Catanho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Maio de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

O catanho é um tipo de refeição ligeira, utilizada por militares do Exército Brasileiro em viagens curtas ou missões rápidas, em que o militar não consegue ser alimentado por sua unidade.

Composição[editar | editar código-fonte]

O catanho, em sua forma mais comum e rústica, consiste de uma mistura de farinha de mandioca torrada com óleo de soja, pedaços de carne, sal, pedaços de goiabada acondicionada em sacos plásticos dispensando o uso de talheres, e deve ser consumida juntamente com a água do cantil para aumentar a sensação de saciedade. Também pode consistir basicamente de um sanduíche recheado com algum embutido como mortadela, algumas frutas, chocolate, doces em conserva,sucos de frutas ou refrigerantes.

História[editar | editar código-fonte]

Durante a Campanha de Canudos, no final do século XIX, no estado da Bahia, as tropas militares careciam de apoio de alimentação durante as longas jornadas de marcha, pois o Exército ainda não dispunha do sistema operacional de logística e muito menos de um eficiente serviço de aprovisionamento de campanha.

O Ten. Cel. Moreira César, comandante da terceira expedição a Canudos, também conhecido como o corta-cabeças ou o treme-terra, incumbiu o segundo oficial mais antigo da expedição, o Ten Cel. Pedro Nunes Tamarindo, Comandante do 9º Batalhão de Infantaria, de realizar estudos para suprir as tropas durante o longo deslocamento.

O Ten. Cel. Tamarindo, por sua vez, determinou a um militar de nome Catanho, não se sabe ao certo que posição hierárquica este militar ocupava, a missão de confeccionar um cardápio com os gêneros existentes no momento, principalmente farinha e carne seca, de forma que pudesse ser acondicionado em bornais e em seguida distribuída aos soldados. A refeição agradou tanto o paladar dos soldados que estes resolveram batizá-la de catanho. Cabe salientar que Catanho é um sobrenome de origem italiana - Cattaneo - aportuguesado para Catanho.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Na Marinha do Brasil chama-se, como gíria, de jacuba ao refresco que é servido nas refeições diárias nas cantinas. No Exército Brasileiro, também como gíria, o café-com-leite pronto, servido aos soldados no café da manhã, é chamado de "Kaol", pela sua coloração muito parecida com a do produto de limpeza e polimento de metais, que possui esse nome.

Ícone de esboço Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre o Exército Brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.