Catalogação na fonte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou secção:

A Catalogação na fonte é aquela em que a ficha catalográfica acompanha o livro, localiza-se impresso no verso da página-de-rosto e feita quando o respectivo livro está em fase de impressão.

No Brasil[editar | editar código-fonte]

O Brasil é o único país da América Latina que possui seu próprio programa de catalogação, desenvolvido pela iniciativa de Lydia de Queiroz Sambaquy, na época Diretora da Biblioteca do Departamento Administrativo do serviço Público (DASP). No Terceiro Encontro de Editores e Livreiros (1970) Serra Negra, obteve-se resultados positivos no sentido de despertar nos editores a necessidade,a importância e a ideia da catalogação em todos os livros publicados no Brasil. Também no Brasil, foram criadas duas centrais de catalogação na fonte: a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e o Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL).

Objetivos[editar | editar código-fonte]

A Catalogação na fonte objetiva a padronização dos dados descritivos, a criação e atualização das bibliografias de cada país, visando a uma atualização mais rápida dos catálogos; portanto propicia uma melhoria na qualidade da catalogação uniformizada além de identificar a autoria da obra.

Referências

BARBOSA, Alice Príncipe. Novos rumos da catalogação. org., rev. e atualiz. de Elza Lima e Silva Maia. Rio de Janeiro: BNG/ Brasilart, 1978.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]