Carinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Carinho é um gesto afectivo entre duas criaturas que pode envolver contacto físico, ou palavras, ou um simples olhar. O carinho pode ocorrer entre indivíduos indiferentemente de sexo, cor, religião e nacionalidade, ocorrendo inclusive entre pessoas e animais, ou ainda entre os próprios animais (principalmente os mamíferos de mesma espécie).

Carinho: mãe e filha.

A maioria das pessoas desejam intimidade física ocasional, que é uma parte natural da sexualidade humana, uma pesquisa mostrou que isso possui benefícios para a saúde. Um abraço ou toque pode resultar na libertação de oxitocina, dopamina e serotonina, e na redução do hormônio do estresse.[1]

Espaço pessoal[editar | editar código-fonte]

A maioria das pessoas valorizam o seu espaço pessoal e sensação de desconforto, raiva ou ansiedade quando seu espaço pessoal é invadido.[2] Entrar no espaço pessoal de alguém normalmente é uma indicação de familiaridade e intimidade. Contudo, na sociedade moderna, particularmente nas comunidades urbanas populosas, é por vezes difícil de manter um espaço de pessoal, por exemplo, num comboio cheio, elevador ou na rua. Muitas pessoas acham que essa proximidade física pode ser psicologicamente perturbadora e desconfortável,[2] embora seja aceita como um fato da vida moderna. Em uma situação impessoal lotada, contato visual tende a ser evitado.

Carinho entre os animais[editar | editar código-fonte]

Mamíferos como os golfinhos, os gatos e os cachorros são bons exemplos de que o carinho transcende a razão, ou de que seja algo que ocorre apenas entre os seres humanos. É sabido de casos de gatos e cachorros que morando no mesmo lar, possuem atitudes típicas de carinho, como brincar juntos e esquentar o outro em períodos frios.

Skinship[editar | editar código-fonte]

Skinship é o termo utilizado para designar uma amizade que não envolve um relacionamento intímo. Este termo é origina-se através da junção das palavras skin (pele) e friendship (amizade). Esta expressão pode ser vista nos abraços entre pais e filhos.

Referências

  1. Sharon Jayson (28 de setembro de 2008). Human touch may have some healing properties (em inglês) USA Today. Visitado em 18 de julho de 2013.
  2. a b Hall, Edward T.. The Hidden Dimension (em ). [S.l.]: Anchor Books, 1966. ISBN 0-385-08476-5.
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Carinho