Carlo Cafiero

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Carlo Cafiero

Carlo Cafiero (Barletta, Apulia, 1 de setembro de 1846 - Nocera Inferiore, 17 de julho de 1892) foi um importante anarquista italiano do grupo de Bakunin durante a Primeira Internacional, influente na segunda metade do século XIX. Dialogou com Karl Marx e Friedrich Engels. Mais de uma vez foi preso por seus ideais. Rompeu com o marxismo, aderindo plenamente a filosofia política do anarquismo por conta da influência dos escritos de Bakunin na Itália.

Obra[editar | editar código-fonte]

Apesar disso sua obra mais conhecida é o Compendio de O Capital conhecido também como O Capital uma leitura popular. Marx pessoalmente elogiou esse resumo destinado à classe operária italiana (no tempo em que ainda não havia sido lançado O Capital em italiano), sendo pequeno e de fácil compreensão para as camadas populares e acadêmicos que querem ter um primeiro contato com as idéias mais gerais.

Demonstrando um impressionante poder de síntese, Cafeiro define em um parágrafo o que é mais-valia absoluta, em outro a mais-valia relativa, dedica mais alguns parágrafos explicando melhor cada uma delas e apresentando de suas diferenças básicas. Dessa forma resume em poucas páginas o trecho de aproximadamente 150 páginas do Capital em que Marx trata da mais-valia e assuntos relacionados.

Participação na Internacional[editar | editar código-fonte]

Foi correspondente da seção de Nápoles, fundada em 1868 e fechada em 1871 por decreto ministerial, e logo reconstruída com sua ajuda.[1] No ano de 1872 aconteceram disputas internas dentro da Internacional, tendo como resultado a imposição da autoridade do Conselho Geral. Os internacionalistas da Itália não enviaram delegados, mas Cafiero participou de forma independente. No mesmo ano é fundada a Federação Italiana da Internacional, que rompe com o Conselho Geral de Londres, no congresso de Rímini, presidido por Carlo Cafiero.

La Baronata[editar | editar código-fonte]

Cafiero gastou grande parte da fortuna herdada do pai na construção da mansão "La Baronata", localizada perto de Locarno na Suíça, que serviu de abrigo para Bakunin e outros militantes, comunistas ou anarco-comunistas.

Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um anarquista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

  1. CAFIERO, Carlo. "O Capital": uma leitura popular, traduzido por Mário Curvello (1981),São Paulo: Editora Polis