Caso cerrado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde março de 2014).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Caso cerrado
Caso Encerrado (BR)
Informação geral
Formato Programa de auditório
Duração 60 minutos
País de origem  Estados Unidos
Idioma original Espanhol
Produtor(es)
executivo(s)
Marlene Key
Exibição
Emissora de
televisão original
Estados Unidos Telemundo
Transmissão original 2 de abril de 2001-presente

Caso cerrado (no Brasil, Caso Encerrado) é um programa de televisão estadunidense transmitido pela Telemundo desde abril de 2001, sob a apresentação da advogada Ana María Polo. Cada capítulo apresenta um fato real que é avaliado por juízes, psicólogos e jurados.[1]

Exibido em mais de vinte países, o programa estreou no Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) em 17 de fevereiro de 2014, sob o título de Caso Encerrado. Porém, a atração não agradou ao público brasileiro, marcando apenas 3 pontos no IBOPE, enquanto que o seriado Chaves anotava o dobro de audiência no mesmo horário.[2]

Devido a baixa audiência da atração exibida as 18h30, o SBT mudou a atração de horário, em março de 2014, que passou a ocupar a faixa das 13h30, horário habitual de exibição do seriado As Visões da Raven. Porém, com a baixa audiência, a emissora tira o programa do horário, substituindo por Eu, a Patroa e as Crianças.[3]

Atualmente, um spin-off do programa, intitulado "Caso Encerrado Proibido", é exibido aos sábados, à meia-noite. [4]

Descrição [editar | editar código-fonte]

Caso Cerrado (originalmente chamado de Sala de Pareja ou Casais Court) começou a ser exibido em Abril de 2001 e inicialmente tratada com a arbitragem de problemas conjugais entre os litigantes. O programa continuou com esse nome até Abril de 2005, quando foi expandido para incluir outras disputas que não estão relacionadas somente com problemas conjugais, tais como as violências doméstica e infantil, [1] e os segmentos ocasionais onde Ana Maria Polo visa educar o público sobre questões relacionadas às leis. Junto com a expansão do conteúdo, veio a mudança de nome do programa para Caso Cerrado, assim chamado devido à frase dita por Polo no final da arbitragem, que é geralmente acompanhada pela batida de um martelo.

Em cada episódio, Polo apresenta três casos entre pessoas em conflito e suas tentativas de resolvê-los como uma árbitra, e não como juíza. Antes de participar, os clientes são obrigados a assinar contratos, concordando em reconhecer e respeitar a decisão de Polo.

Até 2006, o programa foi produzido pela empresa Promofilm. Desde então, a emissão é feita exclusivamente pela Telemundo, que oferece alternativas de comunicação em Inglês através do recurso closed caption para o programa no canal de legenda CC3.

Reconhecimento [editar | editar código-fonte]

Em 2010, Caso Cerrado fez história ao se tornar o primeiro show em uma estação de língua espanhola a ser indicado para um prêmio Emmy. Ana María Polo foi nomeada para um episódio da série que cobria os problemas de uma família com um cavalo que tinha comprado sob falsos pretextos. [2]

Crítica[editar | editar código-fonte]

Caso Cerrado tem sido objeto de desafios para a veracidade das reivindicações apresentadas no programa. Ao final do programa, um aviso é apresentado após os créditos, afirmando que muitos casos são dramatizados. Em 4 de janeiro de 2009, durante uma entrevista ao jornal chileno La Tercera, Ana María Polo relatou que "muitos casos têm de ser organizados, mas o que conta é a mensagem que ela traz." Ela acrescentou que todos os casos são reais. No entanto, às vezes, os atores são utilizados nos casos em que os participantes da disputa não querem aparecer no programa.

Transmissão [editar | editar código-fonte]

Nos Estados Unidos, onde é produzido, Caso Cerrado é transmitido exclusivamente pela Telemundo. De acordo com Businesswire.com, 1.455.000 pessoas sintonizam o programa diariamente, sendo o programa de língua espanhola líder de audiência no horário das 16 horas. 39% dos telespectadores de Caso Cerrado estão na faixa etária entre 18 e 34 anos. [3] Além da transmissão do programa pela Telemundo, o programa também é cedido para uma série de outros canais de televisão da América Latina .

Influência [editar | editar código-fonte]

Em 2009, Ana María Polo visitou o Chile para participar de vários programas da MEGA TV. Devido ao sucesso do original Caso Cerrado, no Chile, Caso Cerrado Chile começou a ser produzido tendo Ana María Polo como anfitriã. Na MEGA TV, a apresentação do programa teve início em 18 de setembro de 2009.

O formato de Caso Cerrado tem sido repetido por outros programas chilenos, incluindo Tribunal Oral, no Canal 13, Veredicto, na MEGA TV, e La Jueza na Chilevisión, pertencente à antiga empresa de produção de Caso Cerrado, a Promofilm.

Referências

  1. Caso cerrado, programas de tv Esmas.com. Visitado em 7 de fevereiro de 2014.
  2. Caso Encerrado" derruba audiência do SBT e chega a perder da RedeTV! Na Telinha UOL (17 de fevereiro de 2014). Visitado em 18 de fevereiro de 2014.
  3. "Caso Encerrado" deixa grade do SBT pela segunda vez por baixo Ibope NaTelinha (21 de março de 2014). Visitado em 07 de abril de 2014.
  4. “Caso Encerrado Proibido” derruba índices do SBT; emissora tem sábado catastrófico RD1 (31 de março de 2014). Visitado em 07 de abril de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]