Castelo Drumin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Castelo Drumin, Escócia

O Castelo Drumin (em inglês: Drumin Castle) é um castelo do século XIV[1] atualmente em ruínas localizado em Inveravon, Moray, Escócia.

História[editar | editar código-fonte]

O castelo está localizado na confluência do Rio Avon e do Rio Livet, tendo sido o centro da vila de Inveravon.[1]

Terá sido erigido por Alexander Stuart, o infame 'Wolf of Badenoch', juntamente com o terceiro filho de Roberto II, ou então pelo filho iligitimo de Alexander, Sir Andrew Stewart.[1] O filho de Andrew, Sir William, mais tarde vendeu a propriedade à família Gordons, que mudaram-se para o Castelo Blairfindy.[1]

Apesar de possuir uma impressionante fortificação no local, o castelo parece ter tido um período curto de ocupação, sendo seguida a venda ao 3º Conde de Huntly em 1490, ficando abandonada em menos de um século.[1]

A torre foi abandonada no século XVI e parece ter caído rapidamente em declínio, muitas das pedras provavelmente foram roubadas para a construção de outros edifícios, incluindo na quinta do castelo.[1]

No século XIX ou XX, a torre foi usada como armazém, sendo construído uma estrutura mais pequena junto à torre, com dois pequenos compartimentos que levavam à adega e que era fechado por um portão de ferro que foi encontrado na adega junto a um monte de lixo.[1]

O resto da torre foi possivelmente consolidada nessa altura, a escada que leva ao primeiro andar foi construída quando fizeram o pequeno armazém.[1]

Foram realizadas escavações pela "EUCFA" em março de julho de 1996, para investigar o primeiro andar e adega. Antes de iniciar-se o trabalho, o potencial arqueológico era considerado baixo, a adega parecia ter sido limpa e voltada a usar, enquanto o primeiro andar estava coberta com heras e só restava um pequeno pedaço de chão.[1]

Estrutura[editar | editar código-fonte]

O castelo mede 11,3 metros de altura com paredes com 2,8 metros de espessura ao nível do chão e cerca de 2,2 metros por cima da adega abobadada.[1]

A adega mede cerca de 11 metros de comprimento por 6 metros de largura e foi usada para armazenamento de madeira e animais.[1]

O primeiro andar, está intato com 6,5 m de comprimento por 7,5 de largura; na parte mais larga do andar existe o sítio de uma possível lareira.[1]

O segundo, terceiro andares e o sótão, estão suportados por vigas; no segundo piso o arquiteto Salter sugere que possa ter existido uma latrina no canto sul, mas é mais possível que seja um acesso à estrutura dos pisos; o terceiro piso possui uma lareira (provavelmente de construção posterior), duas janelas e uma latrina no canto norte.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l m Drumin Castle (NR) (In Ruins) (em inglês) Royal Commission on the Ancient and Historical Monuments of Scotland. Página visitada em 9 de abril de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um castelo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.