Carlos Meléndez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Carlos Meléndez

Carlos Meléndez Ramirez (1 de fevereiro de 1861 - 8 de outubro de 1919) foi presidente de El Salvador de 9 de fevereiro de 1913 a 29 de agosto de 1914 e de 1 de março de 1915 a 21 de dezembro de 1918.

Era irmão de Jorge Meléndez e cunhado de Alfonso Quiñónez Molina. Carlos Melendez foi o iniciador do período conhecido na história de El Salvador como a dinastia Meléndez-Quiñónez (1913-1927), período em que o poder permaneceu nas mãos dos poderosos membros desta família latifundiária.[1]

Devido a problemas de saúde, o presidente Meléndez renunciou antes do término do período de quatro anos, para o qual tinha sido eleito e teve que viajar para os Estados Unidos para tratar a sua doença. Naquele país, morreu em 1919.[2]

Referências

  1. Biografia de Carlos Meléndez Biografías y Vidas.
  2. Don Carlos Melendez Ministério das Comunicações, Governo de El Salvador.
Cargos políticos


Precedido por
Manuel Enrique Araujo
Presidente de El Salvador
1913–1914
(interino)
Sucedido por
Alfonso Quiñónez Molina
(interino)
Precedido por
Alfonso Quiñónez Molina
(interino)
Presidente de El Salvador
1915–1918
Sucedido por
Alfonso Quiñónez Molina
(em exercício)