campos, no Rio de Janeiro – onde morou desde pequeno, quando saiu de Salvador. A Comunicação apareceu na vida deste jovem meio que por acaso, quando foi divulgar uma campanha da escola sobre a solidariedade aos deficientes físicos. Ele falou pela primeira vez na Rádio Cultural e nunca mais saiu de rádio. Joslei foi convidado pelo radialista Ismael Luiz, conhecido como Bolinha, a participar semanalmente do quadro de debates, dando sua opinião de adolescente. “Gostei tanto que comecei a colar na redação, fiz curso de datilografia e fiquei fazendo matérias, além de estar toda semana no ar”, lembra Cardinot.

Aos 16 anos foi contratado – com carteira de trabalho e tudo – e chegou a trabalhar em outra rádio ao lado de Antony Garotinho. Um ano depois foi convidado pelo então presidente do Sindicato dos Jornalistas, Luiz Mário Concebida, a fazer reportagens para o jornal “A Folha da Manhã”. Depois do jornal, veio a televisão. Cardinot trabalhou na TV Norte Fluminense, então afiliada à Rede Globo.

Cardinot acabou chegando ao Recife, anos depois, com Bolinha, que adotou o nome de Paulo Roberto na antiga Rádio Globo. Na Globo, trabalhou fazendo redação e produção, mas uma modificação determinada pela direção do Sistema Globo de Rádio na programação levaria o comunicador a apresentar o “Vôo Livre”, um programa musical voltado ao público jovem, totalmente diferente do estilo apresentado atualmente pelo comunicador.

Um outro grande comunicador surgiria na vida do radialista. Samir Abou Hana foi para a Rádio Globo e Cardinot fazia as reportagens no horário do programa. Com pouco tempo, Samir pediu a Cardinot uma grade de um programa. Ele queria duas horas de jornalismo voltado para a maior parte da população, surgindo assim um novo estilo de programa que seria uma revista investigativa.

Trabalha atualmente na TV Clube de Pernambuco.

Televisão[editar | editar código-fonte]

Cardinot já produziu diversos programas em emissoras de TV pernambucanas.

  • Pernambuco Urgente (TV Guarapares/2004-2005)
  • Sos Cardinot (TV Guararapes/2004 e TV Clube/2013-No Ar)
  • Cardinot na Tribuna (TV Tribuna/2005-2006)
  • Bronca Pesada (TV Jornal/2006-2012)
  • Bronca Pesada 24 Horas (TV Jornal/2010-2012)
  • Cardinot Aqui na Clube(TV Clube/2012-No Ar)
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.