Carlos Condit

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde janeiro de 2014). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Carlos Condit
Nome de nascimento Carlos Joseph Condit
Data de nascimento 26 de abril de 1984 (30 anos)
Local de nascimento Alburquerque, Novo México, EUA
Outros nomes The Natural Born Killer
Nacionalidade Estados Unidos Norte-americana
Altura 1,87 m
Peso 77 kg
Divisão Meio-médio
Envergadura 193 cm
Modalidade Kickboxing, Muay Thai, Boxe, Jiu-Jitsu Brasileiro
Equipe Jackson's Submission Fighting
Graduação      Faixa Marrom em Jiu-jitsu
Anos ativo 2002 - presente
Cartel no MMA
Total 36
Vitórias 29
Por nocaute 14
Por finalização 13
Por decisão 2
Derrotas 8
Por nocaute 1
Por finalização 3
Por decisão 4
Outras informações
Página Oficial http://www.carloscondit.me/
Carlos Condit no Sherdog
Carlos Condit vs Georges St. Pierre pela unificaçao dos titulos

Carlos Joseph Condit (Albuquerque, 26 de abril de 1984) é ​​um lutador americano de artes marciais mistas. Atualmente luta pelo Ultimate Fighting Championship na categoria de peso meio-médio. Condit já foi campeão interino peso meio-médio do UFC e o último campeão do extinto World_Extreme_Cagefighting.

As artes marciais misturadas[editar | editar código-fonte]

Infância[editar | editar código-fonte]

Condit se formou em Clbola da High School no oeste de Albuquerque

Antecedentes e Formação[editar | editar código-fonte]

Condit anteriormente lutou no World Extreme Cagefighting (WEC), onde foi o campeão Welterweight do WEC. Ele também competiu no Shootboxing e no Pancrase no Japão.

Condit agora treina na Jackson's Submission Fighting em Albuquerque, NM.

World Extreme Cagefighting[editar | editar código-fonte]

Condit fez sua estréia para o WEC no WEC 25, onde ele derrotou Kyle Jensen no primeiro round por finalização (mata-leão). A segunda luta de Condit seria para a vaga Cinturão Welterweight do WEC contra John Alessio no WEC 26. Condit venceu essa luta no segundo round, mais uma vez, por mata-leão e se tornou o campeão dos médios do WEC.

Condit, então, defendeu o título contra o Brock Larson no WEC 29 e Carlo Prater no WEC 32, derrotando ambos por finalização no primeiro round. A sua última defesa seria contra Hiromitsu Miura no WEC 35. A luta acabou por nocaute técnico no quarto round, ganhando o prêmio de Luta da Noite, o que significa que Condit seria o último campeão Welterweight do WEC antes do UFC dissolver o título e a divisão. O registro Condit no WEC iria acabar em um 5-0 perfeito.

Transição para o UFC[editar | editar código-fonte]

Condit faria a mudança para o UFC após a compra do WEC e ele fez sua estréia na organização Ultimate Fighting Championship, perdendo por uma decisão dividida contra Martin Kampmann no UFC Fight Night 18. Ele foi então designado para lutar com Chris Lytle em 16 de setembro de 2009, no UFC Fight Night 19, mas Lytle teve de abandonar devido a uma lesão no joelho. Então o UFC colocou o recém-chegado Jake Ellenberger como substituto. Condit derrotou Ellenberger por decisão dividida para obter sua primeira vitória no UFC. Condit mais tarde teve que sair de uma luta marcada no UFC 108 contra Paul Daley devido a uma lesão na mão.

Condit derrotou Rory MacDonald via KO no terceiro round do UFC 115. Embora MacDonald parecia levar a melhor nos dois primeiros rounds com notável eficácia e quedas, Condit mostrou sua cardio incrivel e voltou com uma postura mais agressiva no round final, terminando MacDonald com uma combinação de cotovelos e socos curtos. Condit encarou Dan Hardy em 16 de outubro de 2010 no UFC 120. No primeiro round, Condit conectou com um poderoso gancho de esquerda durante uma troca, e fez com que Hardy caísse. Condit, em seguida, desferiu dois socos em Hardy no chão antes de o árbitro parar a luta aos 4:27 do primeiro round. Esta vitória fez Condit o primeiro homem a derrotar Hardy por meio de KO e também lhe rendeu o prêmio de Nocaute da Noite.

Condit era esperado para enfrentar Chris Lytle em 27 de fevereiro, de 2011, no UFC 127. No entanto, Condit foi forçado a se retirar da luta por uma lesão no joelho que conseguiu durante o treinamento e acabou substituído pelo estreante Brian Ebersole.

Condit encarou Dong Hyun Kim no dia 2 de julho de 2011, UFC 132. Condit venceu a luta por nocaute no primeiro round ganhando outro prêmio de Nocaute da Noite. Esta luta deu a Kim sua primeira derrota profissional no MMA.

Condit era esperado para enfrentar BJ Penn em 29 de outubro 2011 no UFC 137. No entanto, o presidente do UFC Dana White anunciou via conferência de imprensa que Condit não iria mais enfrentar Pennm substituindo Nick Diaz, que não apareceu para quaisquer eventos relacionados com aparições de imprensa, numa luta contra o campeãoGeorges St. Pierre pelo Cinturão Meio Médio do UFC no mesmo evento. No entanto, foi anunciado que o St. Pierre estava fora da luta devido a uma lesão no joelho. Depois de se reunir com a administração e funcionários, Condit optou por não competir no UFC 137 e esperar por St. Pierre no início de 2012.

Após Diaz derrotar Penn no UFC 137, o UFC decidiu dar o title shot a Nick Diaz, no UFC 143. Condit era esperado para enfrentar Josh Koscheck no mesmo evento. No entanto, devido a uma lesão no joelho de St. Pierre, Condit enfrentou Diaz no evento, com o vencedor sendo premiado com o Cinturão Interino Meio Médio do UFC. Condit venceu Diaz por Decisão Unânime.

Condit optou por não defender o Cinturão Interino e esperou o campeão Georges St. Pierre se recuperar da lesão. Carlos enfim enfrentou St. Pierre pelo Título.

Condit contra Georges St-Pierre[editar | editar código-fonte]

Condit finalmente enfrentou o campeão Georges St-Pierre numa luta que unificaria os cinturões. Num combate ocorrido no Canadá, GSP dominou a maior parte dos cinco rounds, mas quase foi nocauteado por um surpreendente chute alto do “Natural Born Killer”. Admirado, GSP disse que Condit foi o adversário mais difícil que ele já enfrentou: "As pessoas falam sobre o título, mas eu dou o crédito a Carlos. Ele foi meu adversário mais duro. Por favor, palmas para Carlos Condit. A sensação do octógono, da luta e do público me fizeram falta. Eu senti falta de tudo. eu sei que Anderson Silva está aqui, mas eu só quero falar sobre Carlos Condit agora. Sobre a luta, eu não vi o chute de Condit vindo, eu vi um borrão e fui atingido. O que você não vê é o que é mais perigoso. Muito obrigado a todos pelo apoio. Eu lutei por vocês, que me deram a oportunidade de viver uma noite tão especial - disse St-Pierre, ainda no octógono.[1]

A luta contra Georges St. Pierre foi premiada a luta da noite.

A batalha contra Hendricks[editar | editar código-fonte]

Condit era esperado para enfrentar Rory MacDonald em uma revanche. A luta aconteceria em 16 de março de 2013 no UFC 158. Porém uma lesão tirou MacDonald do evento, e seu substituto foi Johny Hendricks, que já lutaria no mesmo evento.

O duelo correspondeu às expectativas e foi marcado por uma trocação franca entre os dois atletas americanos, pela potência do punho esquerdo de Hendricks e a resistência do queixo de Condit, que também esteve bem em pé e valorizou muito o duelo. Os três jurados deram vitória pelo placar de 29 a 28 a Hendricks, que voltou a desafiar o campeão St-Pierre pelo cinturão.

Após a derrota, Carlos admitiu em entrevista ao site "MMAjunkie" que precisa dar mais atenção ao wrestling.

"Eu preciso de tempo. Não necessariamente preciso de um tempo parado, mas nas duas últimas lutas o wrestling definitivamente fez a diferença. Preciso de algum tempo para focar nisso e ajustar o meu jogo".[2]

A luta contra Johny Hendricks é apontada como uma grande candidata a luta do ano de 2013, além de ter faturado o prêmio de luta da noite.[3]

Em busca de lutas difíceis e revanches[editar | editar código-fonte]

Condit fez a revanche contra Martin Kampmann em 28 de agosto de 2013 no UFC Fight Night: Condit vs. Kampmann II e deu o troco com uma vitória por nocaute técnico no quarto round.

Após a luta, Condit revelou que quer uma revanche contra os únicos outros 2 lutadores que já o derrotaram no UFC: Johny Hendricks e Georges St. Pierre. "Eu tenho mais algumas lutas para fazer, talvez novas lutas contra Johny Hendricks ou Georges St-Pierre. Vamos ver o que acontece!"[4]

Condit era esperado para enfrentar o lutador em acensão Matt Brown em 14 de dezembro de 2013 no UFC on Fox: Johnson vs. Benavidez II. Porém, Brown sofreu uma lesão na semana do evento, e Condit foi retirado do card.

Dias após Condit ser retirado do card do UFC on Fox: Johnson vs. Benavidez II, Tyron Woodley disse que gostaria de enfrentar Condit. Dana White disse que a luta não aconteceria, porém, dias após a luta contra Woodley foi anunciada para 15 de março de 2014 no UFC 171. Condit estava perdendo a luta, e após uma queda sentiu uma lesão no joelho, ele continuou na luta, mas momentos depois após levar um chute, Condit não pode continuar. Assim então perdendo por nocaute técnico.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

O pai de Condit, Brian, foi o Chefe de Gabinete do ex-governador do Novo México e candidato democrata à presidência Bill Richardson.

Condit se casou com sua namorada de longa data, Seager Marie McCullah, em dezembro de 2010. O casal recebeu seu primeiro filho em março de 2010, Wayne.

Campeonatos e realizações[editar | editar código-fonte]

O cinturão Interino do UFC foi conquistado em 04 de Fevereiro de 2012

Artes Marciais Misturadas[editar | editar código-fonte]

  • World Extreme Cagefighting
    • Campeão Welterweight do WEC (Uma vez, último)
    • Três defesas de título bem sucedidas
    • Luta da Noite (Uma vez)
  • Rumble on the Rock
    • Rumble on the Rock Welterweight Tournament (Runner-up)

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Derrota 29-8 Tyron Woodley Nocaute Técnico (lesão no joelho) UFC 171: Hendricks vs. Lawler 15/03/2014 2 2:00 Estados Unidos Dallas, Texas
Vitória 29-7 Martin Kampmann Nocaute Técnico (joelhadas e socos) UFC Fight Night: Condit vs. Kampmann II 28/08/2013 4 0:54 Estados Unidos Indianapolis, Indiana Luta da Noite
Derrota 28-7 Johny Hendricks Decisão (unânime) UFC 158: St. Pierre vs. Diaz 16/03/2013 3 5:00 Canadá Montreal, Quebec Luta da Noite
Derrota 28–6 Georges St. Pierre Decisão (unânime) UFC 154: St. Pierre vs. Condit 17/11/2012 5 5:00 Canadá Montreal, Quebec Pelo Cinturão Meio Médio Incontestável do UFC; Luta da Noite
Vitória 28–5 Nick Diaz Decisão (unânime) UFC 143: Diaz vs. Condit 04/02/2012 5 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Ganhou Cinturão Meio Médio Interino do UFC; Diaz testou positivo para maconha.
Vitória 27–5 Dong Hyun Kim Nocaute (joelhada voadora e socos) UFC 132: Cruz vs. Faber 02/07/2011 1 2:58 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Nocaute da Noite.
Vitória 26–5 Dan Hardy Nocaute (socos) UFC 120: Bisping vs. Akiyama 16/10/2010 1 4:27 Inglaterra Londres, Inglaterra Nocaute da Noite.
Vitória 25–5 Rory MacDonald Nocaute Técnico (socos) UFC 115: Lidell vs. Franklin 12/06/2010 3 4:53 Canadá Vancouver, British Columbia Luta da Noite.
Vitória 24–5 Jake Ellenberger Decisão (dividida) UFC Fight Night: Diaz vs. Guillard 16/09/2009 3 5:00 Estados Unidos Oklahoma City, Oklahoma
Derrota 23–5 Martin Kampmann Decisão (dividida) UFC Fight Night: Condit vs. Kampmann 01/04/2009 3 5:00 Estados Unidos Nashville, Tennessee Estréia no UFC.
Vitória 23–4 Hiromitsu Miura Nocaute Técnico (socos) WEC 35: Condit vs. Miura 03/08/2008 4 4:43 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Defendeu o Cinturão Peso Meio Médio do WEC; Luta da Noite.
Vitória 22–4 Carlo Prater Finalização (guilhotina) WEC 32: New Mexico 13/02/2008 1 3:48 Estados Unidos Albuquerque, New Mexico Defendeu o Cinturão Peso Meio Médio do WEC.
Vitória 21–4 Brock Larson Finalização (chave de braço) WEC 29: Condit vs. Larson 05/08/2007 1 2:21 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Defendeu o Cinturão Peso Meio Médio do WEC.
Vitória 20–4 John Alessio Finalização (mata leão) WEC 26: Condit vs. Alessio 24/03/2007 2 4:59 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Ganhou o Cinturão Peso Meio Médio do WEC.
Vitória 19–4 Kyle Jensen Finalização (mata leão) WEC 25: McCullough vs. Cope 20/01/2007 1 2:10 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Estréia no WEC.
Vitória 18–4 Tatsunori Tanaka Nocaute (pisão) Pancrase: Blow 9 25/10/2006 1 2:13 Japão Tóquio
Vitória 17–4 Takuya Wada Finalização (kimura) Pancrase: Blow 7 16/09/2006 3 4:22 Japão Tóquio
Vitória 16–4 Koji Oishi Nocaute Técnico (interrupção médica) Pancrase: 2006 Neo-Blood Tournament Finals 28/07/2006 3 1:01 Japão Tóquio
Derrota 15–4 Pat Healy Finalização (mata leão) Extreme Wars 3: Bay Area Brawl 03/06/2006 3 2:53 Estados Unidos Oakland, California
Derrota 15–3 Jake Shields Decisão (unânime) Rumble on the Rock 9 21/04/2006 3 5:00 Estados Unidos Honolulu, Hawaii Final do Torneio de Meio Médios do ROTR
Vitória 15–2 Frank Trigg Finalização (triângulo) Rumble on the Rock 9 21/04/2006 1 1:22 Estados Unidos Honolulu, Hawaii Semifinal do Torneio de Meio Médios do ROTR
Vitória 14–2 Renato Veríssimo Nocaute (joelhadas e socos) Rumble on the Rock 8 20/01/2006 1 0:17 Estados Unidos Honolulu, Hawaii Quartas de Final do Torneio de Meio Médios do ROTR
Vitória 13–2 Ross Ebanez Nocaute (socos) ROTR: Just Scrap 05/11/2005 1 1:27 Estados Unidos Hilo, Hawaii
Derrota 12–2 Satoru Kitaoka Finalização (chave de calcanhar) Pancrase: Spiral 8 02/10/2005 1 3:57 Japão Yokohama
Vitória 12–1 Chilo Gonzalez Finalização (chave de braço) ROF 19: Showdown 10/09/2005 1 1:06 Estados Unidos Castle Rock, Colorado
Vitória 11–1 Masaki Tuchhi Nocaute (chute na cabeça) PNRF: Demolition 18/06/2005 1 4:35 Estados Unidos New Mexico
Vitória 10–1 Randy Hauer Nocaute (socos) FightWorld 3 27/11/2004 1 1:27 Estados Unidos Albuquerque, New Mexico
Vitória 9–1 Will Bradford Nocaute Técnico (socos) Independent Event 13/11/2004 1 1:30 Estados Unidos New Mexico
Derrota 8–1 Carlo Prater Finalização (triângulo) FightWorld 2 11/09/2004 1 2:51 Estados Unidos Albuquerque, New Mexico
Vitória 8–0 Brandon Melendez Finalização (triângulo) ROF 12: Nemesis 22/05/2004 1 0:50 Estados Unidos Castle Rock, Colorado
Vitória 7–0 Jarvis Brennaman Finalização (armlock) KOTC 35: Acoma 28/02/2004 1 0:34 Estados Unidos Acoma, New Mexico
Vitória 6–0 Brad Gumm Nocaute Técnico (socos) ROF 11: Bring it On 10/01/2004 1 1:11 Estados Unidos Castle Rock, Colorado
Vitória 5–0 David Lindemeyer Finalização (chave de braço) KOTC 26: Gladiator Challenge 03/08/2003 1 0:46 Estados Unidos Acoma, New Mexico
Vitória 4–0 Tyrell McElroy Finalização (katagatame) Triple Threat: Fight Night 1 06/04/2003 1 2:49 Estados Unidos Albuquerque, New Mexico
Vitória 3–0 Anthony Zamora Nocaute Técnico (socos) Independent Event 15/03/2003 1 0:29 Estados Unidos Acoma, New Mexico
Vitória 2–0 Tommy Gouge Finalização (armlock) Reality Fighting Championships 1 25/01/2003 1 0:45 Estados Unidos Oklahoma City, Oklahoma
Vitória 1–0 Nick Roscorla Finalização (mata-leão) Aztec Challenge 1 06/09/2002 1 0:52 México Juárez

Referências