Castelo de Villandry

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Château de Villandry visto dos jardins.

O Château de Villandry é um palácio da França, localizado na comuna de Villandry, departamento de Indre-et-Loire. Fica situado a 15 km. de Tours pela estrada D7.

O Château de Villandry, terminado cerca de 1536, foi o último dos grandes châteaux construídos nas margens do Rio Loire na época do Renascimento. No início do século XX foi comprado por Joachim Carvallo, bisavô dos actuais proprietários, que o restaurou completamente.

O palácio é conhecido pelos seus três jardins, a torre de menagem domina o parterre decorativo (1 ha), o jardim ornamental e o jardim de água.

O interior data do século XVIII.

História[editar | editar código-fonte]

As terras onde foi erguido o Château de Villandry eram conhecidas como Colombier até ao século XVII. A propriedade foi adquirida no início do século XVI por Jean Le Breton, ministro das finanças durante o reinado de Francisco I, figurando as suas armas sobre a lucarna da esquerda.

Por conta da Coroa, Breton havia dirigido durante longos anos a construção do Château de Chambord, junto ao qual mandou erguer uma réplica "em miniatura" de Villandry: o Château de Villesavin. Anteriormente, havia sido embaixador em Roma, onde pôde estudar, nos tempos livres, a arte dos jardins.

Parterre com o Château de Villandry ao fundo.

Jean Le Breton, para construir o actual palácio, mandou arrasar uma velha fortaleza do século XII, da qual restam apenas as fundações e a torre de menagem que se encontra por trás do cour d'honneur (pátio de honra). Foi nesta fortaleza que teve lugar, no dia 4 de Julho de 1189, a "Paix de Colombiers" (Paz de Colombiers - sendo Colombiers o nome de Villandry na Idade Média), no curso da qual Henrique II Plantageneta, Rei de Inglaterra, veio à presença de Filipe II, Rei de França, reconhecer a sua derrota. Esta paz marca uma etapa essencial do triunfo da Dinastia Capetíngea sobre os grandes senhores feudais, à cabeça dos quais se encontravam os Plantagenetas, cujo imenso domínio francês compreendia a Normandia, a Bretanha, o Maine, a Touraine, Anjou, Poitou e a Aquitânia.

Vista aérea do Château de Villandry e dos seus jardins.

Os descendentes de Jean le Breton conservaram o Château de Villandry até 1754, ano em que se tornou propriedade do Marquês de Castellane, embaixador do Rei e membro de uma família muito ilustre da nobreza provençal. Este último mandou construir as dependências de estilo clássico que se podem ver de um lado e do outro do adro. Mandou ainda renovar o interior do palácio, adaptando-o às normas do conforto do século XVIII, muito mais próximas dos conceitos actuais que as do Renascimento.

No século XIX, o jardim tradicional foi destruído para dar lugar a um parque à inglesa em volta do palácio (ao estilo do Parque Monceau, em Paris).

Em 1906, o Château de Villandry foi comprado pelo Dr. Joachim Carvallo, um médico nascido em Espanha no ano de 1869, bisavô dos actuais proprietários. Este abandonou a sua brilhante carreira científica que conduzia ao lado do professor Charles Richet, (Nobel da Fisiologia/Medicina de 1913), para se consagrar unicamente a Villandry. Deste modo, salvou o palácio, que se encontrava a ponto de ser demolido, e criou os jardins que se podem admirar actualmente, em plena harmonia com a arquitectura renascentista do edifício. Joachim Carvallo foi, igualmente, o fundador da "Demeure Historique" (Residência Histórica), a primeira associação que reagrupou os proprietários dos châteaux históricos. Foi, ainda, um pioneiro na abertura destes monumentos ao público.

Galeria de imagens do Château de Villandry e dos jardins[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Château de Villandry
Château de Chambord Palácios do Vale do Loire Château de Chenonceau
Amboise • Angers • Azay-le-Rideau • Blois • La Bourdaisière • Chambord • Chaumont • Chenonceau • Châteaudun • Cheverny • Fougères-sur-Bièvre • Langeais • Loches • Menars • Montsoreau • Plessis-Bourré • Le Rivau • Saumur • Sully • Talcy • Troussay • Ussé • Valençay • Villandry • Villesavin