Carl Neuberg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Carl Neuberg
Química, Bioquímica
Dados gerais
Nome de nascimento Carl Alexander Neuberg
Nacionalidade alemã
Nascimento 29 de julho de 1877
Local Hanôver,  Alemanha
Morte 30 de maio de 1956 (78 anos)
Local Nova Iorque,  Estados Unidos
Atividade
Campo(s) Química, Bioquímica

Carl Alexander Neuberg (Hanôver, 29 de julho de 1877 - Nova Iorque, 30 de maio de 1956) foi um dos pioneiros em bioquímica e é muitas vezes referenciado como o "Pai da Bioquímica".

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ele foi o primeiro editor da revista Biochemische Zeitschrift.[1] Esta revista foi fundada em 1906 e hoje é conhecida como FEBS Journal.[2] Neuberg nasceu em Hannover, na Alemanha e estudou química na Universidade de Berlim. Em seus primeiros trabalhos na Alemanha, estudou solubilidade e transporte celular, a química dos carboidratos, fotoquímica, bem como investigou e classificou os diferentes tipos de fermentação. Foi também pioneiro no estudo da química dos aminoácidos e enzimas.

Neuberg foi chefe da seção de bioquímica de um dos primeiros Institutos Kaiser Wilhelm. Na década de 1910, depois de anunciar a descoberta de uma enzima que chamou de "carboxilase" (que catalisou a descarboxilação do ácido pirúvico), ele desenvolveu uma teoria para a fermentação alcoólica da glicose. Suporte para sua teoria foi reforçada quando ele ajudou a desenvolver um processo industrial que contribuiu de forma relevante para o esforço alemão na I Guerra Mundial: a fabricação de glicerol para a produção de explosivos por fermentação de açúcar.[3]

Neuberg fez uma descoberta especialmente importante em 1916: a hidrotropia, um processo de solubilização em que a adição de grandes quantidades de um segundo soluto provoca um aumento da solubilidade aquosa de um soluto diferente.[4]

Devido à sua origem judaica, Neuberg foi forçado pelos nazistas a abandonar seu trabalho no Instituto Kaiser Wilhelm de Bioquímica em 1936 e deixar a Alemanha em 1937. Ele se mudou para os Estados Unidos, onde continuou a trabalhar com enzimas e processos de transporte celular. Seu sucessor para o cargo no Instituto Kaiser Wilhelm de Bioquímica foi Adolf Butenandt.

Referências

  1. Gottschalk A. (1956). "Prof. Carl Neuberg". Nature 178 (4536): 722–3. DOI:10.1038/178722a0. PMID 13369516.
  2. Introducing the FEBS Journal for 2005 14 de julho de 2012
  3. Fruton, Joseph S. Proteins, Enzymes, Genes: The Interplay of Chemistry and Biology. Yale University Press: New Haven, 1999. pp. 44, 292-294
  4. Coffman R, Kildsig D. (1996). "Effect of nicotinamide and urea on the solubility of riboflavin in various solvents". J Pharm Sci 85 (9): 951–4. DOI:10.1021/js960012b. PMID 8877885.