Carton House

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Carton House numa gravura de 1824.

Carton House é um dos maiores palácios rurais da Irlanda, sendo a sede ancestral dos Condes de Kildare e Duques de Leinster.

Localizada 14 milhas a oeste de Dublin, em Maynooth, Condado de Kildare, a Herdade de Carton estende-se por 1.100 acres (4,5 km²). Durante duzentos anos, possuíu o mais refinado exemplo, na Irlanda, dum parque paisagístico criado na Era Georgiana. Na década de 2000 foi redesenhada de forma a dar lugar a dois circuitos de golfe e um complexo hoteleiro.

História[editar | editar código-fonte]

Origens da Herdade de Carton[editar | editar código-fonte]

Com uma história desenvolvida ao longo de mais de oito séculos, a Herdade de Carton sofreu muitas alterações ao longo da sua vida. A propriedade de Carton chegou, inicalmente, à posse da família FitzGerald pouco depois de Maurice FitzGerald ter desempenhado um papel activo na tomada de Dublin pelos Normandos, sendo recompensado com a nomeação como Senhor de Maynooth, uma área que cobria várias townlands, onde estava incluída Carton.

O seu filho tornou-se Barão Offaly, em 1205, e o seu descendente John FitzGerald foi feito Conde de Kildare, em 1315. Sob o oitavo conde, a família FitzGerald alcançou proeminência como governantes virtuais da Irlanda, entre 1477 e 1513.

No entanto, o neto do oitavo conde, o eloquentemente intitulado Silken Thomas, foi executado em 1537, com os seus cinco tios, por liderar uma rebelião contra os ingleses. Apesar dos FitzGeralds, posteriormente, reaverem as suas terras e títulos, não recuperariam a sua posição na corte inglesa antes do século XVIII, quando Robert, o 19º Conde de Kildare, se tornou num notável estadista.

Séculos XVII a XIX[editar | editar código-fonte]

O primeiro registo duma casa em Carton remonta ao século XVII, quando a William Talbot, registador da cidade de Dublin, foi dado o arrendamento das terras pelo 14º Conde de Kildare, pensando-se que tenha construído uma casa ali naquele tempo. A casa e terras foram confiscadas pela Coroa em 1691 e vendidas, em 1703 ao Major General Richard Ingoldsby, Mastre Geral da Ordenança. Em 1739, o arrendamento foi devolvido ao 19º Conde de Kildare, o qual encarregou Richard Cassels de construir o palácio actual. Isso ocorreu no mesmo ano em que a família FitzGerald comprou Frescati House. Cassels também foi responsável pela edificação de alguns dos outros grandes palácios irlandeses , incluindo Westport House, Powerscourt House e, em 1745, Leinster House, o qual foi construído para os próprios FitzGeralds.

Em 1747, James, o 20º Conde de Kildare e, a partir de 1766, 1º Duque de Leinster, casou com Lady Emily Lennox, filha do Duque de Richmond e bisneta do rei inglês Carlos II. Lady Emily desempenhou um importante papel no desenvolvimento do palácio e da propriedade para o estado em que se encontra actualmente. Criou a Sala Chinesa (quarto para a Rainha Vitória) e decorou, na propriedade, a famosa Cabana das Conchas, com conchas de todo o mundo. Um dos 23 filhos de Emily foi o famoso patriota irlandês Lord Edward FitzGerald, lider da Rebelião de 1798.

Carton permaneceu inalterada até 1815, quando o 3º Duque decidiu vender Leinster House à Royal Dublin Society e fazer de Carton House a sua residência principal. Encarregou, então, Richard Morrison de ampliar e remodelar o edifício. Morrison substituiu as colunatas curvas por ligações rectas de forma a obter salas adicionais, incluindo a famosa sala de jantar. Nessa época, a entrada do palácio foi mudada para o lado norte.

Século XX[editar | editar código-fonte]

Carton permaneceu sob o controle dos FitzGeralds até à década de 1920, quando o 7º Duque vendeu os seus direitos de nascimento, ao financeiro Sir Harry Mallaby Deeley, com o objectivo de pagar dívidas de jogo no valor de 67.500 libras.

Ele era o terceiro na linah de sucessão e nunca pensou que alguma vez viesse a herdar, no entanto, um dos seus irmãos morreu na guerra e um outro viria a falecer com um tumor cerebral, pelo que os FitzGerald acabaram por perder Carton.

Em 1923, uma unidade local do IRA, como parte da sua acção de incendiar grandes casas pertencentes a famílias protestantes, foi para Carton com a intenção de queimar o palácio. No entanto, foram impedidos quando um membro da família FitzGerald instalou uma grande pintura de Lord Edward FitzGerald na porta e chamou a atenção para o facto deles irem incendiar a casa de venerável patriota irlandês.

Ronald Nall-Cain, 2º Barão Brocket, cuja principal residência era Brocket Hall, no Hertfordshire, Inglaterra, comprou Carton House em 1949 e, em 1977, o seu filho, o Hon. David Nall-Cain, que se havia mudado, então, para a Ilha de Man, vendeu o edifício aos actuais proprietários, Lee e Mary Mallaghan.

Desde 1977, a Herdade de Carton tem estado na posse da família Long. Nas décadas de 1980 e 1990, o governo irlandês foi pressionado a comprar a histórica casa e os seus campos, o mais bem preservado parque setecentista na Irlanda. No entanto, o governo declinou tal proposta.

Século XXI - conversão em hotel[editar | editar código-fonte]

Desde o ano 2000, Carton foi transformado, de forma controversa, num "premier golf resort and hotel" [1], uma acção fortemente condenada por grupos defensores do património, como a An Taisce, e criticada no Seanad Éireann pelo Senador David Norris. Um hotel foi acrescentado ao edifício principal, enquanto os famosos terrenos setecentistas foram convertidos em dois campso de golfe desenhados por Mark O'Meara e Colin Montgomerie.

O campo de Montgomerie foi recentemente classificado em 10º lugar pela revista Golf Digest irlandesa, a maior publicação sobre golfe no mundo. Como uma marca do seu sucesso, o Carton House Golf Club foi o cenário escolhido para acolher o Nissan Irish Open, integrado no circuito europeu, em 2005 e 2006.

A União de Golfe da Irlanda [2], a mais antiga união de golfe estabelecida em todo o mundo, instalou, desde então, a sua sede na propriedade. As instalações também incluém uma Academia Nacional GUI, um percurso de ensino, com 22 acres, para novos golfistas, assim como instalações disponíveis para todos os golfistas da Irlanda.

Carton House no cinema[editar | editar código-fonte]

Carton House foi usada como cenário por vários cineastas e estações de televisão.

Dois dos muitos filmes rodados ali foram:

Ligações externas[editar | editar código-fonte]