Castelo de Annecy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Castelo de Annecy
Château d'Annecy
O castelo visto do lago de Annecy
O castelo visto do lago de Annecy
Local Annecy
Região Genevois Blason ville fr La Roche-sur-Foron (Haute-Savoie).svg, Alta Saboia Armoiries Savoie 1180.svg
País  França
Coordenadas 45° 53′ N 6° 7′ E



Estilo arquitetónico Medieval
Início da construção Século XII
Fim da construção Século XVI
Página web LaRocheSurForon.com
Notas * Pertenceu aos Condes de Genebra
  • Classificado Monumento Histórico em 1902 foi comprado pela cidade ao estado e transformado em museu

O Castelo de Annecy foi residências dos Condes de Genebra e dos Duques de Genevois-Nemours. Edificado numa elevação rochosa, domina a cidade dos seus 470m e é actualmente propriedade da cidade que o restaurou e transformou em museu para expor as colecções de aglomeração de Annecy como o Observatório regional dos lagos Alpinos.

História[editar | editar código-fonte]

A primeira menção conhecida data de 10 de Outubro de 1219, quando a família dos condes de Genebra o escolheu para sua residência, obrigada que foi de abandonar Genebra à soberania do Príncipe-bispo. Este acordo foi concluído entre Guilherme II, conde de Genebra e o bispo de Genebra, Aymon de Grandson [1]

Completamente destruído no incêndio de 27 de Avril de 1340, foi reconstruído como era dantes pelo conde Amadeu III de Saboia. Roberto de Genebra, o antipapa como era chamado, inicia importantes trabalhos. Por doações sucessivas acaba por pertencer a partir de 5 de Agosto de 1401 ao duque Amadeu VIII de Saboia.

Descrição[editar | editar código-fonte]

O castelo é uma grande superfície que (55 x 125 m) que segue a forma do rochedo onde foi construído, pelo que o acesso até à cidade velha de Annecy se fazia por escadas bastante íngremes. O antigo fosso, recuperado como parque de estacionamento, protegia a entrada do castelo ao qual se acedia por uma ponte levadiça. Alguns dos pontos com interesse particular.[2]

  • a Torre da Rainha; de aspecto maciço, com 38 m de altura e muros de 4 m de espessura, domina a parte Sul, a mais vulnerável.
  • o Velho Logis; [nota 1] é uma vasta construção rectangular com dois torreões: a torre Saint-Pierre e a torre Saint-Paul, viradas para a cidade
  • o Logis Nemours; assim chamado por ter sido mandado construir por Carlota de Orléans-Longueville, Duquesa de Genevois-Nemours [3] .
  • o Logis Novo; construído em 1562 pelo duque Jacques de Genevois-Nemours.
  • a Torre e o Logis de Perrière; talvez o mais imponente com a sua torre de 33 m.

Resumo[editar | editar código-fonte]

  • Château d'Annecy, XIIIe - XVIe siècle.
  • Construção : 1219 primeira informação escrita
  • Sob o reini de : Philippe II Auguste (1180-1223)
  • Grandes datas :
    • 1219 : os condes de Genebra instalam-se em Annecy
    • segunda metade doo século XIII : construção de Torre da Rainha
    • ± 1340 : primeiros trabalhos de recuperação do Velho Logis
    • 1445 e 1487 : construção da Torre e dologis Perrière
    • 1539 : construção do Logis Nemours
  • Castelo
    • Nome oficial: Château de Genevois-Nemours
    • Os diferentes "Logis" permitem o estudo da evolução desse género de construção
    • Classificado Monumento Histórico em 1902 foi comprado pela cidade ao estado e transformado em museu.[2]

Imagens[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

Notas

  1. "Logis" construção numa praça forte e reservado ao Senhor e sua família

Referências

  1. Musée-Château d'Annecy (em francês) - Maio 2012
  2. a b 74 Annecy-Historique.htm (em francês) - Maio 2012
  3. Pedigree (em francês) - Maio 2012

Interwiki[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Página oficial

Ícone de esboço Este artigo sobre um castelo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.