Casa de turfa islandesa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde janeiro de 2013)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Casa de turfa.

As casas de turfa islandesas são o produto de um clima severo, que oferecem isolação térmica superior comparada com as construções feitas somente de madeira ou pedra, e da dificuldade de se obter materias de construção em quantidades suficientes.[1]

A Islândia era cheia de florestas de bétulas (menos nas áreas montanhosas e terras altas). Carvalho era a madeira mais utilizada nas casas norueguesas na Escandinávia, mas a bétula nativa da Islândia serviria para fazer a estrutura básica das casas na ilha isolada. Entretanto a Islândia tinha turfa (ou gramado) em abundância que poderia ser utilizado nas construções. As estruturas que utilizavam esse material não eram novidades para os noruegueses, por isso muitos colonizadores utilizaram essa ideia na ilha.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre a Islândia é um esboço relacionado ao Projeto Europa. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.