Casa de Bourbon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Casa de Bourbon
Maison de Bourbon (fr)
Casa de Borbón (es)
Casa di Borbone (it)
Brasão real francês
Estado  França
 Espanha
Título Rei de França
Rei de Navarra
Rei de Espanha
Origem
Fundador Roberto, conde de Clermont
Ano de fundação 1268
Parte da dinastia Capetiana
Etnia Caucasianos
Soberania
Soberano Filipe VI da Espanha
Pretendente Luís Afonso, Duque de Anjou
Linhagem secundária
Bourbon-Parma
Bourbon-Duas Sicílias
Bourbon-Bragança
Orléans

A casa de Bourbon (Borbón em castelhano e Borbone em italiano) é uma família nobre e importante casa real europeia. Durante o século XVI, os reis Bourbon governaram Navarra e França. Já no século XVIII, membros da Casa de Bourbon detiveram tronos em Espanha, Duas Sicílias e Parma. Espanha e Luxemburgo são atualmente duas monarquias governadas pelos Bourbon.

História[editar | editar código-fonte]

A nobreza da família dos Bourbon data, pelo menos, do início do século XIII, quando o patrimônio dos Bourbon foi assumido por um lorde que era vassalo do rei da França. Em 1268, o conde de Clermont, sexto filho do Luís IX de França, casou-se com Beatriz de Borgonha, herdeira do senhorio de Bourbon. Seu filho, Luís, tornou-se duque de Bourbon em 1327. A linhagem de seus herdeiros foi desapossada do ducado em 1523 em função da traição do duque Carlos III, mas a linhagem de La Marche-Vendôme adquiriu o ducado de Vendôme. A ramificação Bourbon-Vendôme tornou-se a casa real governante primeiro do reino de Navarra em 1555 e de França em 1589, quando Henrique III de Navarra tornou-se Henrique IV, rei de França.

O governo na França estende-se até 1792, quando a monarquia é derrubada durante a Revolução Francesa, com a prisão de Luís XVI e o estabelecimento da Primeira República Francesa. Restaurada brevemente em 1814 e definitivamente em 1815 após a queda do Primeiro Império Francês, a dinastia Bourbon é finalmente derrubada em França durante a Revolução de Julho de 1830. Uma ramificação da casa de Bourbon, a Casa de Bourbon-Orléans, governou a França por 18 anos.

Filipe V de Espanha foi o primeiro da casa de Bourbon a governar Espanha, iniciando o seu reinado em 1700. A dinastia Bourbon na Espanha foi derrubada e restaurada muitas vezes, reinando de 1700 a 1808, de 1813 a 1868, de 1875 a 1931, e de 1975 até o presente. Da linha de sucessão espanhola originaram-se a linha do Reino das Duas Sicílias (1734-1806 e 1815-1860, e em Sicília apenas no período de 1806-1816), a família Bourbon da Sicília e os governantes Bourbon do Ducado de Parma. Em 1919, a grã-duquesa Carlota de Luxemburgo casou-se com o mais novo da ramificação Bourbon-Parma, e assim, consequentemente, os seus sucessores, que governaram em Luxemburgo desde a sua abdicação em 1964, pertenceram, indiretamente, à casa de Bourbon.

Lista de governantes Bourbon[editar | editar código-fonte]

Observação: As datas indicam reinados, e não datas de nascimento e morte.

Monarcas de França[editar | editar código-fonte]

Monarcas de Espanha[editar | editar código-fonte]

Outros títulos importantes exercidos pelos Bourbons[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Casa de Bourbon