Casta e pura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou secção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde maio de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Casta e pura
Casta e Pura (PT)
 Itália,  França,  Espanha
1981 • cor • 88 min 
Realização Salvatore Samperi
Argumento Michel Gast
Elenco Laura Antonelli, Fernando Rey
Género Comédia
Idioma Italiano
Página no IMDb (em inglês)

Casta e pura é um filme de 1981 dirigido por Salvatore Samperi[1] .

Estreou em Portugal a 29 de Outubro de 1982.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Pouco antes da morte da mulher, dona de um império financeiro, o marido Antonio (Fernando Rey), temendo ser despedido pelos accionistas, convence-a a fazer prometer à sua jovem filha, como última vontade antes de morrer, que ela não se casará antes do pai morrer. Vinte anos depois, Rosa (Laura Antonelli), é uma bela mulher, que cumpre o juramento feito no leito de morte da mãe. No entanto tem estranhos sonhos, em que é visitada pelo primo Fernando (Massimo Ranieri). Perturbada, dá a entender ao pároco (Enzo Cannavale) que pretende fazer-se freira e entregar todos os seus bens a obras de caridade. Quando o seu pai sabe dessa notícia, começa a planear a iniciação sexual da filha, para não perder a herança.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.