Carl Bernhard von Trinius

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Carl Bernhard von Trinius (Eisleben, 7 de março de 1778São Petersburgo, 12 de março de 1844) foi um botânico, médico e poeta germano-russo. Foi fundador so Museu Botânico em São Petersburgo e médico particular do Csar Alexandre II.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Era filho de pastor evangélico Johann Anton Trinius (1722-1784) e de Charlotte Hahnemann (1752-1812), irmã do fundador da homeopatia Samuel Hahnemann.

Seu pai morreu prematuramente, e sua mãe contraiu segundas núpcias com o professor Dr. Müller de Eisleben. Depois do bacheralato em Eisleben estudou medicina de 1792 até 1802, primeiro em Jena e logo depois em Halle an der Saale, onde descobre seu interesse pela botânica, e finalmente em Leipzig. Em Göttingen obteve seu doutorado em medicina em 1802.

Trinia glauca

Homenagens[editar | editar código-fonte]

Dumortier lhe dedicou o gênero Trinia

Obras[editar | editar código-fonte]

  • 1820: Fundamenta Agrostographiae, Botanisches Standardwerk
  • Über das Wesen und die Bedeutung der menschlichen Haare und der Zähne.
  • 1828: Species graminum, iconibus et desciptionibus illustr.
  • 1848: Gedichte von Dr. B. C. Trinius, herausgegeben von zweien seiner Freunde, Berlin 1848

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • August Hirsch: Biographisches Lexikon der hervorragenden Ärzte aller Zeiten und Völker, Berlin und Wien 1931

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Wikipedia-pt-hist-cien-logo.png Portal de história da ciência. Os artigos sobre história da ciência, tecnologia e medicina.
Ícone de esboço Este artigo sobre Botânicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.