Casa Vermelha (Red House)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A casa vermelha (Red House) em Bexleyheath, Kent

A casa vermelha (Red House) localizada em Kent, Inglaterra, é o edifício chave na história do movimento das Arts and Crafts, assim como da arquitectura britânica do século XIX. A casa data do ano de 1859, tendo sido desenhada para William Morris, pelo amigo e arquitecto Philip Webb. Construída em tijolo vermelho, a casa pessoal de Morris é um exemplo de aplicação de ideias por si defendidas, o projecto de arquitectura orienta-se pelas linhas da arquitectura rural / doméstica inglesa, no entanto também apresenta elementos góticos tais como, arcos em ogiva e telhados enclinados.

A decoração interior ,( papel de parede, estofos, mobiliário... ) , na sua maioria desenhada por Morris, foi toda realizada artesanalmente, com formas simples, escolha criteriosa de materiais e funcional, a casa conta ainda com fantásticas pinturas de paredes e de vidros da parte de Edward Burne-Jones.

William Morris pretendia assim mostrar que era possível produzir objectos necessários à vida sem uso da máquina, usando a sua própria casa como exemplo, desta forma Morris e os amigos construíram e projectaram eles mesmos todo o mobiliário da casa, que contrastava fortemente com o estilo da época, marcando assim pela simplicidade (exclusão de ornamentos excessivos), pela qualidade dos materiais empregues, pelo trabalho artesanal, e acima de tudo pela sua funcionalidade.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]