Castelo de Naworth

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vista geral do Noworth Castle.

Naworth Castle, também conhecido e registado em documentos históricos como "Naward", é um palácio fortificado da Inglaterra situado na Cumbria, próximo da cidade de Brampton. Fica junto à A69, a cerca de duas milhas de Brampton. Fica no campo de visão do Priorado de Lanercost, na margem oposta do Rio Irthing. Encontra-se próximo da Muralha de Adriano e foi construído para guardar a fronteira com a Escócia.

História[editar | editar código-fonte]

O castelo tem as suas origens, possivelmente, no final do século XIII, com numa torre de menagem e muralhas quadradas. A parte mais antiga do edifício foi construída pelos Lordes Dacre de Gilsland no século XIV. Este foi mencionado pela primeira vez em 1323. Em 1335 foi concedida a Ralph Dacre, 1º Barão Dacre, uma licença de acastelamento.

Quando Lord Dacre casou com Elizabeth de Greystoke as propriedades da família foram ampliadas. No entanto, em 1560 a linhagem masculina da família estinguiu-se e o castelo passou com as suas properiedades, por casamento, para as mãos de Thomas Howard, 4º Duque de Norfolk.

O duque concedeu a parpriedade ao seu filho mais novo, Lord William Howard. Este reparou o castelo e criou uma biblioteca, um oratório e um quarto numa das torres.

Quando, no início do século XVIII, Castle Howard foi construído numa das propriedades da família no Yorkshire, o Naworth Castle deixou de ser a principal residência dos Howard.

O edifício foi negligenciado e, em 1844, acabou por ser consumido pelo fogo. A aparência actual do palácio deve-se aos restauro sefectuados por Anthony Salvin (1846-1848) e C.J. Ferguson.

Na década de 1880, George Howard, mais tarde 9º Conde de Carlisle, contratou Philip Webb para proceder a alterações na ala sul. Lord Carlisle era um espírito liberal, opondo-se ao princípio da primogenitura. Aquando da sua morte, as propriedades da famíli anão passaram automaticamente par ao seu filho mais velho, tendo sido divididas. O seu filho mais velho recebeu a parte mais pequena da partilha, a qual incluía o Naworth Castle.

Actualmente, o palácio permanece nas mãos dos seus descendentes.

Arquitectura, interiores e jardins[editar | editar código-fonte]

Vista aérea do Naworth Castle.

O palácio actual consiste num pátio com torres nos cantos. A mais alta das torres flanqueia a ala sul (entrada).

O primeiro andar foi provavelmente construído por Thomas, Lord Dacre do Norte, no início do século XVI. este era o comandante das forças de reserva em Flodden e o seu brasão encontra-se exposto sobre a destacada portaria da entrada.

Entra-se no Naworth Castle pelo Vestíbulo, o qual possui um vasto tecto arcado e contém quatro maciças bestas heráldicas em madeira pintada, usadas pelos Dacres como estandartes nas batalhas, as quais datam, provavelmente, do início do século XVI. Nas paredes encontram-se tapeçarias francesas, datadas de 1610, as quais foram adquiridas na liquidação dos Orleães depois da Revolução Francesa.

A Galeria, apainelada por Salvin, contém retratos e aguarelas. Uma escadaria desce para a antiga biblioteca, a qual se encontra no lugar da capela medieval destruída pelo incêndio de 1844. A Sala de Desenho, criada por Webb em estilo neo-isabelino, contém uma colecção de rtetratos dos Howard.

O edifício está rodeado por campos, os quais incluém um jardim murado do século XVII. A propriedade possui, ainda, 400 acres de bosques.

Uso actual[editar | editar código-fonte]

O Naworth Castle está aberto ao público durante todo o ano, embora só disponível para grupos e sujeito a marcação. Além disso, o palácio está licenciado para a celebração de casamentos civis.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]