Castelo de Andrade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Castelo de Andrade, Espanha.
Castelo de Andrade, Espanha: esquema.
Castelo de Andrade, Espanha: vista a partir de Sada (c. 10 km).

O Castelo de Andrade, também denominado como Fortaleza da Nogueirosa, localiza-se no lugar de San Cosme de Andrade, paróquia da Nogueirosa, no município de Pontedeume, na província de Corunha, comunidade autónoma da Galiza, na Espanha.

Ergue-se sobre a rocha viva da Pena Leboreira e, desde a sua origem, encontra-se ligado à poderosa família dos Andrade.

História[editar | editar código-fonte]

O castelo remonta a uma primitiva estrutura, erguida possivelmente no século XIII.

A maior parte do actual conjunto foi erguida a partir de 1369 por iniciativa de Fernán Pérez de Andrade, conde de Andrade, suscitando a oposição do prior do Mosteiro de Sobrado dos Monxes, frei Esteban Sejas, que se negou à sua construção e que, inclusive, conseguiu paralisar-lhe as obras por algum tempo. Entretanto, o conde de Andrade, um dos validos do rei Henrique II de Castela, e de quem obtivera aqueles domínios, terminou por impor-se.

A partir do século XIV foi denominado como Alcázar dos Andrade.

Foi arrasado em 1467, no decurso da Grande Revolta Irmandinha, sendo posteriormente reedificado. Poucos anos mais tarde, veio a ser um dos quarenta e seis castelos cuja demolição foi ordenada pelos Reis Católicos, o que teve lugar em 1486.

No século XIX foi objeto de uma extensa campanha de restauração, empreendida por iniciativa do duque de Alba, a cargo do arquitecto Tenreiro.

Encontra-se classificado como Monumento Nacional desde 1924, tendo sido o primeiro na província a alcançar esse status.

Na atualidade é propriedade da Fundação Casa de Alba. Após um período de restauração (2006), foi aberto à visitação pública em 2007.

Características[editar | editar código-fonte]

O castelo apresenta pequenas dimensões, sendo acedido por uma porta com arco de volta perfeita que comunica com a praça de armas através de um túnel abobadado. O pátio de armas apresenta uma área de 140 metros quadrados, e a torre de menagem, 100.

A torre, com muros 2,5 metros de espessura média, elevando-se a 20 metros de altura, divide-se internamente em três pavimentos. No primeiro, abrem-se seteiras de seção trapezoidal e, sob algumas delas, pode-se observar calhas empregadas para a recolha das águas pluviais. No segundo, abrem-se janelas em arco de meio ponto, ladeadas internamente por estreitos palratórios. No terceiro, conserva-se uma janela geminada.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • (em galego)BOGA MOSCOSO, Ramón (2003), Guía dos castelos medievais de Galicia, págs. 60-62, Guías Temáticas Xerais. Edicións Xerais de Galicia, S.A.. ISBN ISBN 84-9782-035-5

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Castelo de Andrade
Ícone de esboço Este artigo sobre um castelo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.