Casimiro de Abreu (Rio de Janeiro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Casimiro de Abreu
Portal de entrada da cidade

Portal de entrada da cidade
Bandeira de Casimiro de Abreu
Brasão de Casimiro de Abreu
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 15 de setembro de 1859 (155 anos)
Gentílico casimirense
Prefeito(a) Antônio Marcos de Lemos Machado (PSC)
(2013–2016)
Localização
Localização de Casimiro de Abreu
Localização de Casimiro de Abreu no Rio de Janeiro
Casimiro de Abreu está localizado em: Brasil
Casimiro de Abreu
Localização de Casimiro de Abreu no Brasil
22° 28' 51" S 42° 12' 14" O22° 28' 51" S 42° 12' 14" O
Unidade federativa  Rio de Janeiro
Mesorregião Baixadas IBGE/2008 [1]
Microrregião Bacia de São João IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Cabo Frio, Macaé, Nova Friburgo, Rio Bonito, Rio das Ostras e Silva Jardim
Distância até a capital 127 km
Características geográficas
Área 460,843 km² [2]
População 35 373 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 76,76 hab./km²
Altitude 17 m
Clima Quente e úmido com chuvas concentradas entre Outubro e Março
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,726 (29º) – alto PNUD/2010 [4]
PIB R$ 1 435 588,326 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 48 156,33 IBGE/2008[5]
Página oficial

Casimiro de Abreu é um município do estado do Rio de Janeiro, no Brasil. Está a uma altitude de 17 metros. Sua população estimada em 2008 era de 29 811 habitantes. Município litorâneo, Casimiro de Abreu é um polo de turismo ecológico e rural: rios, cachoeiras e mar são suas grandes atrações, principalmente no distrito de Barra de São João.

Reparte, com o município vizinho de Silva Jardim, a Reserva Biológica Poço das Antas, que abriga vários animais ameaçados, entre eles o mico-leão-dourado. O nome do município vem de seu ilustre filho, o poeta romântico Casimiro de Abreu (1839-1860). Sua população estimada em 2005 era de 26 243 habitantes, possuindo uma área de 462,98 km².

A sede do município localiza-se às margens da rodovia BR-101, principal rodovia do norte do Estado do Rio de Janeiro. Antes de ser elevada à categoria de cidade, abrigou a fazenda Indaiaçu, pertencente ao pai do poeta Casimiro de Abreu. Na parte serrana do município, encontram-se os povoados de Barra do Sana, Cascata e São Romão, subindo pela rodovia RJ-142, bem como Quartéis ou Aldeia Velha, situada a 8 km da BR-101 e da portaria da Reserva Biológica Poço das Antas por uma estrada não pavimentada.

História[editar | editar código-fonte]

Terminal rodoviário de Casimiro de Abreu, às margens da BR-101.

Até a chegada dos colonizadores de origem portuguesa, no século 17, a região era habitada pela tribo saraçu, um ramo dos índios goitacás. Aos poucos, os goitacás foram sendo exterminados pelos colonizadores de origem portuguesa. No século 18, existia, na região, a aldeia Indaiaçu, de índios guarulhos (outro ramo dos goitacás), que havia sido fundada pelo capuchinho italiano Francisco Maria Tali e que viria a dar origem à atual cidade de Casimiro de Abreu.[6]

A primeira capela, dedicada à Sacra Família, foi erguida em 1748. Em 1761, passou a constituir a freguesia de Sacra Família de Ipuca. Frequentes epidemias obrigaram a transferência da freguesia para junto do rio São João, onde foi construída uma igreja dedicada ao santo homônimo. Em 1800, foi criada a freguesia de "Barra de São João", subordinada ao município de Macaé. Em 19 de maio de 1846, a freguesia foi elevada à categoria de vila, separando-se de Macaé. Em 1890, foi elevada à categoria de cidade e o distrito de Indaiassu foi anexado.

Em 1901, a sede do município transferiu-se de Barra de São João para Indaiassu, e o nome do município também mudou de "Barra de São João" para "Indaiassu". Em 1904, ambas as alterações foram revertidas. Em 1925, a sede do município transferiu-se novamente para Indaiassu, que alterou seu nome para "Casimiro de Abreu", em homenagem ao famoso poeta nascido no município. Em 1938, um ano antes do centenário do poeta, o município inteiro passou a denominar-se "Casimiro de Abreu".[7]

Distritos de Casimiro de Abreu[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Página visitada em 29 de Julho de 2013..
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. Portal da prefeitura de Casimiro de Abreu. Disponível em http://www.casimirodeabreu.rj.gov.br/historia.html. Acesso em 23 de novembro de 2013.
  7. CityBrazil. Disponível em http://www.citybrazil.com.br/rj/casimiroabreu/historia-da-cidade. Acesso em 23 de novembro de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Casimiro de Abreu (Rio de Janeiro)
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio de Janeiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.