Carolina de Parma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Carolina de Parma
Princesa da Saxónia
Princesa de Parma
Cônjuge Maximiliano, príncipe-herdeiro da Saxónia
Descendência
Amália da Saxónia
Maria Fernanda da Saxónia
Frederico Augusto II da Saxónia
Clemente da Saxónia
Maria Ana da Saxónia
João I da Saxónia
Maria Josefa da Saxónia
Nome completo
Carolina Maria Teresa Josefa
Casa Wettin
Bourbon-Parma
Pai Fernando I de Parma
Mãe Maria Amália da Áustria
Nascimento 22 de Novembro de 1770
Parma, Itália
Morte 1 de março de 1804 (33 anos)
Dresden, Alemanha
Enterro Jazigo da Família em Hofkirche, Dresden, Alemanha
Religião Catolicismo

Carolina de Parma (22 de novembro de 1770 - 1 de março de 1804) foi uma princesa de Parma por direito de nascimento e princesa da Saxónia por casamento com o o príncipe-herdeiro Maximiliano da Saxónia. Carolina era a filha mais velha do duque Fernando I de Parma e da sua esposa, a arquiduquesa Maria Amélia da Áustria.

Família[editar | editar código-fonte]

O seu nome completo era Carolina Maria Teresa Josefa. Os seus nomes homenageavam os seus padrinhos, o seu tio-avô paterno, o rei Carlos III de Espanha, e a sua avó materna, a imperatriz Maria Teresa da Áustria.

Carolina era a mais velha de nove filhos nascidos a Fernando I de Parma e à sua esposa, a arquiduquesa Maria Amália da Áustria. Era irmã mais velha de Luís de Bourbón (que viria a ser rei da Etrúria). Através de Luís era também tia do duque Carlos II de Parma.

O seu pai Fernando era filho de Filipe, Duque de Parma e da princesa Luísa Isabel de França. Filipe, por sua vez, era filho do rei Filipe V de Espanha. Luísa Isabel era filha do rei Luís XV de França.

A sua mãe Maria Amélia era filha do imperadorFrancisco I e de Maria Teresa da Áustria. Através da sua mãe, Carolina era sobrinha, entre outros, do imperador José II e da rainha Maria Antonieta de França.

A princesa Carolina morreu de febre a 1 de Março de 1804 em Dresden. Mais de duas décadas depois, o seu marido casou-se com a sua sobrinha, a princesa Maria Luísa Carlota de Parma.

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

No dia 22 de abril de 1792, Carolina casou-se por procuração, em Parma com o príncipe-herdeiro Maximiliano da Saxónia, filho mais jovem do eleitor Frederico Cristiano da Saxónia. O casamento em pessoa aconteceu no dia 9 de maio de 1792.

O casal teve sete filhos:

  1. Maria Amélia da Saxónia (10 de agosto de 1794 - 18 de setembro de 1870), conhecida por Amélia.
  2. Maria Fernanda da Saxónia (27 de abril de 1796 - 3 de janeiro de 1865), conhecida por Maria; casada no dia 6 de maio de 1821 com Fernando III, Grão-duque da Toscana.
  3. Frederico Augusto II da Saxónia (18 de maio de 1797 - 9 de agosto de 1854), Rei da Saxónia (1836).
  4. Clemente da Saxónia (1 de maio de 1798 - 4 de janeiro de 1822), conhecido por Clemente.
  5. Maria Ana da Saxónia (15 de novembro de 1799 - 24 de março de 1832), casada no dia 16 de novembro de 1817 com Leopoldo II, Grão-duque da Toscana.
  6. João I da Saxónia (12 de dezembro de 1801 - 29 de outubro de 1873), Rei da Saxónia (1854).
  7. Maria Josefa da Saxónia (6 de dezembro de 1803 - 17 de maio de 1829), casada no dia 20 de outubro de 1819 com o rei Fernando VII de Espanha.

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Carolina de Parma em três gerações[1]
Carolina de Parma Pai:
Fernando I de Parma
Avô paterno:
Filipe I de Parma
Bisavô paterno:
Filipe V de Espanha
Bisavó paterna:
Isabel Farnésio
Avó paterna:
Luísa Isabel de França
Bisavô paterno:
Luís XV de França
Bisavó paterna:
Maria Leszczyńska
Mãe:
Maria Amália da Áustria
Avô materno:
Francisco III de Lorena
Bisavô materno:
Leopoldo, Duque de Lorena
Bisavó materna:
Isabel Carlota d'Orléans
Avó materna:
Maria Teresa da Áustria
Bisavô materno:
Carlos VI, Sacro Imperador Romano-Germânico
Bisavó materna:
Carlos VI, Sacro Imperador Romano-Germânico

Referências

  1. The Peerage, consultado a 2 de Agosto de 2014
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Carolina de Parma