Casino di Villa Boncompagni Ludovisi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Aurora, de Guercino
Júpiter, Neptuno e Plutão, mural de Caravaggio num tecto do palácio.

O Casino di Villa Boncompagni Ludovisi é um palácio de Roma situado na Porta Pinciana. Com uma área de 2.200 metros quadrados, é tudo o que resta do retiro rural, melhor conhecido como como Villa Ludovisi, estabelecido no século XVI pelo Cardeal Francesco Maria Del Monte. O cardeal era um diplomata, intelectual, conhecedor de arte, coleccionador e patrono de figuras tão diferentes como Galileo e Caravaggio. O tecto do palácio tem o único mural alguma vez feito por Caravaggio, Júpiter, Neptuno e Plutão, o que reflecte, no imaginário clássico derivado da mitologia clássica, outro dos interesses do cardeal, a alquimia. O palácio também é conhecido como Casino dell'Aurora, devido ao afresco representando a Aurora, por Guercino.

Del Monte vendeu o casino e os seus extensos campos ao Cardeal Ludovico Ludovisi em 1621, tendo o palácio permanecido na posse daquela família, rodeado por altos muros e aberto ao público. O parque foi vendido na década de 1880 e ocupado por hotéis e residências dispendiosas, incluindo palácios para membros da família. A fachada do palácio principal (um edifício independente) está agora escondida por trás do Casino Grande da Villa Ludovisi, mais tarde chamado de Palazzo Margherita. Este palácio foi adquirido pelo Estado Italiano e tornou-se residência da Rainha-mãe Margherita, alojando, actualmente, a Embaixada dos Estados Unidos da América.

Fontes[editar | editar código-fonte]