Carla Marins

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Carla Marins
Nome completo Carla Cristina Marins
Nascimento 7 de junho de 1968 (46 anos)
Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro
Nacionalidade Brasil Brasileira
Ocupação Atriz
Cônjuge Hugo Baltazar (2006-presente)
IMDb: (inglês)

Carla Cristina Marins (Campos dos Goytacazes, 7 de junho de 1968) é uma atriz brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foi na escola que Carla Marins descobriu sua vocação. Desde pequena, vivia dizendo que queria ser pediatra, mas o que gostava mesmo era de representar. Percebeu isso aos 14 anos, quando foi escolhida para fazer o papel principal da peça O Boi e o Burro a Caminho de Belém, de Maria Clara Machado. Depois disso, Carla Marins decidiu que queria ser atriz.

Aos 16 anos, com o apoio dos seus pais, Carla Marins começou a investir na carreira e fez vários testes para comerciais. Seu primeiro trabalho foi uma propaganda do Mc Donald's. Fez o filme para a TV e a locução para rádio. Nessa mesma época, passou a frequentar escolas de teatro e ficou sabendo que a Globo estava precisando de jovens para participar da novela Hipertensão.[1] [2] Como fazia o curso de interpretação com o Wolf Maya, ele a convidou para participar do teste e foi aprovada. Posou nua aos 24 anos para a edição de aniversário da revista Playboy, em 1992.

Depois da participação da novela A Indomada, em 1997,[2] Carla Marins afastou-se, por dois anos da TV. Nesse período, ela se casou, mudou para São Paulo e deu preferência à vida pessoal e cursos de teatro. Voltou em 1999, na novela Vila Madalena.[2]

Ela tem em seu currículo atuações nas novelas Bambolê,[3] Pedra sobre Pedra,[4] Tropicaliente[5] e História de Amor,[6] [2] entre outras novelas, e uma comentada participação no clipe Garota Nacional, da banda mineira Skank.[7]

Depois de Vila Madalena, Carla viveu a viúva Judite em Porto dos Milagres, novela de 2001.[2] Fez, ainda pequenas participações na Kubanacan, em 2003[8] e na novela Bang Bang, em 2005.[9]

Carla Marins atuou na peça Melanie Klein, em 2003, ao lado de Natália Thimberg e Rita Elmôr. Em 2005, encenou a peça de Ibsen, O Pequeno Eyolf.[10]

Em 2002 e 2006, Carla participou de episódios do seriado A Grande Família[8] e Sítio do Picapau Amarelo.[11] Também em 2006, Carla Marins participou da novela Pé na Jaca.[12]

Em 2008, Carla Marins esteve no elenco do seriado Faça Sua História (Globo)[13] e participou dos curta-metragem Subsolo[14] e Mãe.[15]

Carla Marins tomou uma decisão radical. Depois de atuar por 22 anos na Globo, a atriz resolveu, em novembro de 2009, mudar para o SBT. Tudo porque se sentiu extremamente seduzida por Serafina Rosa, protagonista de Uma Rosa com Amor, novela que estreou em 2010.[16] "Fiquei ainda mais tentada a aceitar o convite do Del Rangel quando pesquisei na internet sobre a novela e descobri que na primeira versão a Serafina foi feita pela Marília Pêra, que é uma das atrizes que mais admiro na tevê", explica ela, referindo-se ao diretor-geral da novela.

Foi uma das atrizes jovens mais requisitadas nos anos 80 e 90. Protagonizou uma capa de aniversário da revista Playboy de agosto de 1992. Teve seu primeiro filho no dia 16 de outubro de 2008.

A atriz foi contratada pelo SBT, para interpretar a protagonista da telenovela Uma Rosa com Amor. Inspirada na trama de Vicente Sesso - exibida na Globo entre 18 de outubro de 1972 e 3 de julho de 1973 -, a nova versão de Uma Rosa com Amor[17] foi escrita por Tiago Santiago com colaboração de Renata Dias Gomes e dirigida por Del Rangel.

Carla Marins é associada ao Movimento Humanos Direitos.[18] Em 2011, a atriz deixou o SBT e voltou para a Rede Globo, onde interpretou a vilã Amanda na telenovela Morde & Assopra.[19] [20]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

A atriz é casada com o personal trainer Hugo Baltazar desde 2006,[21] com quem tem um filho Leon.[22]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1986 Hipertensão Carola
1987 Bambolê Cristina Galhardo
1988 Bebê a Bordo Sininho
1989 O Sexo dos Anjos Gigi
1990 A, E, I, O... Urca Suzy Lee
Araponga Arlete
1992 Pedra sobre Pedra Eliane
1993 O Mapa da Mina Elisa Souto
O Besouro e a Rosa Rosa
1994 Tropicaliente Dalila
1995 História de Amor Joyce Assunção
1997 A Indomada Dinorah
A Comédia da Vida Privada Laurinha (ep. Papai Foi à Lua)
1998 Você Decide Andréa (ep. A Neta)
1999 Você Decide (ep. Assunto de Família)
Vila Madalena Nancy
2000 Brava Gente Estefânia (ep. O Casamento Enganoso)
2001 Porto dos Milagres Judite dos Reis
2002 A Grande Família Rosemary (ep. Vai Ser Tuco na Vida)
2003 Sítio do Picapau Amarelo Mula-sem-cabeça
Kubanacan Oleana
2005 Bang Bang Alba
2006 Papai Noel Existe filha de Jonas
Pé na Jaca Dorinha
2008 Faça Sua História Adalgisa (Gigi)
2010 Uma Rosa com Amor Serafina Rosa Petrone
2011 Morde & Assopra Amanda
2012 Malhação Alice[23]
2013 As Canalhas Irmã Angélica (ep. Irmã Angélica)[24] [25]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
2008 Subsolo (curta-metragem)
Mãe Mãe (curta-metragem)
2014 Jogo de Xadrez Beth[26]

Referências

  1. Curiosidade: O que Cláudia Abreu, Eri Johnson e Carla Marins têm em comum? Globo.com (21 de junho de 2009). Página visitada em 19 de dezembro de 2011.
  2. a b c d e Reveja alguns trabalhos de Carla Marins na Rede Globo EGO. Globo.com (14 de julho de 2011). Página visitada em 19 de dezembro de 2011.
  3. Bambolê Globo.com. Página visitada em 19 de dezembro de 2011.
  4. Pedra sobre Pedra Globo.com. Página visitada em 19 de dezembro de 2011.
  5. Tropicaliente Globo.com. Página visitada em 19 de dezembro de 2011.
  6. História de Amor Globo.com. Página visitada em 19 de dezembro de 2011.
  7. LISTA: Participações muito especiais EGO. Globo.com (3 de março de 2008). Página visitada em 19 de dezembro de 2011.
  8. a b Carla Marins Contigo!. Abril.com. Página visitada em 19 de dezembro de 2011.
  9. Daniele Barreira (22 de dezembro de 2005). Carla Marins participa de Bang Bang O Fuxico. Terra Networks. Página visitada em 19 de dezembro de 2011.
  10. O Pequeno Eyolf estreia em Curitiba. Página visitada em 19 de dezembro de 2011.
  11. Perdendo a cabeça Paraná Online. (13 de maio de 2003).
  12. Andréia Takano (16 de novembro de 2006). Carla Marins retorna à tevê em Pé na Jaca O Fuxico. Terra Networks. Página visitada em 19 de dezembro de 2011.
  13. Carla Marins se despede do seriado "Faça sua história" IG (3 de outubro de 2008). Página visitada em 19 de dezembro de 2011.
  14. Carla Marins filma na Capital (22 de janeiro de 2008). Página visitada em 19 de dezembro de 2011.
  15. Roberto Cunha (20 de abril de 2009). Curtametragem brasileiro é selecionado na Itália Adoro Cinema.. Página visitada em 1 de fevereiro de 2014.
  16. ARCÂNGELA MOTA (5 de maio de 2010). Com 41 anos, Carla Marins comemora sua primeira protagonista Terra Networks. Página visitada em 19 de dezembro de 2011.
  17. Serafina Rosa. Página visitada em 2/10/2010.
  18. Humanosdireitos Página visitada em 3 de Junho de 2011.
  19. Carla Marins volta à Globo em "Morde & Assopra" Natelinha. (1 de julho de 2011). Página visitada em 19 de dezembro de 2011.
  20. Carla Marins entra em "Morde & Assopra" para interpretar a verdadeira mãe de Rafael UOL (8 de julho de 2011).
  21. Carla Marins se diz feliz ao voltar à TV Globo Terra Networks. (16 de novembro de 2011). Página visitada em 19 de novembro de 2011.
  22. Carla Marins: mãe depois dos 40 Revista Crescer.. Página visitada em 19 de novembro de 2011.
  23. http://caras.uol.com.br/canal/caras-no-teatro/post/papel-de-carla-marins-em-malhacao-ressalta-importancia-dos-pais-na-educacao-dos-filhos/ Papel de Carla Marins em 'Malhação' ressalta a importância dos pais na educação dos filhos
  24. Irmã Angélica (Carla Marins) GNT. Globo.com. Página visitada em 8 de julho de 2013.
  25. Canalhas x Canalhados - episódio: Irmã Angélica GNT. Globo.com (1 de julho de 2013). Página visitada em 8 de julho de 2013.
  26. Jogo de Xadrez Inter Filmes.. Página visitada em 1 de fevereiro de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.