Carlos Luís Frederico de Mecklemburgo-Strelitz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Carlos Luís Frederico de Mecklemburgo
Príncipe de Mirow
Duque de Mecklemburgo-Strelitz
Príncipe de Mirow
Período 12 de Maio de 1708 - 5 de Junho de 1752
Predecessor Adolfo Frederico III de Mecklemburgo-Strelitz
Sucessor Adolfo Frederico IV de Mecklemburgo-Strelitz
Cônjuge Isabel Albertina de Saxe-Hildburghausen
Descendência
Cristiana de Mecklemburgo-Strelitz
Carolina de Mecklenburg-Strelitz
Adolfo Frederico IV de Mecklemburgo-Strelitz
Isabel Cristina de Mecklemburgo-Strelitz
Sofia Luísa de Mecklemburgo-Strelitz
Carlos II de Mecklemburgo-Strelitz
Ernesto Gottlob de Mecklemburgo-Strelitz
Carlota de Mecklemburgo-Strelitz
Gotthelf de Mecklemburgo-Strelitz
Jorge Augusto de Mecklemburgo-Strelitz
Pai Adolfo Frederico II de Mecklemburgo-Strelitz
Mãe Cristiana Emília de Schwarzburg-Sondershausen
Nascimento 23 de Fevereiro de 1708
Strelitz, Alemanha
Morte 5 de junho de 1752 (44 anos)
Mirow, Alemanha

Carlos Luís Frederico de Mecklemburgo (23 de fevereiro de 1708 - 5 de junho de 1752) foi um príncipe de Mirow, membro da Casa de Mecklemburgo-Strelitz e pai da rainha Carlota da Grã-Bretanha.

Vida[editar | editar código-fonte]

Carlos nasceu em Strelitz, filho do duque reinante de Mecklemburgo-Strelitz, Adolfo Frederico II, e da sua terceira esposa, a princesa Cristiana Emília de Schwarzburg-Sondershausen. O seu pai morreu quando ele tinha apenas três meses de idade. O seu meio-irmão, Adolfo Frederico, sucedeu o pai como duque de Mecklemburgo-Strelitz enquanto Carlos herdou o principado de Mirow e Nemerow. Após a morte do pai, Carlos passou a viver em Mirow com a mãe.1 Mais tarde frequentou a Universidade de Greifswald na Pomerânia.2

Carlos, que tocava flauta transversal, partiu em 1726 numa digressão pela Europa para aprender mais sobre música.3 Depois de visitar Genebra, Itália e França, foi até Viena, onde serviu o sacro-imperador como coronel-tenente por um breve período de tempo antes de regressar a Mirow.

Depois de deixar o exército, Carlos viveu com a família no Castelo de Mirow, passando grande parte do tempo a gerir as suas propriedades e a supervisionar a educação dos seus filhos. Viveu em Mirow até morrer aos quarenta-e-quatro anos de idade.

Quando o seu meio-irmão mais velho, Adolfo Frederico III, morreu em Dezembro de 1752 sem deixar herdeiros varões, o filho de Carlos Frederico, Adolfo Frederico, tornou-se duque de Mecklemburgo-Strelitz.

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

Carlos casou-se no dia 5 de Fevereiro de 1735 com a princesa Isabel Albertina de Saxe-Hildburghausen, filha do duque Ernesto Frederico I de Saxe-Hildburghausen. Isabel tornou-se regente do seu filho e teve um papel importante na luta pelo trono após a morte do marido.

O casal teve dez filhos, seis dos quais chegaram à idade adulta:

  1. Cristina de Mecklemburgo-Strelitz (6 de dezembro de 173531 de agosto de 1794), morreu solteira e sem descendência.
  2. Carolina de Mecklemburgo-Strelitz (nascida e morta a 22 de dezembro de 1736)
  3. Adolfo Frederico IV de Mecklemburgo-Strelitz (5 de maio de 17382 de junho de 1794), duque de Mecklemburgo-Strelitz; morreu solteiro e sem descendência.
  4. Isabel Cristina de Mecklemburgo-Strelitz (13 de abril de 17399 de abril de 1741), morreu com dois anos de idade.
  5. Sofia Luísa de Mecklemburgo-Strelitz (16 de maio de 174031 de janeiro de 1742), morreu com dois anos de idade.
  6. Carlos II de Mecklemburgo-Strelitz (10 de outubro de 17416 de novembro de 1816), casado primeiro com a landegravina Frederica de Hesse-Darmstadt; com descendência. Casado depois com a landegravina Carlota Guilhermina de Hesse-Darmstadt; com descendência.
  7. Ernesto Gottlob de Mecklemburgo-Strelitz (27 de agosto de 174227 de janeiro de 1814), casado com Mary Eleanor Bowes; com descendência.
  8. Carlota de Mecklemburgo-Strelitz (19 de maio de 174417 de Novembro de 1818), casada com o rei Jorge III da Grã-Bretanha; com descendência.
  9. Gotthelf de Mecklemburgo-Strelitz (29 de outubro de 174531 de outubro de 1745), morreu com poucos dias de idade.
  10. Jorge Augusto de Mecklemburgo-Strelitz (16 de agosto de 174814 de novembro de 1785), oficial da Marinha Britânica; morreu solteiro e sem descendência.

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Carlos Luís Frederico de Mecklemburgo-Strelitz em três gerações
Carlos Luís Frederico de Mecklemburgo-Strelitz Pai:
Adolfo Frederico II de Mecklemburgo-Strelitz
Avô paterno:
Adolfo Frederico I de Mecklemburgo
Bisavô paterno:
João VII de Mecklemburgo
Bisavó paterna:
Sofia de Holstein-Gottorp
Avó paterna:
Maria Catarina de Brunswick-Dannenberg
Bisavô paterno:
Júlio Ernesto de Brunswick-Dannenberg
Bisavó paterna:
Maria da Frísia Oriental
Mãe:
Cristiana Emília de Schwarzburg-Sondershausen
Avô materno:
Cristiano Guilherme I de Schwarzburg-Sondershausen
Bisavô materno:
António Günther de Schwarzburg-Sondershausen
Bisavó materna:
Maria Madalena de Zweibrücken-Birkenfeld
Avó materna:
Antónia Sibila de Barby-Mühlingen
Bisavô materno:
Alberto Frederico I de Barby-Mühlingen
Bisavó materna:
Sofia Úrsula de Oldemburgo-Delmenhorst

Referências

  1. Carlyle, Thomas (1866). History of Friedrich the Second Called Frederick the Great. Harper & Brothers. pp. 477, 478.
  2. Watkins, John (1819). Memoirs of Her Most Excellent Majesty Sophia-Charlotte, Queen of Great Britain. H. Colburn. pp. 28–30.
  3. Sardelli, Federico Maria; Michael Talbot (2007). Vivaldi's Music for Flute And Recorder. Ashgate Publishing. pp. 43. ISBN 075463714X.