Carlos Alberto Faraco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Carlos Alberto Faraco
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Carlos Alberto Faraco é um linguista brasileiro, professor de língua portuguesa da Universidade Federal do Paraná, da qual foi reitor durante os anos de 1990-1994.Possui graduação em Letras Português/Inglês pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1972), mestrado em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas (1978) e doutorado em Linguística - University of Salford (1982). Fez pós-doutorado em Linguística na University of California (1995-96). É Professor Titular (aposentado) da Universidade Federal do Paraná. Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Linguística Aplicada, atuando principalmente nos seguintes temas: Bakhtin, discurso, dialogismo, ensino de português e linguística.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Escrita e alfabetização' (1992)
  • Língua portuguesa: prática de redação para estudantes (com D. Mandryk, 2001)
  • Linguagem e diálogo (2003)
  • Oficina de texto (com C. Tezza, 2003)
  • Prática de texto (com C. Tezza, 2001)
  • Estrangeirismos: guerras em torno da língua (Parábola Editorial, 3.ed., 2004)
  • Uma introdução a Bakhtin (1988)
  • Diálogos com Bakhtin (1996).
  • Trabalhando Com Narrativa (1992)
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.