Carolina de Zweibrücken

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Carolina
Condessa de Hesse-Darmstadt
Condessa do Palatinado-Zweibrücken
Pesne Landgräfin Caroline mit dem Mohren.jpg
Carolina
Governo
Consorte Luís IX de Hesse-Darmstadt
Vida
Nascimento 9 de Março de 1721
Estrasburgo
Morte 30 de março de 1774 (53 anos)
Darmstadt
Filhos Carolina de Hesse-Darmstadt
Frederica Luísa de Hesse-Darmstadt
Luís I de Hesse-Darmstadt
Amália de Hesse-Darmstadt
Guilhermina Luísa de Hesse-Darmstadt
Luísa de Hesse-Darmstadt
Frederico de Hesse-Darmstadt
Cristiano de Hesse-Darmstadt
Pai Cristiano III do Palatinado-Zweibrücken
Mãe Carolina de Nassau-Saarbrücken

Carolina do Palatinado-Zweibrücken (Henriqueta Carolina Cristiana Luísa), (9 de março de 1721 - 30 de março de 1774) foi a esposa de Luís IX de Hesse-Darmstadt e uma das mulheres mais intelectuais do seu tempo.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Henriqueta Carolina era a filha mais velha de Cristiano III, Duque de Zweibrücken e da sua esposa, Carolina de Nassau-Saarbrücken.

Casou-se no dia 12 de agosto de 1741, em Zweibrücken, com Luís IX de Hesse-Darmstadt. Carolina era conhecida por "a grande condessa", um nome dado por Johann Wolfgang von Goethe. Era amiga de vários escritores e filósofos do seu tempo, como Johann Gottfried Herder, Christoph Martin Wieland e Goethe. Wieland desejou ter o poder de a tornar "rainha da Europa". Também mantinha contacto com Frederico II da Prússia e era uma das poucas mulheres que ele respeitava. Chamou-a, uma vez, da "Glória e Maravilha do nosso século" e, após a sua morte, enviou uma urna à Darmstadt com as palavras "femina sexo, ingenio vir" ("Uma mulher de sexo, um homem de espírito"), que ainda pode ser vista hoje. Através das suas filhas é uma antepassada das casas reais da Prússia, Alemanha, Holanda e Rússia.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Carolina de Zweibrücken