Carl Icahn

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto.
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Carl Icahn (16 de fevereiro de 1936, Nova Iorque) é um afamado especialista em aquisições de controle acionário dos Estados Unidos. Carl Icahn cresceu em família da classe média no bairro de Queens, na cidade de Nova Iorque, com o pai advogado e a mãe professora.

Graduado em Princeton, cursou escola de Medicina; desistiu dois anos depois. Alistou-se no Exército, depois alinhou-se com Wall Street. Pediu empréstimo para comprar uma cadeira na Bolsa de Valores de Nova Iorque em 1968. Adquiriu firmas, forçou gerentes a melhorar e exigiu pagamentos para que saísse de negócios ou se separasse deles com lucro.

Obteve ótimos resultados na década de 1980 com aquisições da Texaco, USX, TWA. Arrancou a XO Communications das mãos de Ted Forstmann, em 2002. Agora, se prepara para recuperar a fornecedora de autopeças Federal-Mogul da concordata; recebeu aprovação das autoridades para comprar participações na Kodak e na empresa farmacêutica Mylan Laboratories. Outras participações incluem Im-Clone, Netflix e National Energy Group.

Em 2012 a Revista Forbes classificou Carl Icahn como a 50° pessoa mais rica do mundo, com 14 bilhões de dólares[1] .

Referências