Carro de polícia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Chevrolet Blazer uma das viaturas mais conceituadas do Brasil
Skoda Octavia, a viatura mais conceituada da PSP, Portugal.
Skoda Octavia, a viatura mais conceituada da GNR, Portugal.

Carro de polícia ou viatura policial é um veículo utilizado pela polícia, para transportar agentes, chegar ao local de uma ocorrência, transportar suspeitos, patrulhar um local, ou até mesmo perseguir criminosos.

Os carros de polícia são adaptados conforme a sua área e divisão de atuação. Normalmente, os veículos utilizados pela polícia são equipados com sirenes, giroflex e com pinturas especiais para identificação da população civil.

Utilidades[editar | editar código-fonte]

Golf Mk4 da polícia austríaca com as luzes de alerta ligadas.

O carro de polícia é essencial para a organização e mobilidade da polícia e é amplamente utilizado em todo o mundo para todos os tipos de operações executadas por qualquer departamento de polícia.

Mas em alguns locais, como na Grã-Bretanha, a utilização de patrulhas motorizadas estão sendo substituídas pelo policiamento a pé, para melhor interação com a sociedade.

Equipamento[editar | editar código-fonte]

Os veículos utilizados pela polícia recebem muitas modificações, tanto no desempenho quanto na aparência visual. As modificações podem incluir mudanças na pintura, melhorias na lataria para melhor resistência e durabilidade. Também são modificados a suspensão, freio, pneus, velocímetro, alternador, transmissão e radiador.

Alertas Visuais[editar | editar código-fonte]

Ford Crown Victoria Police Interceptor com luzes de alerta ligadas.

Existem dois tipos de alertas visuais, os passivos e os ativos.

  • Os passivos são adesivos colados na viatura para melhor identificação. Durante a noite, os adesivos refletem na luz da lanterna do carro de trás e facilitam a identificação da viatura em até 3 metros de distância. Também são utilizados símbolos com a identificação da divisão e departamento da viatura. Esses símbolos só podem ser utilizados em viaturas de emergência, e o uso por qualquer outra pessoa é considerado uma violação dos direitos internacionais.
  • Os ativos são os alertas visuais utilizados pela polícia em caso de situações de emergência em andamento e o veículo preciso de dirigir até o local. Existem diversos tipos de luzes de emergência que podem ser utilizadas em cima, na lanterna, no retrovisor, na parte de cima do painel, na grade do motor e no vidro traseiro. As luzes em geral são vermelhas, brancas, azuis e amarelas.

Outros Alertas[editar | editar código-fonte]

Além das luzes, também são utilizados alertas sonoros, em geral repetitivos para chamar atenção dos outros motoristas. Alto-falantes e lanternas auxiliares (holofotes) são utilizados para interceptar veículos suspeitos.

Unidade de controle de rádio emissor-receptor, terminal de dados móveis, navegação e alertas visuais/sonoros.

Comunicação[editar | editar código-fonte]

O rádio de comunicação é essencial para contatar outras viaturas e a central de operações, normalmente trabalha em frequência diferente de rádios comuns.

Equipamentos adicionais[editar | editar código-fonte]

Lamborghini Gallardo da patrulha rodoviária da Polizia di Stato, Itália.

Em alguns carros existe uma área entre os dois bancos da frente onde ficam todos os controles adicionais do carro, como a ativação das luzes, do rádio de comunicação e um compartimento seguro para armazenamento de armas de fogo.

A maioria dos carros de polícia possuí um divisor entre os bancos da frente e traseiros, para garantir o transporte de suspeitos sem a possibilidade de atacarem o condutor ou o passageiro. O material desses divisores pode variar de simples redes de metal até vidros à prova de balas.

Alguns carros também são equipados com GPS para alertar o condutor de um possível roubo de carro e mostrar o caminho por meio de orientação da central. Esse equipamento tem como principal objetivo fornecer à central de polícia, com auxílio de satélite, a localização da viatura policial.

O pára-choque também é aumentado e reforçado em alguns veículos para ajudar a manter estabilidade durante as manobras de interceptação, como o PIT.

O motor de algumas viaturas não funciona se a chave não estiver na ignição, impedindo assim tentativas de furto.

Veículos sem identificação[editar | editar código-fonte]

Muitas forças policiais utilizam carros sem nenhum tipo de distintivo ou identificação visível. Normalmente são utilizados por detetives e em investigações por ter a vantagem de não serem reconhecidos de imediato, sendo muito úteis para flagrantes.

Carros de polícia na cultura popular[editar | editar código-fonte]

As perseguições policiais são muito utilizadas nos roteiros de filmes e na televisão. Os carros da polícia quase sempre aparecem em filmes de ação e aventura.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Carro de polícia