Renato Abreu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Carlos Renato de Abreu)
Ir para: navegação, pesquisa
Renato Abreu
Informações pessoais
Nome completo Carlos Renato de Abreu
Data de nasc. 9 de junho de 1978 (36 anos)
Local de nasc. São Paulo (SP),  Brasil
Altura 1,83 m
Canhoto
Informações profissionais
Período em atividade 1998-presente (16 anos)
Clube atual Flag of None.svg Sem clube
Posição Volante , Meia e/ou Lateral Esquerdo
Clubes de juventude
1998 Brasil Marcílio Dias
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1998
1999
2000
20002001
20012005
20052007
20072008
20082010
20102013
2013
Brasil Marcílio Dias
Brasil Joinville
Brasil União Barbarense
Brasil Guarani[1]
Brasil Corinthians
Brasil Flamengo
=Emirados Árabes Unidos Al-Nasr
=Emirados Árabes Unidos Al-Shabab
Brasil Flamengo
Brasil Santos
0000 0000(0)
0000 0000(0)
0000 0000(0)
0022 0000(2)
0112 000(13)
0077 000(24)
0023 000(12)
0044 000(13)
0087 000(16)
0009 0000(1)
Seleção nacional3
2011 Brasil Brasil 0001 0000(0)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 17 de julho de 2013.


3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 18 de novembro de 2012.

Carlos Renato de Abreu (São Paulo, 9 de junho de 1978) é um futebolista brasileiro que atua como volante, meia ou lateral esquerdo.[2] [3] Atualmente está sem clube.[4]

Em 2013, Renato Abreu tornou-se o 37º maior artilheiro da história do Flamengo com 73 gols.[5]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Renato começou sua carreira em Santa Catarina, jogando como atacante[6] no Marcílio Dias. Curiosamente, em seu primeiro jogo como profissional, deu um carrinho em um zagueiro adversário e foi expulso.[7] Após atuar pelo Marcílio Dias, atuou pelo Joinville.

Em 2000, mudou-se para o futebol paulista, quando foi jogar no União Barbarense, time da cidade interiorana de Santa Bárbara d'Oeste. Fez dois gols pelo clube, antes de se transferir para o Guarani.[7]

Um ano depois, chegava ao Guarani, onde porém ainda não tinha uma fama no cenário nacional. Seus dois únicos gols pelo time bugrino foram curiosamente marcados em uma partida contra o Flamengo, em 4 de maio de 2000, no Maracanã, em jogo válido pela Copa do Brasil.[8]

Corinthians[editar | editar código-fonte]

Devido às suas boas atuações pela equipe do Guarani, em 2001, acabou sendo contratado pelo Corinthians.[9]

Jogando pelo Corinthians, Renato acumulou os títulos de campeão do Torneio Rio-São Paulo, da Copa do Brasil e do Campeonato Paulista. No Corinthians, marcou um gol olímpico contra o maior rival do clube, o Palmeiras, porém não conseguiu se firmar no clube que havia acabado de perder o meia Ricardinho.

Flamengo[editar | editar código-fonte]

Sem ter se tornado um jogador valorizado no Corinthians, em 2005, Renato decidiu trocar de clube e resolveu passar a defender o Flamengo. Como no elenco do clube já tinha um Renato (Renato Augusto), ele então passou a ser chamado de Renato Abreu[10] .

Na temporada 2005, quando Renato chegou ao Flamengo, o time rubro-negro lutava para evitar o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. O momento não poderia ser pior para uma virada na carreira, porém, naquela fraca equipe rubro-negra, Renato foi um dos poucos que conseguiram se destacar e jogar um bom futebol.

Renato especializou-se nas cobranças de falta, que muitas vezes garantiram vitórias importantes para o time rubro-negro.

Cquote1.svg "São vários tipos de cobrança: próxima, com força, colocada. O que levo para a cobrança é o momento do treinamento, o que deu certo, a batida que entrou. É claro que a posição do goleiro conta, como ele se coloca. A minha característica sempre foi a de bater com força, desde o infantil (...) Quando pega no joanete, é gol (risos). Ele é meio grande, quando a bola acerta nele geralmente o gol acaba saindo."[11] Cquote2.svg
Renato Abreu

Mesmo não sendo atacante, Renato foi o artilheiro da equipe do Flamengo, em 2005.

Em 2006, o jogador foi um dos líderes na conquista da Copa do Brasil de 2006 e através de seu potente chute de fora da área marcou muitos gols decisivos, que o levaram a ser novamente o artilheiro da equipe naquele ano.

No Campeonato Brasileiro, apesar do Flamengo não ter chegado entre os primeiros, Renato foi indicado para a disputa dos prêmios "Bola de Ouro" e "Bola de Prata: Melhor Meio-Campo", cedidos pela Revista Placar na festa de encerramento da temporada.

Terminou o ano como sendo o jogador que mais atuou pelo clube, participando de 59 das 68 partidas do clube na temporada[7] .

Al-Nasr e Al-Shabab[editar | editar código-fonte]

No dia 10/07/2007 o Al-Nasr, dos Emirados Árabes Unidos anuncia a contratação do Renato[12] [13] .

Renato permaneceu no clube por 2 temporadas. Em 2008, defendeu as cores do Al-Shabab, também dos Emirados Árabes Unidos.

Cquote1.svg "Renato foi o jogador mais importante do Al-Shabab nos sete meses em que trabalhamos juntos. Ele exerceu uma liderança muito positiva dentro da equipe e os companheiros sempre o respeitaram bastante aqui nos Emirados Árabes. Renato Abreu era o jogador mais regular do time e nos momentos decisivos sempre chamava a responsabilidade, marcando gols e dando bons passes. Era o cobrador oficial de faltas do time, sempre com muita eficiência."[14] Cquote2.svg
Paulo Bonamigo, técnico do Renato Abreu quando atuou pelo Al-Shabab

Volta ao Flamengo[editar | editar código-fonte]

Em meados de 2008, surgiram novos rumores de um possível retorno de Renato ao Flamengo, todavia, uma vez mais, a expectativa acabou não se confirmando e, com isso, Renato continuou nos Emirados Árabes.[15]

Porém, em meados de 2010, devido a sua identificação com o clube, Renato enfim acertou o seu retorno ao Flamengo.[16]

Cquote1.svg "Ele é um grande nome, já estavamos negociando há algum tempo, é um jogador que já é identificado com o clube e contamos muito com ele para nos ajudar no segundo semestre."[10] Cquote2.svg
Zico, diretor do Flamengo à época, anunciando a volta de Renato Abreu

Curiosamente, a exemplo do que havia acontecido anteriormente, Renato mais uma vez integrava-se a uma equipe cheia de problemas e que lutava contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

Nessa volta ao clube, não teve exibições espetaculares como as da primeira passagem, mas na reta final fez alguns gols decisivos e devido a sua raça foi peça importante para a permanência do Flamengo na série A.

No início de 2011, Renato continuou no Flamengo e, com a contratação de muitos reforços do meio-campo para frente, Renato acabou passando a jogar mais recuado, chegando a atuar de Volante e por vezes até mesmo na lateral-esquerda, apesar da mudança de posicionamento, Renato, embora estivesse não jogando de forma tão brilhante como antes ajuda o Flamengo a conquistar o Campeonato Carioca de 2011 invicto. No dia 5 de setembro de 2011, Renato foi contestavelmente convocado pela primeira vez para a seleção brasileira, pelo então técnico Mano Menezes, para a disputa da Copa Rocca[17]

Em 9 de março de 2012, foi constatado que Renato possuia um problema cardíaco e que precisaria de uma cirurgia. Logo no dia seguinte, Renato passou pela cirurgia que foi um sucesso e vai poder voltar a jogar futebol.[18] Fez um gol decisivo contra o Atlético Mineiro, abrindo o placar no primeiro tempo, um resultado que ajudava o rival Fluminense a se distanciar mais na liderança.[19] Mas Leonardo empatou aos 12 minutos do segundo tempo e terminou em um empate por 1 a 1 no Independência.[20] Fez mais um gol para o Flamengo em 11 de novembro de 2012, Mais desta vez ajudando o Flamengo a garantir a vitória no final do jogo, contra o Náutico.[21] [22] Renato cobrou o pênalti no canto esquerdo de Felipe e garantiu a vitória aos 36 minutos do segundo tempo. Renovou o contrato com o Flamengo em 3 de janeiro, contrato que vai até o fim de 2013.[23] [24]

Até 2 de julho de 2012, já havia atuado 235 vezes pelo Flamengo e marcado 63 gols com a camisa rubro-negra. Destes, 38 foram de bola parada - 15 de pênalti, 22 de falta e um olímpico.[25]

Em 2013 marcou seus primeiros gols no ano contra o Olaria, ao marcar os 2 gols do Flamengo no jogo, sendo um deles um belíssimo gol de falta.[26] [27] No dia 14 de Abril, marcou dois gols no clássico contra o Fluminense na vitória por 3 a 1 no Raulino de Oliveira.[28] Com os 2 gols, Renato tornou-se o 39º maior artilheiro da história do clube com 70 gols, ultrapassando Renato Gaúcho e se igualando a Silva Batuta.[5] Fez dois gols na vitória de virada por 2 a 1 contra o Campinense pela Copa da Brasil.[29] Perdeu um pênalti contra a Ponte Preta no dia 29 de maio de 2013, ainda quando o jogo estava 1 a 0 para o adversário.[30] Mas conseguiu se redimir após o gol de empate contra o Atlético Paranaense em 1 de junho de 2013, e ainda acertou uma bola na trave quando o jogo já estava 2 a 2.[31]

Em 17 de junho de 2013, o Flamengo, em site oficial, divulgou a rescisão de contrato unilateral. O contrato com o Flamengo terminaria no fim do ano e o acordo para a saída do jogador acontece no mesmo dia em que o técnico Mano Menezes foi apresentado. Porém, a decisão partiu da diretoria, apesar do presidente Eduardo Bandeira de Mello e o vice-presidente de futebol Walim Vasconcelos sequer terem citado o caso na apresentação de Mano, na Gávea.[32]

Cquote1.svg O Clube de Regatas do Flamengo acertou, na tarde desta segunda-feira, a rescisão de contrato do jogador Renato Abreu, que iria até o final do ano. A diretoria rubro-negra agradece a Renato pelos serviços prestados e deseja ao atleta sucesso na continuidade de sua carreira (...) Cquote2.svg
Comunicado oficial publicado no site do Flamengo sobre a rescisão[32] [33]

Santos[editar | editar código-fonte]

No dia 15 de agosto de 2013, acertou com o Santos, por indicação do gerente de futebol Zinho, que acompanhou o jogador nos tempos de Flamengo.

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

No dia 5 de setembro de 2011, Renato foi contestavelmente convocado pela primeira vez para a seleção brasileira, pelo então técnico Mano Menezes, para a disputa da Copa Rocca[17] .

Cquote1.svg "Eu estou simplesmente eufórico com esta convocação. Sempre tive o sonho de defender a Seleção Brasileira mas, sinceramente, não pensava muito nesta possibilidade atualmente. A emoção é enorme e posso dizer que é muito mais gostoso ser chamado aos 33 anos do que aos 18. Encaro como uma coroação, um prêmio por tudo que fiz na minha carreira. Hoje vai ser difícil dormir diante de tanta felicidade. É um dos momentos mais felizes na minha vida. Desde que fiquei sabendo que fui convocado, já vi a lista umas 35 vezes para confirmar se meu nome estava lá. Minha mulher está dando tapas na minha cabeça até agora para confirmar que estou acordado e não sonhando."[34] Cquote2.svg
Renato Abreu

Mano Menezes justificou a convocação de Renato Abreu pela experiência do meia. “Temos vários jogadores jovens. E a gente sabe que o jogo traz a disputa forte. E quem tem no currículo jogos semelhantes, como a Libertadores, certamente vai dar apoio necessário”, disse o técnico[35] .

Renato foi escalado como titular[36] , atuou com a camisa 8[37] , e ficou em campo até os 16 minutos do segundo tempo, quando foi trocado por Oscar. Segundo a critica, teve uma atuação discreta[38] .

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 17 de julho de 2013

Clubes[editar | editar código-fonte]

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Brasil Corinthians 2001 17 4
2002 23 2
2003 31 3
2004 35 4
Total 106 13
Brasil Flamengo[39] 2005 38 12 6 2 44 14
2006 33 10 12 6 8 3 59 19
2007 6 2 8 5 13 6 27 13
Total 77 24 12 6 8 5 27 11 130 46
=Emirados Árabes Unidos Al-Nasr 2007–08 23 12
Total 23 12
=Emirados Árabes Unidos Al-Shabab 2008–09
2009–10
Total 44 13
Brasil Flamengo[39] [40] 2010 22 4 22 4
2011 36 5 6 2 3 0 19 2 64 9
2012 25 6 3 0 10 1 38 7
2013 4 1 4 2 9 4 17 7
Total 87 16 10 4 6 0 38 7 141 27

Gols de falta pelo Flamengo[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 15 de maio de 2013[41]

Por estádio
Por competição

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Expanda a caixa de informações para conferir todos os jogos deste jogador, pela sua seleção nacional

Títulos[editar | editar código-fonte]

Corinthians
Flamengo
Seleção Brasileira

Prêmios Individuais[editar | editar código-fonte]

Honrarias[editar | editar código-fonte]

  • Artilheiro da década 00 do Flamengo. Foram 50 no total, em 156 jogos (uma média de, praticamente, um gol a cada três partidas)[43] [44]

Referências

  1. esporte.ig.com.br/ Estatisticas: Renato Abreu
  2. Perfil (em português). OGol. Página visitada em 16 de julho de 2013.
  3. Perfil (em português). Sambafoot.com. Página visitada em 16 de julho de 2013.
  4. http://www.lancenet.com.br/minuto/bucam-clube-Saiba-reforcar-equipe_0_1054694532.html
  5. a b odia.ig.com.br/ Artilheiro do Fla-Flu, Renato, de 35 anos, elogia experientes
  6. Meia Renato Abreu acerta retorno ao Flamengo (em português). Radio Guaiba. Página visitada em 16 de julho de 2013.
  7. a b c Biografias: Renato Abreu (em português). UOL. Página visitada em 16 de julho de 2013.
  8. Flamengo e Guarani empataram por 3 a 3, no Maracanã (em português). Futpédia (4 de maio de 2000). Página visitada em 16 de julho de 2013.
  9. Verotti, Angelo (30 de agosto de 2001). Paulo Nunes deixa o Corinthians (em português). Diário do Grande ABC. Página visitada em 16 de julho de 2013.
  10. a b esportes.r7.com/ Meia Renato Abreu acerta retorno ao Flamengo
  11. esportes.terra.com.br/ Renato Abreu sobre gols de faltas: "quando pega no joanete, é gol"
  12. flamengo.com.br/ Renato Abreu se despede do Fla
  13. fifa.com/ Al-Nasr pin revival hopes on Renato
  14. globoesporte.globo.com/ Bonamigo garante que Renato Abreu ainda joga em alto nível
  15. Prêmio Craque do Brasileirão
  16. esporte.ig.com.br/ Flamengo renova com o experiente Renato Abreu até o fim de 2013
  17. a b placar.abril.com.br/ Após seleção, Renato Abreu se vê realizado diante de contestações
  18. Renato passa por cirugia de três horas e deve voltar às atividades em 18 dias
  19. Em mais um jogo tumultuado, Galo e Fla empatam por 1 a 1. Flu agradece
  20. Atlético-MG 1 x 1 Flamengo - LANCENET
  21. Náutico 0 x 1 Flamengo - LANCENET
  22. Flamengo vence Náutico nos aflitos e está livre do rebaixamento
  23. Renato Abreu acerta renovação com o Flamengo até fim de 2013 03/01/2012, Terra
  24. Flamengo renova com o experiente Renato Abreu até o fim de 2013 04/01/2012, Terra
  25. globoesporte.globo.com/ Renato abre leque nas cobranças de falta e assume lugar de Ronaldinho
  26. O retorno de Renato: camisa 11 faz dois e dá vitória ao Fla sobre o Olaria. Página visitada em 20 de fevereiro de 2013.
  27. Fla vence o Olaria por 2 a 0 em noite de Renato Abreu. Página visitada em 22 de fevereiro de 2013.
  28. FLAMENGO VOLTA A DAR O AR DA GRAÇA NO CARIOCA COM VITÓRIA SOBRE FLUMINENSE. Página visitada em 14 de Abril de 2013.
  29. Renato marca duas vezes e Fla vence Campinense de virada. Página visitada em 2 de Maio de 2013.
  30. PONTE JOGA COM INTELIGÊNCIA E MANTÉM ESCRITA CONTRA O FLAMENGO. Página visitada em 29 de Maio de 2013.
  31. FLA REAGE, EMPATA COM ATLÉTICO-PR E MANTÉM JEJUM DE VITÓRIA PARA AMBOS. Página visitada em 1 de Junho de 2013.
  32. a b Mota, Cahê (17 de junho de 2013). Flamengo rescinde contrato com Renato Abreu (em português). GloboEsporte.com. Página visitada em 17 de junho de 2013.
  33. Flamengo e Renato Abreu assinam rescisão (em português). Clube de Regatas do Flamengo (17 de junho de 2013). Página visitada em 17 de junho de 2013.
  34. esportes.terra.com.br/ "Vi a lista umas 35 vezes", afirma Renato Abreu
  35. esporte.uol.com.br/ Mano justifica Renato Abreu pela experiência e confirma time com Danilo
  36. pt.fifa.com/ Renato Abreu entre os titulares
  37. paixaocanarinha.com.br/ Fotos: Renato Abreu, Amistoso Argentina X Brasil
  38. gazetaesportiva.net/ Após Seleção, Renato Abreu se vê realizado diante de contestações
  39. a b Jogos de Carlos Renato de Abreu (em português). Flapédia (27 de maio de 2013). Página visitada em 29 de maio de 2013.
  40. globoesporte.globo.com/ Nem R10, nem Adriano: Renato é o goleador do Flamengo no Engenhão
  41. Juppa, Fabio (15 de maio de 2013). Desvendando Renato: os segredos das cobranças de falta do meia (em português). GloboEsporte.com. Página visitada em 15 de maio de 2013.
  42. esportes.terra.com.br/ Renato Abreu acerta renovação com o Flamengo até fim de 2013
  43. extra.globo.com/ Renato Abreu, maior artilheiro do Flamengo na década, nunca perdeu para o Botafogo
  44. placar.abril.com.br/ Renato lidera lista de artilheiros do Flamengo no século XXI

Ligações externas[editar | editar código-fonte]