Castlevania: Order of Shadows

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Castlevania: Order of Shadows
Produtora Konami Mobile
Plataforma(s) Celular (Alltel Wireless, AT&T, Nextel, Sprint PCS, T-Mobile, Verizon Wireless)
Série Castlevania (história paralela)
Data(s) de lançamento
Gênero(s) Ação-aventura
Modos de jogo Single player

Castlevania: Order of Shadows é um jogo de celular lançado pela Konami em setembro de 2007.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

O jogo traz a habilidade de trocar entre a trilha sonora original com a do primeiro jogo de Castlevania.[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Desmond Belmont e suas duas irmãs, Zoe e Dolores, vão ao castelo do Dracula para procurar um culto chamado "The Order" ("A Ordem") que está tentando ressuscitar o Dracula.[2] O jogo se passa no fim do século XVI, um pouco antes dos eventos do Castlevania do NES; contudo, é uma história paralela e, conseqüentemente, não faz parte da parte cronológica em que Koji Igarashi faz parte do time de produção principal da série.[3]

Personagens[editar | editar código-fonte]

Desmond Belmont é o personagem principal. Ele usa a Vampire Killer, crucifixos, machados e outras armas usadas pelo clã Belmont.[2] Ele também é acompanhado pelas suas duas irmãs: Zoe e Dolores Belmont.[2] O jogo também conta com a aparição de Rohan Krause, o líder do culto The Order que pretende reviver Drácula para selar com ele um pacto de sangue. Death, o "braço direito" de Drácula. E finalmente, Drácula, o lorde das trevas.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Originalmente, o enredo se focava num personagem chamado Gryff LaRue e sua família de "magos e bruxas", mas foi modificado para que o clã Belmont seja tratado como a "família de guerreiros". Após a modificação, a história mudou para assemelhar-se mais às histórias dos jogos tradicionais de Castlevania, o que fez Desmond Belmont usar de um chicote ao invés de uma espada ou um machado.[4] O jogo foi feito para celulares.[3]

Recepção na mídia[editar | editar código-fonte]

A IGN deu uma nota de 6,7/10; chamado-o de "decente" e com certos bons valores repetidos de outros jogos de Castlevania.[2] A 1UP.com deu uma nota "D-", classificando-o como "o maior desapontamento".[5] A revista Wired deu uma nota de 3/10 ao jogo, elogiando a trilha sonora dele e criticando-o pelo fato de ser curto e fácil de completá-lo.[1]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Chris Kohler. Mobile Review: Castlevania: Order Of Shadows (em inglês) Wired.
  2. a b c d Eduardo Vasconcellos. Castlevania: Order of Shadows Review (em inglês) IGN.
  3. a b Eduardo Vasconcellos. Castlevania: Order of Shadows Q&A (em inglês) IGN.
  4. Tyrone Rodriguez. Blog Entry 2: The Beginning (em inglês) Konami.
  5. Andrew Podolsky. Castlevania: Order of Shadows (WIRELESS) (em inglês) 1UP.com.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.