Carpelo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Carpelo é uma estrutura presente em todas as Angiospermas, sendo a unidade fundamental do pistilo, ou gineceu.

Fruto de Cucumis metuliferus, originado de um ovário de 3 carpelos. Repare nas 3 suturas que vão da casca ao centro, delimitando os lóculos.

Os carpelos são, anatomicamente, folhas modificadas que se fecham sobre os óvulos, formando o ovário das flores. É muito comum haver um prolongamento do carpelo no ápice do ovário, formando o estilete (responsável pela condução do tubo polínico ao ovário) e o estigma (responsável pela recepção do grão de pólen). Após a fecundação dos óvulos, o carpelo desenvolve-se para formar um fruto.

As flores podem apresentar um gineceu formado apenas por um carpelo (como nas Leguminosas e grevíleas), ou por vários carpelos livres entre si (neste caso, como em ranúnculos, morangos ou magnólias, o gineceu é chamado apocárpico), ou por vários carpelos unidos entre si (neste caso, como na maioria das espécies de plantas com flores, o gineceu é chamado sincárpico). Há muitos casos em que os carpelos são unidos apenas na base (apenas na região do ovário), dividindo-se no ápice. Mesmo assim, este grau de união é o suficiente para denominar estes pistilos sincárpicos.

No caso de carpelos unidos, cada carpelo pode formar um compartimento independente (ou lóculo), portando seus próprios óvulos, ou então fundir-se uns aos outros, formando um único compartimento.